Leão terá novo Fornecedor de Material Esportivo


pumaO Esporte Clube Vitória informa que decidiu hoje, de forma consensual, a rescisão administrativa do seu contrato de fornecimento de material esportivo com a Cambuci S/A, detentora da marca Penalty.
Segundo o acordo, a parceria permanecerá até o dia 10 de maio de 2014.
“A Penalty foi uma ótima parceira nesses anos e cumpriu tudo que foi contratualmente estabelecido com o Vitória”, afirmou o Presidente Carlos Falcão.
Puma é o nome forte para assumir o clube e lançar as camisas no 13 de Maio no aniversário de 115 anos do clube, a diretoria ainda não confirmou.

Camacho esta fora do Vitória


IMAGEM_NOTICIA_3

Contratado a pedido de Caio Junior, Camacho não conseguiu desempenhar um bom futebol no Vitória e acabou sem ser aproveitado mesmo com a péssima fase de Renato Cajá.

Utilizado em 7 oportunidades, o atleta que veio para ser o novo 10 do rubro negro não confirmou em campo a expectativa e atribui a falta de adaptação já que estava a mais de 10 anos no futebol exterior.

O fuso horário e a dinâmica do futebol brasileiro podem ter sido fundamentais para o insucesso do atleta que tinha um contrato por produtividade, ganhava de acordo com as partidas jogadas e gols marcados, como não marcou nenhum e atuou em apenas 7 jogos, a situação do atleta que não agradou a Ney Franco estava complicada e ele e o clube chegaram á um acordo e houve a rescisão do contrato.

[FIM DA NOVELA?] Dankler deve assinar contrato de renovação hoje!


Dankler1

Afastado do elenco principal desde a série b de 2012, o zagueiro Dankler revelado nas divisões de base do Vitória, voltou atrás e deve assinar o contrato de renovação.

Ano passado quando via atuando em algumas partidas como titular e estava mostrando bom desempenho, Dankler teria atraído a atenção de alguns clubes, dizem que na lista estava o Flamengo, Cruzeiro e clubes da Europa, principalmente os de Portugal. Por isso a diretoria do Vitória temendo perder a jovem promessa, buscou antecipar a renovação do contrato, mas o zagueiro teria sido orientado pelo seu empresário a não aceitar.

Desde então, a diretoria fez algumas tentativas, mas a verdade é que o zagueiro e empresário dificultaram o máximo para não chegar há um acordo, especula-se que o mesmo pediu sálario de R$ 80 mil e luvas para renovar.

Agora com contrato perto de se findar, o zagueiro admite que procurou Epifânio Carneiro e que sua renovação deve ser assinada ainda nesta sexta-feira.

IMAGEM_VITORIA_5

– Tive uma conversa com Epifânio tem duas semanas e nesta sexta-feira vamos sentar para resolver tudo. Faltam apenas alguns detalhes para resolvermos – disse.

De acordo com ele, esse novo vínculo não foi assinado antes por conta das propostas que chegaram para seu procurador.

– O Vitória foi o clube que me deu as oportunidades. Se eu tenho alguma visibilidade, foi através do Vitória. Tive algumas propostas melhores e passei para a diretoria.

14703_188215901318218_821093798_n