[Ceará x Vitória] A primeira decisão do Leão em 2014


ceará x VITÓRIA

O Vitória enfrenta o Ceará de olho na vaga para as semifinais da Copa do Nordeste, e a tarefa não deve ser fácil, com o empate em 1×1 no primeiro jogo em Salvador, o Leão terá que vencer o alvinegro, ou no mínimo empatar com score superior a 2 gols, um novo 1×1 leva a decisão para as penalidades, qualquer outro resultado classifica o time da casa.

Ney Franco optou por um time mais ofensivo, com a saída de Escudero por contusão ele promoveu a entrada de mais um atacante, Willian Henrique e o time vai para 0 4-3-3, Juan volta a lateral esquerda e Cáceres deverá ser o homem mais ofensivo no meio, com Marcelo voltando como primeiro homem ao lado de Wellison.

No lado cearense o time deverá ser o mesmo do 1×1 em Pituaçu, contando com a experiência de Magno Alves, Souza e Bill na frente, mas sem descuidar do setor defensivo, o time comandado por Sergio Soares deve se fechar e esperar o rubro negro e buscar o contra ataque.

Anúncios

[Ceará 0x2 Vitória] Os gringos querem honrar a história


CEARÁ 0X2 VITÓRIA

Em primeiro lugar quero pedir desculpas pela arte mais ou menos, é que estou no trampo e não tenho recursos para editar.

O JOGO

O Vitória fez o que se esperava dele, foi ao PV e confirmou o favoritismo e manteve o tabu de nunca ter perdido para o Ceará em Copas do Nordeste sendo agora 5 empates e 3 triunfos rubro negro.

Mesmo com a falta de entrosamento e ritmo de alguns jogadores o Leão fez uma partida consideravelmente boa sendo para mim David Braz o unico destaque negativo, os estreiantes mostraram a que vieram, Cáceres mostrou o porque foi escolhido e deu uma bela assistência a Cajá que marcou seu terceiro gol, já Escudero fez um gol digno das tradições gringas no Leão, um gol que lembra a maestria de Petkovic, a rapidez de Ricky, o oportunismo de Aristizabal e toda irreverência de Viáfara. Biancucchi também foi muito bem e mostrou que também deve ocupar um lugar no time de Caio Junior.

Desta vez irei poupar a escalação com 3 volantes, isso porque acho que foi acertada, Cáceres e Luis Alberto chegam com qualidade para apoiar e não deixa aquele hiato que tinhamos com Mancha, Michel e Mineiro ou Fernando Bob, ainda acredito que 2 volantes será melhor para o time mas dadas as circustâncias de desentrosamento e atuação fora de casa foi correto o posicionamento de Caio que até mecheu muito bem ontem, embora eu acredite que ele poderia entrar com Dinei ao invés de Marquinhos no lugar de Nicacio.

No mais o time foi bem, estou surpreso com a consciência tática que Mansur vem ganhando, mesmo com as suas limitações ele vem mostrando um certa evolução e amadurecimento em relação a temporada passada, gostei muito da atuação de Deola não só pela penalidade defendida mas porque ontemrealmente conseguiu ser consistente e espero que seja sempre assim e acredito piamente que Victor Ramos reassumirá a camisa 03 do Leão em lugar de David Braz e Cardoso vai colocar pânico em Mansur e Gabriel Paulista, vai assumir uma das duas camisas.

Agora é aguardar o domingo com Barradão lotado, o time mais entrosado, com reforços e com boa vantagem para ascender as semifinais da Copa do Nordeste 2013 e manter vivo o sonho do hexa campeonato.

Local: Estádio Presidente Vargas, em Fortaleza-CE.
Data: quinta-feira, 14 de fevereiro.
Horário: 21h15 (horário local).
Renda: R$186.613,00
Público: 12.698 pagantes

Árbitro: Sandro Meira Ricci (PE). Assistentes: Clóvis Amaral da Silva (PE) e Wilton José Lins da Silva (PE).

 

Gols: Renato Cajá e Escudero (aos 28′ do primeiro tempo e aos 12′ do segundo, respectivamente) para o Vitória.

 

Cartões amarelos: João Marcos (Ceará); Escudero e Luís Alberto (Vitória).

 

Ceará: Fernando Henrique; Eric, Cleiton, Rafael Vaz e Gerley (Lulinha); Diogo Orlando, Gabriel, João Marcos e Ricardinho (Rafael Cruz); Magno Alves e Anselmo (Pingo). Técnico: Ricardinho.

 

Vitória: Deola; Nino Paraíba, Gabriel Paulista, David Braz e Mansur (Cardoso); Rodrigo Mancha, Cáceres, Luís Alberto e Renato Cajá; Escudero (Maxi Biancucchi) e Marcelo Nicácio (Marquinhos). Técnico: Caio Júnior.

[CEARÁ X VITÓRIA] A Copa do Nordeste pega fogo e o leão usa artilharia pesada


CEARÁ X VITÓRIA

O Vitória volta a campo hoje e começa a definir o seu futuro dentro da Copa do Nordeste contra o Ceará no estádio Presidente Vargas o PV, e o rubro negro pós carnaval vem cheio de mudanças, o Leão tem a presença confirmada de Escudero entre os titulares e entre os reservas, Maxi Biancucchi, Cáceres, e Cardozo que podem atuar durante a partida, porém uma outra novidade é que me agrada muito no time de Caio Junior.

 

Pela primeira vez o treinador do Leão deixará de atuar no ridículo 4-3-2-1 variando para o 4-3-1-2, o Vitória vai a campo pela primeira vez no tradicional 4-4-2 com a entrada de Escudero em lugar de Michel, outra grande surpresa e a presença de Alan Pinheiro em lugar de Marquinhos, Caio agora ganhou ponto comigo, não havia justificativas para um esquema tão covarde ainda mais com as peças que tínhamos, atuar com 3 volantes que não tem poder de apoiar o ataque e nem auxiliam a defesa com segurança era um suicídio, mas a debilidade do adversários que enfrentamos até aqui, facilitaram a situação para a classificação, agora era de um novo Leão em campo.

ESQUEMA TÁTICO DO VITÓRIA

 

Mediante a possibilidade de que o time a partir dessa rodada começa a contar com força máxima, a torcida fica na expectativa de ver o melhor do rubro negro juntos em campo, um time muito próximo de: Deola, Nino, Victor Ramos, Cardoso, Mansur, Luis Alberto, Cáceres,  Escudero, Cajá, Biancucchi, Marcelo Nicácio.

 

As quartas de finais da Copa do Nordeste e as fases subsequentes possuem formato semelhante ao da Copa do Brasil, os times se enfrentam em jogos de ida e volta em sistema mata-mata e os gols fora de casa terão peso no critério de desempate, em caso de igualdade nos critérios a vaga será decidida com penalidades.

 

FICHA TÉCNICA

Copa do Nordeste

Ceará x Vitória

Local: Estádio Presidente Vargas, em Fortaleza.

Data: 14/02/2013

Horário: 21h15 (horário da Bahia)

Árbitro: Sandro Meira Ricci (PE)

Auxiliares: Clóvis Amaral da Silva (PE) e Wilton José Lins da Silva (PE)

Ceará: Fernando Henrique; Eric, Cleiton, Rafael Vaz e Gerley; João Marcos, Diogo Orlando, Ricardinho e Gabriel; Anselmo e Magno Alves. Técnico: Ricardinho.

Vitória: Deola; Nino Paraíba, Gabriel Paulista, David Braz e Mansur; Luís Alberto, Rodrigo Mancha, Renato Cajá e Escudero; Marcelo Nicácio e Alan Pinheiro. Técnico: Caio Júnior.

[Ceará x Vitória] Para retomar a liderança


O leão entra em campo para confirmar a liderança do campeonato brasileiro série b no fechamento do primeiro turno, para isso o rubro negro precisará vencer o Ceará em Fortaleza, um empate promove um empate com o Criciúma e derrota garante o tigre na primeira colocação.

Vitória e Ceará  fazem campeonatos distintos até aqui, o time de Fortaleza está na 10ª colocação com 28 pontos e não confirma por enquanto o status de ter entrado na competição como um dos fortes candidatos ao acesso. Já o Vitória está na briga pela liderança e é figura cativa no G-4 da competição, o rubro negro também tem o status de visitante com melhor percentual de aproveitamento, sendo assim temido pelos adversários mesmo fora de seus domínios.

TEXTO DO SITE OFICIAL DO VITÓRIA

O Vitória, com um jogo a menos, está com 41 pontos e o líder Criciúma, que jogou na terça-feira – ganhou de 2 a 0 do Avaí – está com 42. Independente de qualquer resultado, o time rubro-negro permanece no G4, pois tem sete pontos de frente para o terceiro colocado, o São Caetano (34) e oito para o quarto e quinto colocados, Joinville e Goiás, respectivamente, ambos com 33.

Vitória está no G4 desde a 5ª rodada e a pior colocação foi a 12ª na terceira. O rubro-negro ficou quatro rodadas na 4ª colocação, uma na 3ª, oito na 2ª e na 18ª assumiu a liderança, que defende nesta sexta-feira, na quente Fortaleza. Foi 6º, 5º e 7º uma vez.

Coincidentemente, os dois times vêm de três triunfos seguidos. O Vitória, dois em casa – Guaratinguetá, 2 x 0, e Joinville, 2 x 1 – e um fora – 2 x 1 diante do América MG. O Ceará venceu dois fora e volta a jogar diante de sua torcida que deve lotar o PV.

Neste estádio, o Vitória tem um ótimo retrospecto: em seis jogos, venceu três, empatou dois e perdeu um. O último confronto foi realizado dia 26 de maio de 2007, pelo 1º turno da Série B, e o rubro-negro venceu por 3 x 0, gols de Joãozinho (2) e Alisson. Apodi, atualmente na equipe cearense, atuou pelo Vitória.

Com 75.9 de aproveitamento, o Vitória tem uma campanha que supera a de todos os campeões da Série B na era dos pontos corridos. Último campeão, a Portuguesa, por exemplo, teve 71% de aproveitamento nos 38 jogos. O time que mais se aproximou foi o Corinthians (74%), vencedor em 2008.

Atacar
Carpegiani entende que assim como em casa, como visitante o Vitória também tem que buscar vencer seus jogos. O time, por sinal, é considerado um visitante indigesto, pois das nove partidas longe da torcida, ganhou seis, empatou uma (São Caetano) e perdeu duas (Criciúma e Goiás).

– Eu preparo minha equipe para em casa e fora jogar para vencer. Fora de casa a diferença é que o adversário está motivado e nós temos que controlar isso com organização. O campo é igual para todos – costuma falar Carpegiani.

A equipe deixou Salvador, quinta-feira, às 13h40, praticamente definida. Carpegiani perdeu o atacante Marquinhos, que sofreu uma entorse no tornozelo esquerdo, durante o rachão no campo 2 do CT Manoel Pontes Tanajura. A dúvida do técnico é se começa com dois homens de área, Elton e William, como ocorreu diante do Joinville, ou coloca mais um jogador de meio.

Os jogadores estão conscientes da pressão que a torcida do Ceará exercerá no PV, nesta sexta-feira.

– A torcida do Ceará faz um caldeirão no estádio e muita pressão no adversário. Mas já estamos calejados e temos muitos jogadores experientes, acostumados a esse tipo de situação – comenta o meia Pedro Ken, um dos destaques da boa campanha do rubro-negro.

FICHA TÉCNICA

SÉRIE B

Ceará x Vitória

Local: Estádio Presidente Vargas, em Fortaleza (CE)

Data: 24 de agosto de 2012, sexta

Hora: 21h

Árbitro: Ricardo Marques Ribeiro (MG)

Assistentes: Ubirajara Ferraz Jota (PE) e Márcio da Silva Oliveira (RN)

Ceará: Fernando Henrique; Paulo Sérgio, Thiego, Daniel Marques e Márcio Careca; Heleno, João Marcos, Juca (Magno) e Bruninho; Mota e Itamar. Técnico: PC Gusmão.

Vitória: Deola; Nino Paraíba, Victor Ramos, Gabriel Paulista e Gílson; Michel, Uelliton, Pedro Ken e Willie; William e Elton. Técnico: Paulo César Carpegiani.