PONTE PRETA X VITÓRIA Com metas diferentes mas precisando vencer


Ponte Preta x VitoriaO Vitória vai a Campinas para enfrentar a Ponte Preta os objetivos das equipes até o momento são diferentes na competição, a macaca com 39 pontos ainda sonha com o G6, o leão com 35 pontos quer se afastar da zona de rebaixamento. O alvinegro sem vencer a 4 jogos tendo perdido os 3 últimos não quer entrar em crise e figurar em outra briga, o rubro negro tem os olhos fitos em chegar aos 45 pontos o quanto antes pra não chegar nas últimas rodadas no sufoco.

O treinador Eduardo Baptista lamentou as ausências na equipe, os desfalques de Galhardo e Pottker são os mais sentidos. Argel Fucks também lamenta a ausência de Marinho artilheiro do time na temporada e peça decisiva dentro do esquema mas garante que o elenco pode superar a ausência.

O Vitória precisa aproveitar o momento ruim da Ponte e também a fragilidade da sua defesa que é a segunda pior com 45 gols sofridos junto com o lanterna America MG, a frente apenas do Santa Cruz que já sofreu 50 tentos.

HISTORICO

A Ponte leva vantagem com 8 triunfos 5 empates e 2 triunfos do Vitória mas o leão não perde nesse confronto desde 2004, os últimos jogos foram os dois triunfos e justamente no Moises Lucarelli o Vitória fez 3×0 nos donos da casa.

Ficha técnica:Ponte Preta x Vitória

Local: Estádio Moisés Lucarelli, em Campinas
Data e horário: quinta-feira, às 19h30
Provável escalação: Aranha, Nino Paraíba, Antônio Carlos, Fábio Ferreira e Reinaldo; João Vitor, Wendel e Maycon; Rhayner, Clayson e Roger

Vitória: Fernando Miguel, Diogo Mateus, Kanu, Ramon, Diego Renan, William Farias, Marcelo, Tiago Real, Cárdenas, Kieza, Zé Love.
Arbitragem: Wagner do Nascimento Magalhães (ASP-FIFA) apita o jogo, auxiliado por Luiz Cláudio Regazone e Dilbert Pedrosa Moisés, todos do Rio de Janeiro

[PONTE PRETA 0X3 VITÓRIA] O Leão quer rugir nas Américas!


ponte-preta-0x3-vitc3b3ria

Poucas palavras, não há muito o que dizer… VAMOS QUE VAMOS LIBERTADORES!

FICHA TÉCNICA

PONTE PRETA 0 X 3 VITÓRIA
Local: Moisés Lucarelli, em Campinas (SP)
Data: 10 de novembro de 2013 (domingo)
Horário: 16 horas (horário da Bahia)
Árbitro: Leandro Vuaden (RS)
Assistentes: Altemir Hausmann (RS) e Fabiano da Silva Ramires (ES)
Gols: Renato Cajá, Ayrton e Dinei.

Cartões amarelos: Baraka (Ponte Preta); Marcelo (Vitória)
PONTE PRETA:Roberto; Régis, César, Diego Sacomam e Uendel; Baraka, Fellipe Bastos, Chiquinho (Elias) e Adrianinho; Rildo (Fernando Bob) e William (Rafael Ratão) Técnico: Jorginho
VITÓRIA: Wilson; Ayrton, Victor Ramos, Kadu e Danilo Tarracha; Marcelo (William Henrique), Cáceres, Renato Cajá (Michel) e Escudero; Marquinhos e Dinei (Maxi Biancucchi). Técnico: Ney Franco

[Guarani x Vitória] O momento mais importante para triunfar


São nove jogos de invencibilidade e mais de 3 meses sem perder fora dos seus domínios em 8 partidas , mas triunfar hoje diante do bugre é muito mais além do que números e recordes, o campeonato chega num estado de definição e com concorrentes tradicionais na briga, por isso vencer é uma questão primordial nas pretensões do Vitória que deseja se classificar o quanto antes e aí manter o foco somente no título da série B.

O Leão teve alguns problemas e por isso terá mudanças importantes, Léo, Fernando  Bob e Willie serão titulares, isso porque Nino está suspenso, Uelliton se machucou e Carpegiani quer dar mais movimentação no meio de campo, sacando Tartá e colocando o jovem meia das divisões de base.

O Guarani está numa posição  intermediaria na competição mas é um time que costuma complicar as coisas no seu estádio o Brinco de Ouro mas isso não é novidade e nem empecilho para o Vitória, o visitante mais temido do campeonato e que buscará mais uma vez os 3 pontos fora de casa para se manter distante dos concorrentes.

FICHA TÉCNICA

SÉRIE B

Guarani x Vitória 

Local: Brinco de Ouro, em Campinas (SP)

Data: Sábado, 15 de setembro

Horário: 16h.

Árbitro: Grazianni Maciel Rocha (CBF-RJ)

Assistentes: Paulo César Silva Faria (MT) e Pablo Almeida da Costa (MG)

 

Guarani: Emerson; Oziel, Fernando, Rodrigo Arroz e Alex Barros; Jackson, Fábio Bahia, Medina e Danilo Sacramento; Rafael Oliveira e Schwenck. Técnico: Vadão.

 

Vitória: Deola; Léo, Victor Ramos, Gabriel Paulista e Gílson; Michel, Fernando Bob, Pedro Ken e Willie; Élton e William. Técnico: Paulo César Carpegiani.