[Vitória x São Caetano]Para superar o trauma e extravasar a irá


Geralmente eu tiro a possibilidade de vingança dos meus textos por uma série de motivos, mas no jogo de hoje, é diferente, as circunstâncias permitem chamá-lo de vingança e serve também para superar um grande trauma recente na história do Leão.

É um fato que ninguém esqueceu aquele fatídico jogo entre Vitória x São Caetano pela penúltima rodada da série b 2011, e por isso vencer o azulão hoje no Anacleto Campanela ajuda a apagar um pouco daquela grande decepção.

O Vitória vai à busca de seu sétimo triunfo consecutivo, para isso terá apenas uma mudança, Gabriel Paulista no lugar de Dener, o time terá o reforço de Eduardo Ramos no banco de reservas, ele que está recuperado de lesão e pode pintar durante o jogo, o restante do time será o mesmo que venceu o CRB por 1×0 no sábado no Barradão.

Sem tempo para treinar, os acertos na equipe se deram por meio de conversa, o grupo ainda foi a campo por 20 minutos, mas o trabalho foi exclusivamente de orientação de posicionamento, o Vitória vai em busca Da conquista de mais 3 pontos fora de casa e com isso confirmar mais ainda a fama de visitante mais incômodo da competição, tendo vencido 5 de 7 jogos até aqui.

O São Caetano de Sergio Guedes é muito mais forte do que o de 2011, isso é possível analisando as duas campanhas, o time do ano passado escapou do rebaixamento na ultima rodada e o de 2012, vem brigando por uma vaga no g4, a meta do rubro-negro é atrapalhar as pretensões do azulão e vencer um jogo considerado de 6 pontos.

FICHA TÉCNICA

SÉRIE B

São Caetano x Vitória 

Local: Estádio Anacleto Campanella, em São Caetano (SP).

Data: Terça-feira, 30 de julho.

Horário: 21h50.

Árbitro: Anderson Daronco (CBF/RS).

Assistentes: João L Monteiro de Souza Jr. (CBF/RS) e José A Chaves Franco Filho (CBF/RS).

 

São Caetano: Fábio (Luiz); Samuel Xavier, Eli Sabiá, Gabriel e Diego Corrêa; Augusto Recife, Moradei, Éder e Aílton; Geovane e Somália. Técnico: Sérgio Guedes.

 

Vitória: Deola; Nino Paraíba, Dankler, Victor Ramos e Gabriel Paulista; Uelliton, Michel, Pedro Ken e Leílson; Marquinhos e Neto Baiano. Técnico: Paulo César Carpegiani.

Anúncios