[VITÓRIA X FLUMINENSE] O leão precisa de você!


VITÓRIA X FLUMINENSE

Nesta quarta feira quando a bola rolar as 19:30 pelo campeonato brasileiro da primeira divisão, o Vitória precisará de você para vencer, precisará primeiro da sua presença que sempre faz a diferença no Barradão, e depois precisará daquele seu apoio incondicional.

O Leão tem 100% de aproveitamento em seus domínios e quer manter isso nesse dia 07/08 para voltar ao G-4, para isso Caio Junior além de convocar a você torcedor, fez mudanças importantes na equipe que vai a campo contra o Fluminense de Luxemburgo.

Primeiro Cáceres retoma a camisa 8, depois veremos Gabriel assumir a lateral em lugar do questionado Daniel Borges e a camisa 10 terá nono dono, Camacho vai assumir a posição de Renato Cajá e será o responsável por ligar a defesa ao ataque e deixar os companheiros em condições de marcar os gols, além de ser o novo cobrador de faltas e escanteios, dividindo com Escudero e Fabricio.

PARA QUEBRAR TABU

O rubro-negro não vence o tricolor carioca a 10 anos, de lá para cá foram 9 jogos com 7 triunfos do Fluminense e dois empates, no retrospecto geral foram 29 jogos com 6 triunfos do Vitória, 9 empates e 14 triunfos do pó de arroz, o Vitória marcou 19 gols e sofreu 43.

O time de Luxemburgo esta na 11ª colocação e vem em busca de se recuperar dentro do brasileiro, o atual campeão já perdeu em 6 oportunidades até aqui, sofrendo 16 gols e tendo um aproveitamento de apenas 39.4%, o time também não venceu como visitante nesta edição.

#VEMPROBARRADÃO

FICHA TÉCNICA: VITÓRIA X FLUMINENSE

ESTÁDIO DO BARRADÃO EM SALVADOR-BA

07/08/13 ÀS 19:30

Arbitragem: André Luiz de Freitas Castro

Assistentes: Anderson José de Moraes e Luiz H Souza Santos Renesto

VITÓRIA: Wilson, Gabriel Paulista, Fabricio, Victor Ramos, Tarracha, Michel, Cáceres, Escudero, Camacho, Maxi Biancucchi, Dinei

Fluminense: Cavalieri, Igor Julião, Gum, Leandro Euzebio, Carlinhos, Edinho, Jean, Wagner, Felipe, Rafael Sobis, Fred

[VITÓRIA 2X1 PORTUGUESA] Uma partida péssima, e um resultado excelente


vitória x portuguesa

Ir a uma boa pizzaria é realmente um grande programa de domingo, comer aquela velha fatia de Portuguesa é sempre agradável, mas quase que o lazer vira preocupação o rango se torna indigesto.

Isso porque a começar pelo forno caldeirão (Barradão) estava faltando lenha, brasa (torcedor) e sem aquele calor tradicional a massa (time) parecia desandar, e o pizzaiolo Caio Junior não conseguia de maneira alguma corrigir a receita e o que se via é a pizza portuguesa cada vez mais indigesta, apimentada, tornando-se um grande pesadelo, e é nessas horas que precisamos de um garçom talentoso(Maxi), capaz de acalmar a fúria do cliente( torcedor) e deixar o colega(Tarracha) pronto para satisfazer o sonho de degustar uma boa massa. Depois disso contamos com a sorte, o forno resolveu aquecer, a massa cresceu, deu liga e fomos premiados com uma bela pizza.

O JOGO

O Vitória sofreu uma grande pressão da Lusa na noite deste domingo, e aquela velha máxima do futebol, mostrou mais uma que continua atual. Quem não faz, toma! Wilson foi sem duvida alguma o grande nome do jogo, pelo menos 4 grandes defesas, e em outras 4 contou com a sorte ou péssima pontaria da equipe paulista.

O Vitória não chutou uma bola sequer ao gol no primeiro tempo e continuou sofrendo no segundo. E quando Victor Ramos deu uma pixotada, Gabriel Paulista conseguiu até salvar o primeiro lance, Wilson fez milagre no segundo, e Victor Ramos e Michel ficaram olhando o jogador Cañete aos 18 minutos do segundo tempo marcar o gol e fazer 1×0 no placar.

O que era ruim, ficou ainda pior, o rubro negro que já iniciava a partida caindo para a 10º colocação sofria um revês e ia consolidando um momento ruim dentro da  competição, pois seria a quarta partida sem vencer, mas coisas inexplicáveis do esporte deixam atônita a cabeça desse que vos escreve. Quem em sã consciência acreditaria na virada? É mas o triunfo veio, primeiro numa jogada magistral de Maxi Biancucchi que entortou o zagueiro e lançou precisamente para Tarracha acertar um belo chuto e empatar aos 26 minutos.

Quem já estava satisfeito pelo empate, viu nos pés de Escudero de vencer, e não sei ainda como o argentino conseguiu chutar aquela bola para fora, porém com o leão as vezes é assim, sofrido, e aos 40 minutos, falta após jogada de Maxi e Fabricio cobra, a bola ia muito fora, mas ela toca no ultimo atleta da barreira, engana o goleiro e vai parar na rede, Vitória 2×1 Portuguesa. Aos 48 Valdomiro teve uma chance no único vacilo de Wilson, mas a bola caprichosamente foi para fora.

FICHA TÉCNICA -VITÓRIA 2 X 1 PORTUGUESA

Local: Estádio do Barradão, em Salvador (BA)
Data: 04 de agosto de 2013, domingo
Horário: 18h30 horas (de Brasília)
Árbitro: Márcio Chagas da Silva (RS)
Assistentes: Fabrício Vilarinho da Silva (GO) e Guilherme Dias Camilo (MG)
Cartões amarelos: Daniel Borges (Vitória); Ferdinando e Correa (Portuguesa)
GOLS: VITÓRIA: Danilo Tarracha, aos 24, e Fabrício, aos 40 minutos do segundo tempo.
PORTUGUESA: Cañete, aos 17 minutos do segundo tempo

VITÓRIA: Wilson, Daniel Borges (Leílson), Gabriel Paulista, Victor Ramos e Danilo Tarracha; Michel, Edson Magal (Fabrício), Renato Cajá (Camacho) e Escudero; Maxi Biancucchi e Dinei
Técnico: Caio Júnior

PORTUGUESA: Lauro, Luis Ricardo, Moisés Moura, Valdomiro e Rogério; Ferdinando, Bruno Henrique (Corrêa), Moisés (Matheus), Souza e Cañete; Gilberto (Michel)
Técnico: Guto Ferreira

WILSON: O nome do jogo, ótimas defesa, vai se consolidando como paredão. 10,0

Daniel Borges: Esperaram tanto pra isso? 0,0

Victor Ramos: Eu já disse, volta pra Nicole meu filho! Nota 3.0

Gabriel Paulista: Salvou em duas oportunidades, salvou o companheiro de defesa. 7,0

Tarracha: Salvo pelo golaço. 5,0

Michel: Vai pro banco pelo amor de Deus, não marca, não faz falta, não apoia mas atrapalha. 3,0

Edson Magal: Muita vontade, mas não atuou bem, ainda cansou: 5,0

Escudero: O que foi aquilo meu caro? Ainda bem que não fez falta. 4,5

Renato Cajá: Mascarado e intocável, não gostou das reclamações, a muito merece um banco, nem bola parada esta conseguindo acertar. 0,0

Maxi Biancucchi: Foi a válvula de escape, conseguiu jogar por todo sistema ofensivo. 7,0

Dinei: Pelo amor de Deus Portela, contrate logo um camisa 09. 2,0

Leilson: Não entrou bem, não conseguiu dar a sua dinâmica, mas tem talento, 5.0

Camacho: Ainda não demonstrou grande futebol, mas tem sido melhor do que o Cajá: 5.0

Fabricio: Golaço huahuahau melhor falta do brasileirão rsrsrrs ensaida com a barreira 7.0

 

Caio Junior: Culpado pela péssima partida, não temos elenco, mas você é conivente com isso tudo quando não busca outras alternativas, mudança de esquema e mantém um time estudado pelos adversários. 4,0

Torcida: Deixou a desejar na quantidade, vaiou acertadamente, e demorou a ascender na partida. 4,0

[VITÓRIA X PORTUGUESA] 3 pontos ou é se preparar para o pior


vitória x portuguesa

O Vitória terá dois jogos no Barradão e precisa repetir o 100% de aproveitamento que possui como quando atuou contra Vasco e São Paulo. Em nossa casa e com um adversário em meio a crise como vive a Lusa, não é permitido errar e desperdiçar pontos, qualquer coisa fora disso, é se preparar para viver dias difíceis no campeonato brasileiro da primeira divisão.

Após a derrota contra o Botafogo, Caio Junior chegou a admitir a possibilidade de mudanças na equipe, mas o treinador já mudou o discurso e disse que não mudará por causa de um resultado ruim, com isso a expectativa de ver Leílson iniciando a partida ficam reduzidas e a única mudança deve ser mesmo o retorno do capitão Victor Ramos em lugar de Fabricio.

Na zona de rebaixamento com um aproveitamento de apenas 26.7% e 5 gols negativos de saldo, na décima nona colocação a situação da equipe paulista não é nada boa, para agravar a diretoria esta em rota de colisão e o ex-diretor de futebol Candinho pediu demissão e o presidente anda pressionado, o Goleiro Lauro é chamado de frangueiro e o time não vence a 5 rodadas, com tudo isso a equipe vem bastante abalada para Salvador e o rubro negro que não tem nada haver com isso, precisa garantir o triunfo e voltar a figurar no g-4.

A única coisa que vou concordar com as entrevistas concedidas por Caio Junior durante esta semana é que o Vitória esta num momento crucial dentro da competição e que irá apontar o futuro do time, eu mesmo já tinha antecipado isso. É bom que o treinador tenha esse entendimento e saiba que é essencial para o leão conquistar os 6 pontos nesses dois jogos em casa e que depois também melhore o seu aproveitamento longe da selva.

PS: Esse é o momento de apoiar, neste domingo, TODOS OS CAMINHOS LEVAM AO BARRADÃO!

PS2: Você vai, a gente lota, TORCIDA CANTA, VITÓRIA GANHA!

 

VITÓRIA X PORTUGUESA

LOCAL: BARRADÃO-BA

DATA: 03/08/13  ÀS 18:30 HORAS

ARBITRAGEM:Márcio Chagas da Silva (RS)

ASSISTENTES: Fabrício Vilarinho da Silva (GO) e Guilherme Dias Camilo (MG)

VITÓRIA: Wilson, Daniel Borges, Victor Ramos, Gabriel Paulista, Danilo Tarracha, Michel ( Leílson), Cáceres (Leílson), Escudero, Renato Cajá, Maxi Biancucchi, Dinei.

PORTUGUESA: Lauro, Luís Ricardo, Moisés, Valdomiro, Rogério, Bruno Henrique, Corrêa, Souza, Cañete, Gilberto e Bruno Moraes.

[As mentiras do Vitória] Portela e Elenco, Caio Junior e divisão de base


mentiras

Há muito tempo venho criticando a política de aproveitamento dos jogadores revelados na divisão de base do Esporte Clube Vitória, e aproveito ensejo para afirmar que o Vitória a cada dia que passa deixa de ser um clube formador.

DIVISÃO DE BASE

Tri campeão baiano, BI campeão da Obendorf-ALE , Campeão do Brasil 2012 esses são apenas alguns dos títulos ostentados pelos juniores do Vitória, mas mesmo com tudo isso quantos atletas vemos no atual elenco de Caio Junior? Nenhum, e isso é preocupante e vergonhoso, Arthur Maia foi fritado em 45 minutos quando era pra ser o reserva imediato de Cajá, Willie foi preterido as oscilações de Marquinhos e Vander, e Gabriel Soares, e Edson Magal são vistos apenas como meninos pelo treinador.

Essa balela de que não se pode dar responsabilidade é uma falácia que me deixa revoltado, Matheus Salustiano e Josué são melhores do que Fabricio e David Braz,e Gabriel Soares esqueleto do meio campeão do Brasil e Edson Magal o xerife daquela meiuca não podem ficar a margem sem oportunidades, mesmo quando vemos Cáceres e Michel tomando baile em campo. Iuri não pode ser esquecido por Tarracha, nem Dimas por Daniel Borges, sem falar no goleiro da seleção Gustavo.

É preciso sentar com João Paulo e repensar o que esta sendo feito com a nossa divisão de base, eu não lembro o ano em que tivemos tão pouco titulares oriundos da Toca do Leão. Gabriel Paulista e Victor Ramos é muito pouco, não gosto e nem concordo com isso, e nisso Caio Junior tem muita culpa.

CAIO JUNIOR

Além de criticar ele pela fritada em Arthur Maia e Gabriel Soares, jogadores que ele mesmo disse no inicio do ano que iria aproveitar e que eram fantásticos, além dos outros campeões do Brasil, não entendo o porque de Magal não ter oportunidades, assim como outros atletas. Aí fica num pragmatismo de esquema tático viciado e que tem tornado os jogadores em sua maioria preguiçosos e donos de cadeira cativa.

Até os reservas cativos já existem, isso é lamentável e não pode continuar, outro fato e não venho criticando de agora, e que só fez se agravar com esse inicio do brasileiro, é a farsa do time mais disciplinado e cortes da competição. Parem com essa palhaçada, perdemos para um Botafogo descendo o sarrafo e os nossos volantes alisando, sempre disse que o Vitória precisa de um zagueiro e um volante pegador, daqueles caras tenebroso mesmo, jogador que o atacante olha e diz, não posso brincar porque se não vou levar porrada, um cara estilo vou usar o rival e porque um jogador que considero fraco, mas tem isso de qualidade, Titi. Lembro de Nikão tremendo de medo dele e vejo que outros jogadores tem o mesmo temor, pois o cara dá suas botinadas quando é preciso e todo elenco precisa de um cara assim, Pepe um Felipe Melo.

ALEXI PORTELA

O inicio de campeonato enganou o manager que acredita que temos elenco capaz de brigar por libertadores, enquanto que antes ele mesmo afirmava que era preciso contratar. Pois bem disse que a demora era porque estava esperando a janela abrir para repatriar 6 jogadores, no fim chegou, Camacho, André Lima e Elizeu e do Brasil Daniel Borges e o que vemos é que perdeu-se muito tempo e as contratações pontuais não foram tão pontuais assim, mesmo com a bela exibição de ontem Daniel ainda não tem tarimba para uma série A, André teve aquele azar e Elizeu não é melhor que Magal e Camacho ainda não disse a que veio.

Todos sabem que precisamos de um zagueiro xerifão, todos sabem que precisamos de um homem gol( nisso não vou culpar, fatalidade), mas todos sabem que não temos laterais. É hora de acordar, o Vitória não tem elenco para brigar pela libertadores no brasileiro, pare com esta ilusão, como disse antes da bola rolar, o Leão tem time para ficar entre 8º a 12º nem mais nem menos, daí sim se houverem reforços brigaremos para morder a quarta vaga do G-4, mas até agora pouco foi feito e o rubro negro precisa se reinventar para continuar na parte de cima da tabua de classificação.

PS: TORCIDA: Não se pode apenas exigir e não fazer sua parte indo para o Barradão e fazendo o SOU MAIS VITÓRIA, questionar faz parte, mas a nossa torcida também deixado muito aquém a situação dentro da competição.

IMG_1375473001

Petter Souza candidato a presidência do ECV pela Chapa VITÓRIA SÉCULO XXI foi preso na manhã de hoje!

Informações do site METRO 1!

[VITÓRIA 0X0 BAHIA] Um clássico movimentado, mas com placar frustrante


VITÓRIA X bahia

O reencontro do maior clássico do norte/nordeste com a primeira divisão foi cercado pela expectativa das torcidas pelo bom momento da dupla BAVI na competição, O Vitória buscava o triunfo e a liderança, já o Bahia queria o primeiro triunfo sobre o rival  e o G4 mas o placar final foi frustrante para ambos que agora figuram na 5ª e 6ª colocação respectivamente.

Eu havia afirmado aqui sobre o crescimento do rival em relação as goleadas que aplicamos, e isso ficou evidente, o Leão tem um meio campo mais qualificado, porém a marcação do tricolor estava mais ajustada com uma ótima partida do jovem Feijão, para mim o melhor em campo sem duvidas, e sem um dia feliz de Renato Cajá, Nino parecendo estar sentindo a contusão desde o inicio da partida e Dinei apagado, as coisas não andaram como de costume no setor ofensivo e por isso não marcamos nossos gols.

O Vitória foi prejudicado pela arbitragem quando aos 9 minutos o juiz Paulo Cesar de Oliveira deixou de marcar uma falta clara em Dinei e que deveria culminar na expulsão do atleta do Bahia, no mais foram chances perdidas dos dois lados, Maxi Biancucchi deu drible desconcertante em Titi e chutou na saída de Lomba, mas ele estava desequilibrado a bola foi pra fora, Já Escudero iria marcando um gol de placa após passe preciso de Camacho, o camisa 11 driblou duas vezes o defensor e chutou de esquerda mas a bola caprichosamente saiu.

Wilson: ótima partida, fez boas defesas para o Leão Nota 8.0

Nino: Péssimo, para mim já entrou baleado em campo. Nota3.0

Gabriel Paulista: Partidaça, o melhor do Leão em campo, muita raça e acertou quase todas, faltou aquele gol de cabeça. Nota 7,5

Victor Ramos: Bombardeado, errou muitos lances, deu sorte com a incompetência do rival. Nota 4.0

Tarracha: Apoiou bem, e fez uma partida razoável, mas ainda não convenceu, no próximo jogo Mansur deve reassumir a posição.

Michel: Foi muito valente, mas as vezes é precipitado, fez faltas que levaram perigo: Nota 6.0

Cáceres: Não se encontrou na partida, errou passes bobos e não conseguiu marcar com qualidade. Nota 5.0

Renato Cajá: Horrível, uma das suas piores partidas: Nota 3,0

Escudero: Ajudou muito na marcação e foi o cara mais lúcido do meio campo, faltou aquela bola entrar. Nota 6,5

Maxi Biancucchi: Esteve em dia de um mero mortal, em dias normais teria brocado aquele lance que deixou Titi no chão. Nota 5.0

Dinei: É amigo, chega um cara para brigar e você faz essa partida fraca, vai pro banco domingo: Nota 3.0

Camacho: Entrou na fogueira, mas mostrou que tem qualidade, deu um passe que deixou Escudero na cara, mas precisa claramente de ritmo: Nota 5,5

Vander: Entrou muito bem, deu velocidade, passes precisos, faltou um pouco de calma para ser mais decisivo: Nota 6,0

Daniel Borges: Errou muito, fazer estreia em clássicos não é fácil, ainda mais quando existe concentração de jogadores no seu setor: Nota 5.0

Caio Junior: Montou o time de sempre e para mim acertou nas mudanças, apesar que duas foram por contusões, Nota 7,0

FICHA TÉCNICA
Campeonato Brasileiro
Local: Arena Fonte Nova, em Salvador (BA)
Data: 21/07/2013
Árbitro: Paulo César Oliveira (FIFA/SP)
Auxiliares: Luiz Carlos Silva Teixeira (BA) e Adson Márcio Lopes Leal (BA).
Cartões amarelos: Hélder, Feijão Lucas Fonseca
Gols:
Pùbico: 30.477
Vitória: Wilson; Nino Paraíba (Daniel), Victor Ramos, Gabriel Paulista e Danilo Tarracha; Michel, Cáceres (Vander), Escudero e Renato Cajá (Camacho); Maxi e Dinei. Técnico: Caio Júnior.
Bahia: Marcelo Lomba; Madson, Lucas Fonseca, Titi e Raul; Feijão, Hélder (Fabrício Lusa) e Rafael Miranda; Talisca (Freddy Adu), Wallyson e Fernandão. Técnico: Cristóvão Borges.

[VITÓRIA X BAHIA] Mais um massacre na Arena?


VITÓRIA X bahia

Rumo a liderança do campeonato brasileiro da primeira divisão o Vitória tem o rival Bahia novamente a frente na Arena Fonte Nova e quer manter os 100% de aproveitamento contra o rival no estádio e quem sabe repetir os massacres do 5×1 e 7×3, para isso o Leão contará com força máxima e o apoio do torcedor rubro negro

O Bahia esta com mudanças com relação aos últimos clássicos e sem dúvida alguma o time até evoluiu sobre o comando de Cristovão Borges, mas não há quem negue que o Leão continua com mais qualidade e é o favorito para vencer mais este jogo.

O Vitória tem ao seu favor a pressão em cima do tricolor que não vence o clássico a mais de 2 anos, tem também os desfalques do inimigo, além da maioria da torcida que empurrará o Leão ao triunfo.

O mais positivo do BAVI é ver a empolgação das duas torcida pelas campanhas que agradam de suas equipes, o Vitória busca a lidença, enquanto o Bahia busca chegar ao G-4, lembrando que o tricolor tem um jogo a mais, o rubro negro tem 13 pontos e segundo colocado no brasileiro, tem o artilheiro da competição Maxi Biancucchi com 6 gols, Já o Bahia tem 12 pontos figura na 7ª colocação e tem como destaque Fernandão com 4 gols.

ESQUEMA TÁTICO DO VITÓRIA (2)

VITÓRIA X BAHIA

Arena Fonte Nova, Salvador

21/07/2013 ÀS 16:00 HORAS

Escalação do Vitória: Wilson, Nino, Gabriel, Victor Ramos, Tarracha, Michel, Cáceres, Escudero(Camacho), Renato Cajá, Maxi Biancucchi, Dinei

Escalação do Bahia: Marcelo Lomba, Madson, Lucas Fonseca, Titi e Raul; Feijão, Rafael Miranda e Hélder; Talisca, Wallyson e Fernandão

Camacho treina com desenvoltura e vai ser utilizado por Caio Junior


IMAGEM_NOTICIA_3
O objetivo era observar Camacho. E após 70 minutos, divididos em dois tempo de 35, de um coletivo corrido e bem disputado, que terminou empatado em 1 a 1, o técnico Caio Júnior está mais convencido ainda que Camacho pode ajudar e muito o Vitória no clássico de domingo, às 16 horas, na Arena Fonte Nova.
Assim que acabou o jogo que o Vitória venceu o São Paulo, por 3 x 2, no domingo, Caio na coletiva disse que Camacho seria uma opção para o clássico. No treino entre reservas e juniores, na manhã desta terça-feira, o treinador não teve mais dúvidas: “Ele está pronto e vai nos ajudar”, afirmou.
Camacho movimentou-se intensamente durante os dois tempos, e organizou jogadas ofensivas para o time reserva, e agradando em cheio.
Os jogadores que atuaram contra o São Paulo participaram de duas atividades: inicialmente o CORE e depois uma sessão de exercícios para reforço muscular na academia.
A tarde será de folga e nesta quarta-feira os jogadores voltam às atividades. Os treinos serão em dois turnos, às 9h e 15h30.
Destaque
O bom momento vivenciado pelo argentino Maxi Biancucchi merece elogios da imprensa europeia. O jornal Marca, da Espanha,  destacou a fase atual do rubro-negro, enquanto o italiano Tropico del Calcio, além de falar sobre o craque, destacou a campanha do rubro-negro na Série A.

[VITÓRIA 3X2 SÃO PAULO] Leão vence e continua firme no G4


VITÓRIA X SÃO PAULO

O Vitória triunfou mais uma vez no campeonato brasileiro da primeira divisão e segue firme no G4, mais precisamente na segunda colocação com 13 pontos conquistados e atrás apenas do Coritiba que tem 15 Pontos.

O Leão não começou bem a partida, nos 15 primeiros minutos levou sufoco do novo esquema do time paulista e sucumbiu aos erros de defesa vendo Aloisio fazer 1×0 após lance desconcertante de Oswaldo pra cima de Victor Ramos e passe sem nenhuma cobertura no lado da defesa.

Aos 20 minutos parece ter chegado ao conhecimento de Caio Junior a analise pré-jogo deste humilde blogueiro, eu dizia que o rubro negro deveria aproveitar os contra-ataques, porque o esquema 4-4-2 estilo diamante com alternância dos jogadores são paulinos apoiando o ataque, criaria espaços e não deu outra, grande passe de Renato Cajá e Dinei fez um belo gol, ele que iria tomar um belo cascudo naquela careca já que foi fominha no lance ao não tocar para Maxi Biancucchi livre, mas como ele apostou e fez, esta tudo certo, tá tudo em casa.

Com igualdade no placar, o Leão começou a se encontrar e passou a ter o domínio da partida, o time teve duas oportunidades de marcar, até que aos 29 o zagueiro tricolor deu uma pixotada e Maxi Biancucchi roubou a bola, ajeitou e chutou, a bola desviou e encobriu Rogerio Ceni, um golaço e Vitória na frente do placar. Mas como eu disse novamente no pré-jogo um time qualificado como o do São Paulo não pode ter espaços e dar oportunidades, e a oportunidade veio numa falta boba na entrada da área, tudo que Rogério Ceni queria para marcar um golaço, empatar o jogo e dar números finais ao primeiro tempo, 2×2.

No segundo tempo já com o conhecimento das deficiências do tricolor expostas pelo blogueiro, o Vitória achou o caminho do “diamante” e passou a usar a velocidade de Nino, Cajá e Biancucchi em cima de Juan e Lucio e aí não deu outra, muitas jogadas criadas, um pênalti em cima de Escudero que Renato Cajá desperdiçou chutando para fora e depois o gol que selou o triunfo com Maxi Biancucchi aos 11 minutos. O leão ainda teve chances de ampliar mas não matou o jogo, porém o triunfo foi garantido e o rubro negro recupera a segunda colocação e fica no encalço do Coritiba rumo a liderança da competição e com Maxi Biancucchi isolado na artilharia com 6 gols.

FICHA TÉCNICA

Série A

Vitória 3 x 2 São Paulo

Local: Estádio Manoel Barradas, em Salvador (BA)

Data: 14/07/2986

Árbitro: Francisco Carlos do Nascimento (Fifa-AL)

Auxiliares: Rodrigo Henrique Correa (Fifa-RJ) e Pedro Santos de Araújo (AL).

Gols: Maxi Biancucchi e Dinei (Vitória) / Osvaldo e Rogério Ceni (São Paulo)

Cartão vermelho: Wellington (São Paulo)

Vitória: Wilson; Nino Paraíba; Victor Ramos, Gabriel Paulista e Danilo Tarracha; Michel, Cáceres (Vander), Renato Cajá e Escudero (Gabriel Soares); Maxi Biancucchi e Dinei. Técnico: Caio Júnior.

São Paulo: Rogério Ceni, Lucas Farias (Fabrício), Edson Silva, Lúcio e Juan; Wellington, Rodrigo Caio, Maicon (Ademilson) e Paulo Henrique Ganso; Aloísio e Osvaldo. Técnico: Paulo Autuori.

OPINIÃO LMP: Gostei do jogo e teve a dificuldade que se espera da série A do brasileiro, foi muito bom sair atrás e reagir no placar e sair com o triunfo, isso demonstra amadurecimento e controle emocional da equipe, o Vitória soube aproveitar as fragilidades do tricolor, coisa que eu explanei aqui e se saiu Vitorioso.

Sobre os 11 mil pagantes foi um número pequeno diante da campanha do clube e da torcida que se mostra tão exigente mas não dá o mesmo retorno comparecendo aos jogos para apoiar, entendo que esse foi um final de semana de grandes eventos em Salvador e que muitos aguardaram para ir no BAVI do próximo domingo, mas poderíamos e deveríamos ter pelo menos 20 mil pagantes no Barradão, ainda mais que o time estava a 42 dias longe de casa.

class

[VITÓRIA X SÃO PAULO] Caiu na Toca é pau!


VITÓRIA X SÃO PAULO

A expectativa é de Barradão lotado para o confronto da sétima rodada do campeonato brasileiro da primeira divisão, longe de casa há 42 dias quando venceu o Vasco por 2×0, o Vitória busca matar a saudade de casa diante do seu torcedor e nada como um triunfo diante do São Paulo.

Sem essa de crise ou desfalques, o tricolor paulista é um time perigoso e tem no elenco jogadores capazes de fazer a diferença, outro detalhe é que a equipe ainda não perdeu fora de casa neste brasileiro, e vem com novo estimulo, Paulo Autuori foi confirmado como novo treinador e vem para o comando já neste domingo, mas independentemente, o rubro negro tem a obrigação de impor seu ritmo e ao final do jogo ter confirmado mais três pontos para seguir firme no G4 do brasileirão.

Sem problemas médicos ou suspensão, Caio terá mais uma oportunidade de repetir o time que vem atuando nos últimos jogos, é claro que existe o anseio de contar com os reforços a exemplo de Daniel Borges que já vai para o banco fazer sombra a Nino, e nas próximas rodadas o treinador já deve contar com Camacho e André Lima recém-contratados, o último com chegada prevista para terça feira (16), porém poder repetir a equipe é um sonho de qualquer treinador e Caio não pode reclamar disso.

O São Paulo chega com treinador novo, time e esquema modificado, Ganso retorna aos titulares e Autuori aposta no 4-4-2 com o posicionamento diamante no meio para tentar da mais mobilidade ao setor, vou explanar no painel para vocês visualizarem.

65537_Papel-de-Parede-Campo-de-Futebol_1600x1200

OPINIÃO LMP: O Vitória tem grandes chances de sair vencedor deste confronto se apertar pela direita com Nino, Cáceres e Biancucchi em cima de Juan e Lucio, o lateral “reserva” costuma apoiar, mas não tem mais o fôlego de antes e deixa a defesa desprotegida, forçando pelo setor com a velocidade de Nino, o Vitória criará grandes oportunidades.

Outra boa oportunidade é explorar as aberturas do meio com o esquema diamante que reforça o ataque, mas costuma dar espaços bons para o contra ataque Com Ganso e Jadson preocupados em servir o ataque, Denilson e Wellington ficam sobrecarregados na marcação, um bom dia para Renato Cajá e Escudero se destacarem.

ESQUEMA TÁTICO DO VITÓRIA (2)

CAMPEONATO BRASILEIRO (7ª RODADA)

LOCAL: BARRADÃO

DATA E HORA: DOMINGO 14/07/2013 ÀS 16:00 HORAS

ARBITRAGEM: Francisco Carlos do Nascimento (AL)

AUXILIARES: Rodrigo Henrique Corrêa (RJ) e Pedro Santos de Araújo (AL).

VITÓRIA: Wilson, Nino, Victor Ramos, Gabriel Paulista, Tarracha, Michel, Cáceres, Renato Cajá, Escudero, Maxi Biancucchi e Dinei. Caio Junior

SÃO PAULO: Rogério Ceni, Douglas, Rhodolfo, Lúcio e Juan; Wellington, Denílson, Jadson e Ganso; Aloísio e Osvaldo. Paulo Autuori