Camacho treina com desenvoltura e vai ser utilizado por Caio Junior


IMAGEM_NOTICIA_3
O objetivo era observar Camacho. E após 70 minutos, divididos em dois tempo de 35, de um coletivo corrido e bem disputado, que terminou empatado em 1 a 1, o técnico Caio Júnior está mais convencido ainda que Camacho pode ajudar e muito o Vitória no clássico de domingo, às 16 horas, na Arena Fonte Nova.
Assim que acabou o jogo que o Vitória venceu o São Paulo, por 3 x 2, no domingo, Caio na coletiva disse que Camacho seria uma opção para o clássico. No treino entre reservas e juniores, na manhã desta terça-feira, o treinador não teve mais dúvidas: “Ele está pronto e vai nos ajudar”, afirmou.
Camacho movimentou-se intensamente durante os dois tempos, e organizou jogadas ofensivas para o time reserva, e agradando em cheio.
Os jogadores que atuaram contra o São Paulo participaram de duas atividades: inicialmente o CORE e depois uma sessão de exercícios para reforço muscular na academia.
A tarde será de folga e nesta quarta-feira os jogadores voltam às atividades. Os treinos serão em dois turnos, às 9h e 15h30.
Destaque
O bom momento vivenciado pelo argentino Maxi Biancucchi merece elogios da imprensa europeia. O jornal Marca, da Espanha,  destacou a fase atual do rubro-negro, enquanto o italiano Tropico del Calcio, além de falar sobre o craque, destacou a campanha do rubro-negro na Série A.
Anúncios

[BAHIA 3X7 VITÓRIA] Massacre, humilhante e impiedoso!


BAHIA X VITÓRIA

Eu dizia no pré-jogo que sem historinha de politicamente correto e coisas do tipo, o Vitória era favorito e tinha que se comportar como tal, foi o que aconteceu o rubro negro se impôs e deu uma surra acachapante no tricolor, coisa para ficar novamente marcado na história do ludopédio baiano.

O interessante foi ver a mídia baiana e a torcida tricolorida dando ênfase a questão da Camisa 5X1, e esquecendo que o elenco leonino é muito superior ao do Bahia, achei muito engraçado quando vi a diretoria  do Itinga colocando a camisa na concentração como motivação, continuem comprando camisas do Vitória, e continuem tomando lavada na Arena Fonte Nossa.

O Vitória massacrou, digna das histórias épicas das grandes Arenas antigas, o Leão deu ao público um grande espetáculo e foi impiedoso com o adversário, uma partida quase impecável, quase irretocável, realmente para entrar para história e dar de vez a escritura do estádio para o rubro negro.

Terceiro BAVI do ano e 3º triunfo, dois de forma humilhante, já são 7 jogos sem perder para o rival, 4 triunfos e 3 empates, 2 anos sem perder o clássico, 9 anos sem perder na Fonte Nova, 11 jogos, 7 triunfos e 4 empates, 3 jogos e 100% de aproveitamento na Arena, placar agregado 14×5, realmente não dá para questionar os números.

O JOGO

O Vitória começou arrasador, foi para cima do Bahia e aos 4 Minutos abriu o placar com Gabriel Paulista após cobrança de Renato Cajá. Aos 13 o Leão ampliava com uma linda jogada de Cajá e um chute esplendoroso de Dinei no ângulo, Vitória 2×0, aos 20 Cajá mostrou novamente o porque de vestir a 10, Colocou na cabeça de Fabricio que mandou novamente no ângulo, 3×0. O Vitória dominava totalmente e poderia até aumentar, mas resolveu tirar o pé do acelerador, aos 40 Deola cometeu um pênalti bobo e Fernandão cobrou no meio para diminuir 3×1 e fim de primeiro tempo.

Quem esperava a reação do Bahia, viu Dinei aos 40 segundo marcar de cabeça encobrindo Marcelo Lomba, 4×1 nessa hora Tarracha já tinha substituído Mansur no Leão. No minuto seguinte o Vitória se desconcentrou e Fernandão diminuiu, 4×2. Aos 13 Minutos Dinei recebeu a bola na esquerda e trouxe para o centro e bateu de direita, um chutaço forte que desviou na zaga e enganou Lomba, Vitória 5×2 e  ainda mais festa na Arena. O Vitória fazia o que queria, em uma jogada toda trabalhada, Michel lançou Escudero que tocou de prima para Maxi Biancucchi marcar o sexto, 6×2. Uma festa impressionante de cerca de 5 mil rubro negros e a torcida tricolorida já estava há muito tempo a caminho de casa. Aos 42 Fernandão fez grande jogada e Michael Jackson diminuiu( sim, ele não morreu), e no frigir dos ovos aos 45 minutos Dinei recebeu um belo lançamento e marcou o sétimo, Vitória 7×2 e o quarto do artilheiro que pediu musica.

FICHA TÉCNICA

Campeonato Baiano

Bahia 3 x 7 Vitória

Local: Arena Fonte Nova, em Salvador (BA)

Data: 13/5/2013

Árbitro: Marcelo de Lima Henrique (RJ)

Assistentes: Altemir Hausmann (RS) e Rodrigo Henrique Figueiredo Correa (RJ)
Cartões amarelos: Demerson, Toró, Zé Roberto, Hélder (Bahia) / Deola, Mansur, Renato Cajá (Vitória)
Cartões vermelhos: Fahel (Bahia)
Gols: Ferrnandão (2x) e Adriano (Bahia) / Gabriel Paulista, Dinei (4x), Fabrício e Maxi (Vitória)

Bahia: Marcelo Lomba; Pablo, Titi, Demerson e Magal (Hélder); Toró, Fahel, Diones (Adriano) e Anderson Talisca; Zé Roberto (Feijão) e Fernandão. Técnico: Joel Santana.

Vitória: Deola; Gabriel Paulista, Victor Ramos, Fabrício e Mansur (Danilo Tarracha); Michel, Cáceres, Escudero e Renato Cajá (Vander); Maxi (Maxi) e Dinei. Técnico: Caio Junior.

Deola: Precisa ter mais tranquilidade nas saídas 6,0

Gabriel: Marcou gol e não comprometeu mesmo improvisado. 7.0

Fabricio: Golaço e passe de craque, marcou muito bem.  8.0

Victor Ramos : É a tranquilidade da defesa, mas vacilou no 3º gol. 7.5

Mansur: Fez uma boa partida, e foi substituído. 7.0

Michel: Muita raça, voltou a crescer, tem desempenhado bem sua função. 8.0

Cáceres: Joga muito, marca muito, joga fácil, não pode ser banco, ainda tem que diga que é homem de ligação. 8.5

Escudero: É um cara tático e técnico, nunca tivemos um jogador tão versátil assim, joga pra equipe. 8.5

Renato Cajá: É um autentico 10, o maestro. 10,0

Maxi Biancucchi: É traquino, buliçoso, craque, joga muito, mais um gol. 10.0

Dinei: Como tem que ser, importante para o esquema, mas também brocador, partida perfeita. 9+1

Tarracha: Jogou muito bem, fez uma boa estreia, parece ter qualidade. 7.5

Vander: Sabe muito, vai para cima e busca o jogo. 7.0

Marquinhos: É um reserva de luxo, voltou a jogar bola. 7.0

Caio Junior: Montou um time taticamente perfeito, soube mexer e garantir o ótimo resultado. 10.0

 

[BAHIA X VITÓRIA] O Leão é favorito e ponto final


BAHIA X VITÓRIA

Sem muita historinha, ou discursos politicamente correto e vazio, o Vitória é o favorito a vencer o BAVI e conquistar o título do campeonato baiano 2013, e não é difícil chegar a essa conclusão, os números são totalmente favoráveis ao rubro negro que fez a melhor campanha, tem a vantagem de dois resultados iguais e ainda defende alguns Tabus.

O Vitória não perde para o Bahia a cerca de 2 anos, sendo 6 jogos com 3 triunfos do Leão e 3 empates.

O Vitória ganhou o ultimo 6 BAVIs da Fonte Nova.

O Vitória ganhou todos os BAVIs da Arena Fonte Nova.

Se tudo isso não bastasse a analise dos elencos dos times, mostra uma superioridade técnica do Vitória, mas é claro que tudo isso não ganha jogo e ainda mais em se tratando de clássico, porém o rubro negro precisa sim tomar a postura de favorito e atropelar no BAVI, só o status não basta, é preciso traduzir tudo isso quando se estiver em campo.

OS PROBLEMAS DO VITÓRIA PARA O BAVI

A semana foi complicada para o treinador Caio Junior, o departamento medico do clube andou muito lotado, e para piorar com pacientes importantes, Renato Cajá, Escudero e Mansur não serão problema, mas Luis Alberto já esta descartado, a duvida agora é na lateral direita, Nino foi relacionado mas segue em tratamento intensivo e muitos já descartam a possibilidade do atleta jogar, Cáceres ou Gabriel Paulista devem ser improvisados no setor.

FICHA TÉCNICA

Campeonato Baiano – final

BAHIA X VITÓRIA

Local: ARENA FONTE NOVA (BA).

Data: domingo, 12 de maio.

Horário: 16h.

Bahia: Marcelo Lomba; Pablo, Demerson, Titi e Magal; Toró, Fahel, Diones e Talisca; Zé Roberto e Fernandão. Técnico Joel Santana.
Vitória: Deola; Nino Paraíba(Gabriel Paulista), Victor Ramos, Fabrício e Mansur; Michel, Cáceres e Escudero, Renato Cajá; Maxi Biancucchi e Dinei. Técnico: Caio Júnior.

[VITÓRIA 2X1 BAHIA] Que vexame hein freguês, Mais um triunfo e tabu mantido contra o rival?


vitória x bahia

9 anos e 10 jogos, esse é o histórico do Vitória sem sofrer derrotas para o Bahia na Fonte Nova, para aumentar a pressão o Leão não perde para o superman desde 01/05/2011 na semifinal do baiano quando o tricolor venceu no Barradão por 3×2 e o rubro negro ficou com a vaga para final por ter vencido em Pituaçu e ter a vantagem de melhor campanha. De lá para cá foram 6 clássicos com 3 empates e 3 triunfos do Vitória, já vai fazer 2 anos.

O JOGO

O Vitória começou bem o clássico, Renato Cajá estava doido para repetir a dose e ser novamente o primeiro a brocar as redes da fonte, ele acertou um belo chute na trave em cobrança de falta e depois em mais duas tentativas levou perigo, o rubro negro dominava o jogo e criava as melhores oportunidades e aos 20 minutos em cobrança de escanteio de Cajá, Victor Ramos subiu mais que todos e cabeceou no travessão, a bola sobrou no meio da área com Michel que chutou firme e abriu o placar Vitória 1×0 Bahia.

Com vantagem no placar o Leão passou a dominar ainda mais a partida e criou algumas oportunidades de gol, até que Escudero recebeu a bola na esquerda e lançou perfeitamente para Maxi Biancucchi que percebeu bem a chegada de Mansur e mesmo estando de costas deu um belo passe de calcanhar por entre as pernas do defensor Fahel e o camisa 6 chutou para vencer Marcelo Lomba e decretar o segundo do Leão, 32 minutos, Vitória 2×0 Bahia, o que se viu a partir de então foi a vergonhosa manifestação da torcida do Bahia jogando objetos no gramado e o Vitória buscando o terceiro gol.

No segundo tempo o rubro negro voltou muito acomodado, deixou de marcar com o mesmo ímpeto do primeiro tempo e de atacar, buscou administrar o placar e com isso o rival cresceu e aos 6 minutos Tite diminuiu o placar após cobrança de Talisca, a zaga do Leão e o goleiro Deola vacilaram e o zagueiro do Bahia disputou a bola com o companheiro Fahel para diminuir o placar, o que se viu após isso foi um domínio estéril do tricolor, teve mais posse, buscou mais o jogo , mas não conseguiu levar muito perigo ao gol de Deola, resultado final. Vitória2x1 Bahia.

FICHA TÉCNICA
Campeonato Baiano – 8ª rodada
Vitória 2 x 1 Bahia
Local
: Arena Fonte Nova, em Salvador (BA)
Data: 28/04/2013
Horário: 16h
Árbitro: Jailson Macêdo Freitas
Auxiliares: Alessandro de Rocha Matos e Elicarlos Franco de Oliveira
Gols: Michel e Mansur (Vitória) / Titi (Bahia)

Vitória: Deola; Nino Paraíba, Gabriel Paulista, Victor Ramos e Mansur (Fabrício); Michel, Cáceres, Renato Cajá e Escudero; Maxi Biancucchi (Vander) e Dinei (Giancarlo) Técnico: Caio Júnior.

Bahia: Marcelo Lomba; Pablo, Demerson, Titi e Magal; Fahel, Toró, Anderson Talisca e Rosales (Adriano); Ryder (Marquinhos) e Obina (Fernandão). Técnico: Joel Santana.

[VITÓRIA X BAHIA] Briga para garantir liderança e para manter o Tabu e a grande polêmica!


vitória x bahia

 Mais um BAVI na Itaipava Arena Fonte Nova( perdão, quero dizer Arena 51) e desta vez o objetivo é buscar a liderança da competição que portanto tempo esteve com o Vitória, mas a duas rodadas pertence ao Juazeirense que é o adversário do Leão nas semifinais e por enquanto tem a vantagem de jogar por dois resultados iguais e decidir a sorte em Juazeiro.

O treinador Caio Junior já afirmou que contará com a força máxima e não poupará ninguém, Renato Cajá treinou normalmente e vai jogar, já Luis Alberto  foi vetado pelo departamento médico e ainda não teve o seu substituto confirmado, Cáceres, Gabriel e Edson brigam pela vaga. Existe a expectativa das possíveis estreias de Giancarlo e Tarracha, os recém contratados e já regularizados estão com condições físicas e podem substituir Dinei e Mansur que não vivem boa fase, a  lateral esquerda deve mesmo ganhar um novo dono e o artilheiro do Brasil deve aguardar no banco pela primeira oportunidade, já que Lúcio Maranhão esta queimado com o técnico.

O Vitória joga ainda para manter um grande tabu sobre o rival, são 9 anos e 9 jogos de invencibilidade em clássicos na Fonte Nova, no ultimo todos lembram da sonora goleada de 5×1, outra questão é que vencendo, ou empatando o rubro negro já garante a vantagem em caso da dupla se reencontrar na final da competição, outra motivação é o fato do rival ainda não ter vencido nesse seu mando de campo e amargar uma sequência considerável sem triunfos no campeonato baiano 2013.

O BAVI ainda nem começou, mas já tem polêmica no ar, e ela atende por nome de Jailson Macêdo de Freitas, isso tudo porque o arbitro é conhecido por beneficiar o rival, em muitos clássicos o Vitória já saiu de campo protestando contra a péssima atuação do homem do apito que sempre tende a favorecer o que parece ser o seu time de coração, auxiliado por Alessandro Rocha Matos e Elicarlos Franco de Oliveira. Jailson já começa o jogo na mira de todos os holofotes, a maioria defende que novamente a arbitragem deveria se de fora do estado, mas vamos torcer para que não haja interferência no resultado do placar.

 

CAMPEONATO BAIANO :VITÓRIA X BAHIA

Local: ARENA FONTE NOVA

Data: 28/04/13 ÀS 16:00 HORAS

Arbitragem: Jailson Macêdo de Freitas

Assistentes: Alessandro Rocha Matos e Elicarlos Franco de Oliveira

Vitória: Deola, Nino, Gabriel Paulista, Victor Ramos, Mansur(Tarracha), Michel, Cáceres( Gabriel Soares ou Edson Magal), Renato Cajá, Escudero, Maxi Biancucchi, Dinei.

Bahia: Lomba, Pablo, Tite, Demerson, Pablo, Diones, Fahel, Rosales, Marquinhos(Talisca),Ryder, Obina

Esquema tático, Escudero e a utilização de Gian Carlo, Tarracha e time misto.


ESQUEMA TÁTICO DO VITÓRIA (2)

Há muito tempo venho criticando o esquema tático atual do Vitória, não que eu seja contra o 4-4-2 ou como alguns queiram o 4-2-2-2, mas pelo fato de que o time só atua ofensivamente pelo lado direito do gramado, isso acontece porque Renato Cajá apesar de ser canhoto atua centralizado, mas costuma cair pela direita, Dinei dá mesma forma, Luis Alberto que aparece no apoio aparece nesse lado do campo, Maxi é o que mais se movimenta até varia os lados, mas tem maior presença na direita e ainda contamos com os avanços de Nino Paraíba.

Os ataques pelo lado esquerdo são coisas de bola parada, do contrario são raros, Escudero mostra grande lucidez quando esta com a bola e taticamente exerce uma função importante marcando a saída do lateral, mas tem sido sub-utlizado, um jogador da sua qualidade não pode ficar tão sumido do jogo por tanto tempo, até Marquinhos que historicamente atua melhor na esquerda, vem atuando do lado direito, Vander e Cáceres idem, e não vemos Mansur apoiar com frequência, desta forma o Vitória é um time previsível ofensivamente e como já disse Escudero fica escondido no jogo.

Caio Junior precisa urgentemente equilibrar os setores e fazer com que Escudero participe mais do jogo, espero que Tarracha possa auxiliar no setor e que Renato Cajá possa encostar no gringo para que possamos ter melhores jogadas, mais recursos e dar mais descanso ao sempre tão sacrificado Maxi Biancucchi que fica correndo como um louco. Corrigir isso já diminuiria em muitos os problemas táticos do Vitória.

Sobre a utilização de time misto no BAVI, sou inteiramente contra, seria a favor se o Leão já tivesse com a primeira colocação garantida, mas como estamos em segundo e precisamos vencer  para poder sonhar em jogar por resultados iguais e decidir no Barradão, não apoio a ideia de poupar nenhum atleta, deveria ter sido feito isso no jogo contra o Botafogo.

???????????????????????????????

Os recém chegados e regularizados Gian Carlo e Tarracha podem atuar e Caio Junior afirmou que pode utilizar os atletas, nesse caso não vejo muito problema, claro que faltará entrosamento, mas como ambos estão bem fisicamente por que vinham atuando e parecem viverem um melhor momento do que os seus concorrentes de posição, não descordarei se o rubro negro sair com eles em campo no lugar de Dinei e Mansur. O fato de ser BAVI so aumenta a responsabilidade deles de desempenhar um bom futebol e garantir vaga no elenco do clube.

[BAHIA X VITÓRIA] O primeiro BAVI da nova Arena Fonte Nova


BAHIA X VITÓRIA

Neste domingo dia 07 de Abril de 2013 o mundo testemunhará mais um fato que entrará para história do ludopédio, independente do placar, se haverá ou não show de bola, o clássico BAVI será profundamente marcado nesse dia e é por isso que todos os olhos estão voltados para partida que tem tudo para ser épica.

O Vitória tem 100% de aproveitamento no campeonato baiano e chega com status de favorito, o que não quer dizer muita coisa, realmente o Leão tem um time mais qualificado no papel, mas quando se trata de clássico, aí é melhor jogar as estatísticas no lixo e aguardar para ver o que acontecerá, mas é claro que confio no triunfo do rubro-negro.

Do lado tricolor a ordem é vencer de qualquer maneira para evitar a chegada de uma crise, pois mesmo sendo líder do seu grupo, o Bahia anda muito irregular e só venceu 1 de 3 partidas, perder o BAVI dará ainda a certeza de que o Vitória terá as vantagens nas fases de decisões, o que acabou determinando o campeão dos últimos estaduais.

Uma coisa todo mundo tem certeza, será uma festa linda, um clássico cheio de rivalidades, mas sem violência, será lindo ver Os Imbatíveis assumindo o lugar que um dia foi da lendária Leões da Fiel, ouvir os cânticos de incentivo e provocação e tomará que a celebração do triunfo ao final do jogo.

CANDIDATOS A NOVO ÍDOLO DA NAÇÃO RUBRO-NEGRA!

555772_363281080442861_1211279855_n

Os clássicos tem por costume consagrar novos ídolos, os últimos BAVIs na era da fonte nova Consagraram Nadson e Índio, sendo o primeiro no Barradão, Após o BAVI deste domingo quem será o novo queridinho da torcida do Leão?

Escudero, Victor Ramos, Renato Cajá, Maxi Biancucchi e Dinei entram fortes na disputa, será que algum deles irá conquistar a nação rubro-negra?

ESQUEMA TÁTICO DO VITÓRIA (2)

Escalação do Bahia: Lomba, Neto, Danny Morais, Titi, Magal, Fahel, Diones, Helder, Rosales, Adriano, Obina. Técnico: Jorginho

Escalação do Vitória: Deola, Nino, Gabriel, Victor Ramos, Mansur, Michel, Luis Alberto, Renato Cajá, Escudero, Maxi Biancucchi, Dinei. Técnico: Caio Junior

O que vi e vivi na fonte nova!


bavi(18)

Lembrar da fonte nova causa uma grande nostalgia, foi o primeiro estádio em que pisei os pés, e foi justamente num BAVI, meu pai tricolor proferia as seguintes palavras: Hoje você vai aprender o que é time, vai ver o Bahia ganhar e deixará esse negocio de torcer para o Vitória” Eu tinha 12 anos e como todos estava encantado por viver o meu primeiro clássico.

Lembro de muita coisa daquele jogo o charme inconfundível da Leões da Fiel,  o balanço dos anéis superiores com o pulo da Bamor, os cânticos de provocação e a célula que poucos meses depois daria origem ao nascimento da TUI,  a data 23 de fevereiro de 1997 onde 87.725 pessoas lotaram o estádio para ver Bahia 0x3 Vitória, meu pai saiu frustrado do intento de me tornar tricolor, ainda teve que aturar as gozações do filho, mas tem muita coisa que me lembro daquele e dos outros jogos que passaram a ser cada vez mais frequentes na minha vida.

Uma das coisas que me dá tremenda saudade é sentar no setor onde se localizava a torcida mista, eu, meu pai, amigos rubro negros e tricolores brincávamos a cada lance de perigo, a cada gol e ao termino das partidas, brincávamos também com que nem conhecíamos, e raramente vi algum desentendimento, e o detalhe é que não havia policiais, cordões de isolamento, era tudo na base da civilidade, uma rivalidade sadia, intensa, mas amistosa, são incontáveis as vezes que vi e vivi as pessoas saindo da velha fonte abraçados, com camisas de Bahia e Vitória, e a gozação comendo no centro, uns gozando o triunfo, outros colocando a culpa no juiz ou num infortúnio, mas a verdade é que o futebol tinha muito mais graça naquela época, nos orgulhávamos quando saia nos noticiários que ao contrario dos clássicos dos outros estados que já tinha isolamento e confrontos extremos, o BAVI mostrava as torcidas rivais confraternizando antes e depois dos jogos em cada canto desta cidade.

a8cc41e303

Por isso que sonho num retorno aos antigos princípios que foram deixados de lado, espero que com o renascimento da fonte nova, renasça também os velhos e bons hábitos de somos rivais, e não inimigos, somos coirmãos mas não amigos, somos Bahia, somos Vitória, somos BAVI, somos paz, confraternização, e alegria.

PRODUTOS DA LINHA BASIS VITÓRIA

https://www.facebook.com/pages/Basisvit%C3%B3ria/326217080815928

 

A legalização do absurdo (O futuro dos ingressos na Bahia) !


Ingressos-Jogo-Vitoria

POR: BETH DANTAS

A questão dos valores dos ingressos já foi tão abordada por todos os perfis dos meus amigos que nem entrarei em discussão. Mas é importante ressaltar que esses aumentos abusivos que estamos naturalizando podem futuramente se transformar na cova do trabalhador, que assim como os ricos também torce e quer ter o direito de assistir ao seu time amado de perto.

É nítido que querem afastar àqueles que não possuem capital dos estádios, para que esses considerados inferiores não venham a sujar os bancos com os seus sapatos de lama ou quebrar os banheiros como prova da sua condição de barbárie. A ideologia dominante rege e determina a nossa vida e temos que reagir.

Não é direito que nos privem de acompanhar o time que somos apaixonados só porque não temos R$90,00 para tal feito. A essência do futebol vai sendo perdida a cada jogo que passa. São juízes mal-intencionados que punem os atletas em suas comemorações por tirar camisa, subir em alambrado, ou dar uma ingênua flechada; são jogadores que almejam unico e exclusivamente o dinheiro, sem se importar com o caminhão de confiança que o torcedor nele depositou e partem pro rival sem nenhuma cerimônia ou timidez; é a parceria público/privada que quer elitizar o mundo e junto com ele o nosso futebol. Capitalizam os sonhos.

Extremamente vergonhosa essa situação. Espero que pensem na camada mais humilde da população ao organizar esses eventos pois para um pai de família que recebe salário mínimo pagar R$90,00 para assistir ao jogo do seu amado clube, por mais amado que seja, não é fácil.

Novo Manto será lançado, Torcida na Arena Fonte Nova, Ingressos e a especulação de Kleber Gladiador


75095_363669887051563_2147449074_n

De acordo com informações o Vitória irá lançar o seu novo padrão antes do BAVI, mais precisamente no dia 03 de Abril, não consegui saber se o uniforme já estará disponível para venda, mas acredito que venderão pelo menos uma quantidade limitada, estou em busca da informação.

Torcida do Leão na Arena Fonte Nova

541316_348346295276859_1029116873_n

O posicionamento da torcida do Vitória está definido, os rubros negros ficarão no setor sul do estádio, mas precisamente no lado esquerdo e direito entrando pelo portão do Dique.

As vendas dos ingressos serão iniciadas na sexta-feira, em homenagem ao aniversário da nossa amada cidade do Salvador, as vendas serão nas bilheterias da arena a partir das 10 horas da manhã, cada torcedor terá direiro a comprar no máximo dois ingressos, outra opção de compra será pelo site:www.arenafontenova.com.br, já pela compra virtual cada torcedor terá direito de comprar no máximo 4 ingressos.

Kleber Gladiador no Vitória?

Recebi a informação por uma fonte bem confiável de que Kleber encostado no elenco do Grêmio foi oferecido ao Vitória, e que o jogador conta com a simpatia de Caio Junior que avaliza a contratação,  mas de acordo com Raimundo Queiroz o clube não contratará neste momento nenhum atleta, porém como o que Queiroz fala não se escreve, caso o leão conseguisse um acordo sobre a questão salarial que é alta do jogador, ele poderá realmente ser visto em breve na toca do leão, no momento não tem nada definido.