Fim das férias, LMP de volta ao batente!


ftwitter2-24.png

Confesso que a saudade foi grande nesses 21 dias de afastamento, mas além da falta de tempo a escassez de informações verídicas e confiáveis durante o mundial fizeram essa pausa mais do que necessária.

Alguma coisa da para tirar de exemplo do vexame da seleção no mundial, a falta de planejamento extremamente evidente em ambas agremiações demonstram que não dá mais para tratar o futebol com acaso, com leviandade, e o primeiro semestre rubro negro foi flagrante nesse sentido, planejar como fez a Espanha e como vem fazendo a Alemanha é o processo para formação de equipes vitoriosas, a Alemanha ainda não confirmou o título, mas sem duvida é quem deve de servir de inspiração e molde para as seleções e equipes de todo mundo.

Herói que nasce da derrota

davidluiz_andredurao2_15

Pelo menos um jogador ganhou meu respeito nessa seleção, e não tem nada haver com o fato de ter sido revelado pelo Vitória. David Luiz e a sua demonstração de humildade consolando o jovem James Rodrigues é algo para ficar na história, sentir a dor do adversário logo após o embate mostra o caráter do camisa 04 e a coragem de falar depois da eliminação vergonhosa, soma a David Luiz hombridade, “Querer fazer uma nação que sofre tanto feliz” é um sentimento nobre e David entra pra mim num hall seleto de pessoas especiais de que valem a pena fazer menção.

Martinuccio deve ser anunciado como primeiro reforço do pacotão pós copa


20120703193339602758i

O meia atacante Argentino Alejandro Martinuccio deve ser anunciado como novo reforço do Vitória para a disputa do campeonato brasileiro, o atleta que não teve o vinculo renovado com o Cruzeiro é o primeiro de um pacotão de reforços prometidos para livrar o rubro negro da zona de rebaixamento.

Dudu Cearense, Victor Ramos e Kadu só faltam detalhes para também serem confirmados, o clube ainda deve divulgar outros quatro nomes, entre eles o goleiro Gomes ex seleção brasileira.

PRESSÃO NOS BASTIDORES

Conselheiros e sócios pressionam e estudam estatuto visando retirar Carlos Falcão da presidência e convocar novas eleições no clube.

5 ANOS DE LMP

ssd

 

 

Agradeço a cada um dos mais de 800 mil  visitantes, os mais de 5 mil seguidores e a todos que participam do dia a dia do blog Leão Minha Paixão, cobrir o Vitória só é possível com a motivação que recebo de vocês.

 

OBRIGADO.

Valmerson Santana/Leão Minha Paixão

 

[GOIÁS X VITÓRIA] Promessa de batalha épica


GOIAS X VITÓRIA

Quando o Leão e o Esmeraldino se enfrentam, não existe jogo chato, morno, sempre vemos uma partida de grande roteiro, uma verdadeira batalha campal com resultados extremamente surpreendentes. E é nesse clima que o rubro negro espera surpreender e sair com o triunfo do serra dourada, a primeira sob o comando do técnico Jorginho.

 

Por falar em Jorginho, ele fez mistério sobre a escalação, mas deve manter o mesmo time que começou empatando com o Botafogo, com exceção de Marquinhos que deixa o time, em seu lugar o garoto Willie ganha nova oportunidade de mostrar todo o seu talento e se firmar de vez no profissional do Vitória.

 

Em momentos completamente diferentes na competição, o Goiás esta firme no G-4 e vem de triunfo fora de casa, com quatro triunfos e apenas uma derrota, o time espera continuar somando pontos antes da parada da copa. Já o Vitória não vence a 3 jogos e espera quebrar o jejum e se afastar da zona de rebaixamento, zona em que chegou a entrar na ultima rodada, mas com o empate voltou a 15º colocação.

 

FICHA TÉCNICA

Goiás x Vitória

Campeonato Brasileiro – 8ª rodada

Local: Estádio Serra Dourada, em Goiânia

Data-Hora: 28/05/2014 -21h

Árbitro: Jean Pierre Gonçalves Lima (RS)

Auxiliares: Alexandre Kleiniche (RS) e Lúcio Beiersdorf Flor (RS).
Goiás: Edson; Vítor, Jackson, Felipe Macedo e Juliano; Amaral, Rodrigo, Ramon, Liniker e Tiago Real; Danilo. Técnico: Ricardo Drubscky.
Vitória: Wilson, Ayrton, Luiz Gustavo, Alemão e Danilo Tarracha; Neto Coruja, Josa e Léo Costa; Caio, Souza e Willie. Técnico: Jorginho.

LMP (2)

GUERRA NOS BASTTIDORES

Sem “ferramenta” para trabalhar, Felipe Ximenes mal chegou e pode estar de saída, o Flamengo oficializou proposta ao gerente de futebol que ainda não respondeu se aceita o convite e deixa o Vitória.

Essa falta de ferramenta(Dinheiro) liberado por Carlos Falcão esta deixando Ximenes de cabelo branco, bons jogadores chegam a ser contatados, mas a resposta final é sempre o sonoro, não temos dinheiro.

Victor Ramos e Adailton ligaram e pediram para retornar a toca e os valores afastaram os atletas da toca, conversas ainda existem, mas a maior possibilidades dos zagueiros pararem no rival de Itinga. Outro que ligou e quer voltar é Kadu, com salario mais modesto, o empecilho estaria na liberação do clube português, o jogador vai a toca nesta quinta e deve conversar sobre o retorno após a copa.

[VITÓRIA X ATLÉTICO-MG] É preciso vencer…


VITÓRIA X ATLETICO MG

Modificado o Vitória tenta voltar a triunfar no brasileiro e começar uma nova caminha em 2014. Carlos Amadeu ganhou reforços e mudou o time que terá 5 mudanças do time que enfrentou o Palmeiras, o rival Atlético vem embalado, mas também com muitos desfalques.

 

Jogando desta vez com o mando de campo no Joia da Princesa, o Vitória tenta apagar o péssimo primeiro semestre, e com isso Carlos Amadeu espera ter uma sobrevida, o treinador do sub-20 quer mostrar que tem potencial para assumir o time principal, no retorno do brasileiro ou na temporada 2015, mas a verdade é que ele sabe que o momento é esse, se falhar vai complicar uma nova chance.

LMP (2)

Opinião LMP: Gostei da escalação do Leão, a oportunidade a Léo Costa, a defesa com Gustavo e Alemão ganha consistência e Tarracha costuma apoiar, Souza tem muito mais presença de área e faro de gol do que Alan Pinheiro, mas para mim Marquinhos deveria ser sacado já que esta confirmado a não permanência do mesmo no clube. Porém entendo que com a contusão de Willian Henrique complicou para fazer as mudanças, ainda mais que Willie vem de um longo tempo de inatividade.

 

 

FICHA TÉCNICA:

Vitória x Atlético-MG

Campeonato Brasileiro – 6ª rodada

Data: 22/5/2014

Horário: 22:00

Local: Joia da Princesa, em Feira de Santana (BA)

Árbitro: Vinicius Furlan (SP)

Auxiliares: Rogerio Pablo Zanardos (SP) e Hermel Brumel Vani (SP)

 

Vitória: Wilson; Ayrton, Alemão, Luiz Gustavo e Tarracha; Neto Coruja, José Welison e Léo Costa; Marquinhos, Caio e Souza. Técnico: Carlos Amadeu

 

Atlético MG: Giovanni; Alex Silva, Edcarlos, Réver e Emerson Conceição; Pierre, Leandro Donizete e Dátolo; Marion, Fernandinho e André. Técnico: Levir Culpi

 

[BAHIA X VITÓRIA] Agora é hora de decisão!


bahia x vitória campeonato baiano 2014

O DIA 06/04 PARA O VITÓRIA

– Nessa data, em 1997, o Rubro Negro vencia o BaVi na antiga Fonte Nova por 4 a 2. Com gols maravilhosos de jogadores como: Bebeto Gama, Ueslei e Agnaldo Capacete.

Foi um BaVi eletrizante, com uma Fonte Nova praticamente lotada. Mais de 75.000 pagantes (infelizmente nunca mais teremos um publico desse em BaVi) presenciaram um jogão de bola. Eu estava lá e vibrei com mais um momento mágico do Rubro Negro, goleamos o nosso rival, nesse jogo que assim como hoje, foi o 1º jogo da Final (só que naquele ano foi final do 1º turno).

Esse foi o único BaVi realizado nessa data. Espero que hoje se repita o triunfo, de preferência de goleada (se não golearmos, tá bom também)

Ah! e amanhã completa exatos um ano do 5 a 1 qua aplicamos no Jahia, na inauguração da Arena Fonte Nova.

Veja a ficha dos 4 a 2 que enfiamos no dia 06/04/1997:

Jahia 2 x 4 Vitória (06/04/1997, Fonte Nova)
Competição: Final do 1º Turno do Baiano de 97
Gols: Edmundo e Odemílson (Bah);
Bebeto Gama, Flávio Tanajura, Úeslei e Agnaldo (Vit)
Público: 75.044
Vitória: Nílson, Russo, Flávio, Júnior Tuchê e Esquerdinha; Preto Casgrande,, Bebeto Campos, Gil Baiano (Uéslei) e Chiquinho (Emerson); Bebeto Gama (Humberto) e Agnaldo
Técnico: Arturzinho

E veja os gols:

http://www.youtube.com/watch?v=6AknaA_VNzI

HISTORICO

FICHA TÉCNICA

Bahia x Vitória 
Campeonato Baiano – 1º jogo da final
Local: Arena Fonte Nova, em Salvador
Data: 06/04/2014
Horário: 16h
Árbitro: Wilton Pereira Sampaio (FIFA-GO)
Auxiliares: Fabrício Vilarinho (FIFA-GO) e Bruno Boschilla (FIFA-PR)
Bahia: Marcelo Lomba; Diego, Demerson, Titi e Pará (Guilherme Santos); Fahel, Uelliton, Pittoni, Lincoln e Rhayner;  Anderson Talisca. Técnico: Marquinhos Santos.

Vitória: Wilson; Ayrton, Matheus Salustiano, Rodrigo Defendi e Mansur; José Welison, Cáceres, Juan e Hugo; Souza e William Henrique. Técnico: Ney Franco.

[Serrano x Vitória] A estreia rumo ao bi


VITÓRIA 5X1 SERGIPE
O Leão estreia no campeonato baiano para defender o título de campeão baiano e manter a hegemonia estadual, para isso Ney Franco vai de força máxima sem se preocupar com a fase de mata-mata da Copa do Nordeste a grande Lampions League.
O time tem o retorno de Escudero,Cáceres, Juan e Ayrton e os garotos Salustiano e Mauri estão se firmando na equipe e continuam como titulares.
FICHA TÉCNICA
SERRANO X VITÓRIA
Campeonato Baiano
Local: Estádio Roberto Pereira, em Teixeira de Freitas
Horário: 16h
Data: 09/02/2014
Árbitro: Diego Pombo (BA)
Auxiliares: Luiz Carlos Silva Teixeira (BA) e Adson Marcio Lopes Leal (BA)
Serrano: Gil; Lucas Brito, Ronan, Michel e Jadílson;Marcone, Fábio Azevedo, Fábio Gama e Narciso; Tanaka e Amaral. Técnico: Duzinho
Vitória: Wilson; Ayrton, Matheus Salustiano, Rodrigo Defendi e Juan; Luis Gustavo, Cáceres,Escudero e Mauri; Marquinhos e Dinei . Técnico: Ney Franco.
HISTORICO

Estatísticas dos Jogos Entre Vitória e Serrano

O Vitória já enfrentou o Serrando 42 vezes pelo campeonato Baiano e o Rubro Negro leva uma ampla vantagem: foram 20 triunfos do Vitória contra 12 triunfos do Serrando e 10 empates, com 63 gols feitos pelo Vitória e 38 feitos pelo Serrano. Os dois times nunca se enfrentaram no estádio Roberto Pereira em Teixeira de Freitas.

Na estatística geral, foram 44 jogos. O Vitória venceu 23 partidas, o Serrano venceu 11 e ocorreram 10 empates, com 67 gols feitos pelo Vitória e 39 feitos pelo Serrano. Os dois times já se enfrentaram pelas seguintes competições: Campeonato Baiano (42 jogos) e Amistosos (2 jogos). O último jogo entre Vitória e Serrano ocorreu no final de fevereiro de 2012 pela 1ª fase do Campeonato Baiano e o Serrano venceu por 1 a 0, no Estádio Lomanto Junior em Vitória da Conquista.

 

JOGOS ENTRE VITÓRIA E SERRANO

Nº 01: Serrano 2 x 1 Vitória (05/07/1981, Lomanto Junior)

Competição: 2ª Fase do 1º Turno do Campeonato Baiano de 81

Gols: Palhinha e Cavalinho (Ser); Escurinho (Vit)

Público: 8.715

Nº 02: Vitória 0 x 0 Serrano (18/10/1981, Fonte Nova)

Competição: 2ª Fase do 2º Turno do Campeonato Baiano de 81

Público: 14.075

Nº 03: Vitória 1 x 0 Serrano (15/11/1981, Fonte Nova)

Competição: Triangular Final do 2º Turno do Baiano de 81

Gol: Jorge Fraga

Público: 23.338

Nº 04: Vitória 4 x 2 Serrano (15/08/1982, Fonte Nova)

Competição: 2ª Fase do 2º Turno do Baiano de 82

Gols: Zé Augusto (3) e Wescley (Vit); Barbosinha (2) (Ser)

Público: 8.957

Nº 05: Serrano 1 x 0 Vitória (01/09/1982, Lomanto Junior)

Competição: 2ª Fase do 2º Turno do Baiano de 82

Gol: Orlando

Público: 6.321

Nº 06: Vitória 2 x 1 Serrano (09/09/1982, Fonte Nova)

Competição: Quadrangular Final do 2º Turno do Baiano de 82

Gols: Wescley e Laerte (Vit); Cavalinho (Ser)

Público: 19.457

Nº 07: Vitória 3 x 2 Serrano (13/10/1982, Fonte Nova)

Competição: 2ª Fase do 3º Turno do Baiano de 82

Gols: Carlinhos Procópio, Katinha e Wescley (Vit);

Orlando e Luís Cláudio (Ser)

Público: 13.641

Nº 08: Serrano 2 x 1 Vitória (30/10/1982, Lomanto Junior)

Competição: 2ª Fase do 3º Turno do Baiano de 82

Gols: Barbosinha e Diva (Ser); Laerte (Vit)

Público: 5.472

Nº 09: Serrano 1 x 2 Vitória (10/04/1983, Lomanto Junior)

Competição: Amistoso

          Gols: Jaime (Ser); Valmar e Esquerdinha (Vit)

Público: 1.519

Nº 10: Serrano 2 x 2 Vitória (08/05/1983, Lomanto Junior)

Competição: 1º Turno do Campeonato Baiano de 83

          Gols: Claudir e Jaime (Ser); Esquerdinha e Zé Augusto (Vit)

Público: 3.946


Nº 11: Vitória 0 x 0 Serrano (27/07/1983, Fonte Nova)

Competição: Quartas de Final do 2º Turno do Baiano de 83

Público: 15.430

Nº 12: Serrano 1 x 0 Vitória (31/07/1983, Lomanto Junior)

           Competição: Quartas de Final do 2º Turno do Baiano de 83

Gol: Diva, na Prorrogação

Público: 9.952

Nº 13: Vitória 2 x 0 Serrano (21/08/1983, Fonte Nova)

Competição: 3º Turno do Campeonato  Baiano de 83

          Gols: Anílton e Zé Eduardo

Público: 5.369.

Nº 14: Serrano 1 x 0 Vitória (24/06/1984, Lomanto Junior)

Competição: 1º Turno do Campeonato Baiano de 84

          Gol: Cesinha

Público: 4.398

Nº 15: Vitória 1 x 1 Serrano (12/09/1984, Fonte Nova)

Competição: 2º Turno do Campeonato Baiano de 84

          Gols: Jair Feitosa (Vit) e Kel (Ser)

Público: 5.623

Nº 16: Serrano 1 x 0 Vitória (04/11/1984, Lomanto Junior)

Competição: 3º Turno do Campeonato Baiano de 84

          Gol: Orlando

Público: 6.763

Nº17: Serrano 1 x 1 Vitória (21/08/1985, Lomanto Junior)

Competição: 1ª Fase do 1º Turno do Campeonato Baiano de 85

          Gols: Edelvan (Ser) e Ivan (Vit)

Público: 4.875

Nº 18: Vitória 5 x 1 Serrano (15/09/1985, Fonte Nova)

Competição: 2ª Fase do 1º Turno do Campeonato Baiano de 85

          Gols: Ricky (4) e Bigu (Vit); Tidão (Ser)

Público: 9.760

Nº 19: Serrano 1 x 3 Vitória (11/12/1985, Lomanto Junior)

Competição: Quadrangular Final do Campeonato Baiano de 85

          Gols: Nei (Ser); Ivan, Heider e Lulinha (Vit)

Público: 9.639

Nº 20: Vitória 4 x 1 Serrano (18/12/1985, Fonte Nova)

Competição: Quadrangular Final do Campeonato Baiano de 85

Gols: Ricky (2) e Heider (2) (Vit); Cavalinho (Ser)

Público: 19.478

Nº 21: Vitória 1 x 0 Serrano (25/02/1986, Fonte Nova)

Competição: 1ª Fase do 1º Turno do Campeonato Baiano de 86

          Gol: Ricky

Público: 2.872

Nº 22: Serrano 2 x 1 Vitória (09/03/1986, Lomanto Junior)

Competição: 1ª Fase do 1º Turno do Campeonato Baiano de 86

          Gols: Tidão e Rubens (Ser); Hêider (Vit)

Público: 7.615

Nº 23: Vitória 2 x 0 Serrano (07/08/1986, Fonte Nova)

Competição: Amistoso

           Gols: Lula e Adilson Heleno

Público: 2.095

Nº 24: Vitória 2 x 1 Serrano (05/04/1987, Fonte Nova)

Competição: 1º Turno do Campeonato Baiano de 87

          Gols: Cardim e Julinho (Vit); Tidão (Ser)

Público: 6.523


Nº 25: Serrano 1 x 1 Vitória (19/07/1987, Lomanto Junior)

Competição: 2º Turno do Campeonato Baiano de 87

          Gols: Fernando (Vit) e Edelvan (Ser)

Público: 7.962

Nº 26: Serrano 3 x 1 Vitória (29/07/1987, Lomanto Junior)

Competição: Quadrangular Final do 2º Turno do Baiano de 87

          Gols: Edelvan, Tidão e Rubens (Ser); Beijoca (Vit)

Público: 9.852

Nº 27: Vitória 2 x 0 Serrano (09/08/1987, Fonte Nova)

Competição: Quadrangular Final do 2º Turno Baiano de 87

Gols: Edu Lima e Lula

Público: 9.698

Nº 28: Vitória 1 x 1 Serrano (02/03/1988, Fonte Nova)

Competição: 1ª Fase do1º Turno do Campeonato Baiano de 88

Gols: Santos (Vit) e Valmar (Ser)

Público: 3.759


Nº 29: Vitória 1 x 0 Serrano (20/03/1988, Fonte Nova)

Competição: Quadrangular Final da 1ª Fase do 1º Turno do Baiano de 88

Gol: Jair

Público: 7.752

Nº 30: Serrano 1 x 0 Vitória (26/06/1988, Lomanto Junior)

Competição: 2ª Fase do 2º Turno do Campeonato  Baiano de 87

          Gol: Polozzi

Público: 8.063

Nº 31: Vitória 0 x 1 Serrano (07/07/1988, Fonte Nova)

Competição: Quadrangular Final da 2ª Fase do 2º Turno do Baiano de 88

Gol: Edelvan

Público: 8.496

Nº 32: Serrano 0 x 1 Vitória (26/03/1989, Lomanto Junior)

Competição: 1º Turno do Campeonato Baiano de 89

          Gol: Ronaldo Silva

Público: 5.639

Nº 33: Vitória 0 x 1 Serrano (25/05/1989, Fonte Nova)

Competição: Quadrangular Final do 2º Turno do Baiano de 89

Gol: Bernardo

Público: 11.623

Nº 34: Vitória 2 x 0 Serrano (11/07/1989, Fonte Nova)

Competição: 3º Turno do Campeonato Baiano de 89

Gols: Rosinaldo e Beto

Público: 6.720


Nº 35: Vitória 1 x 1 Serrano (18/02/1990, Fonte Nova)

Competição: 1º Turno do Campeonato Baiano de 90

Gols: Roberto Gaúcho (Vit) e Junior (Ser)

Público: 5.210


Nº 36: Serrano 0 x 2 Vitória (10/07/1991, Lomanto Junior)

Competição: 1º Turno do Campeonato Baiano de 91

          Gols: Roberto Gaúcho e Wilton

Público: 5.367

Nº 37: Vitória 4 x 0 Serrano (15/09/1991, Barradão)

Competição: 3º Turno do Campeonato Baiano de 91

Gols: Wagner, Badu, Marques (contra) e André Carpes

Público: 4.287

 

 

Nº 38: Serrano 0 x 0 Vitória (10/03/1993, Lomanto Junior)

Competição: 1º Turno do Campeonato Baiano de 93

Público: 3.781

 

Nº 39: Vitória 4 x 1 Serrano (20/03/1993, Barradão)

Competição: Quadrangular Final do 1º Turno do Baiano de 93

Gols: Arturzinho (2),Dão e Zé Roberto (Vit); Tarciso (Ser)

Público: 6.346

 

 

Nº 40: Vitória 1 x 1 Serrano (28/04/1993, Fonte Nova)

Competição: 3º Turno do Campeonato Baiano de 93

Gols: Rodrigo (Vit) e Tarciso (Ser)

Público: 5.398

Nº 41: Vitória 2 x 1 Serrano (23/03/2011, Barradão)

Competição: 2ª Fase do Campeonato Baiano de 2011

Gols: Nikão e Úelinton (Vit); Carlos Junior (Ser)

Público: 5.108

 Nº 42: Serrano 2 x 3 Vitória (09/04/2011, Lomanto Junior)

Competição: 2ª Fase do Campeonato Baiano de 2011

Gols: Elkeson, Nikão e Geovanni (Vit); Renilton  e Carlos Júnior (Ser).

Público: 4.911

Nº 43: Vitória 3 x 0 Serrano (26/02/2012, Barradão)            Competição: 1ª Fase do Campeonato Baiano de 2012

Gols: Marquinhos (2) e Michel

Público: 4.731

Nº 44: Serrano 1 x 0 Vitória (29/02/2012, Lomanto Junior)

Competição: 1ª Fase do Campeonato Baiano de 2012

Gols: Gabriel Paulista (contra).

Público: 377

 RESUMO ESTATISTICO

Maior Goleada do Vitória: Vitória 5 x 1 Serrano, no Campeonato Baiano de 1985

Maior Goleada do Serrano: Não Houve

Maior Goleador dos Confrontos: Rick (Vit) 7 gols

Placar mais Repetido1 a 0, ocorreram em 12 jogos

Média de gols por jogo: 2,4 gols por partida (foram 106 gols em 44 jogos)

Maior público pagante: 23.338 pagantes no jogo Vitória 1 x 0 Serrano pelo Campeonato Baiano de 1981, na Fonte Nova

Menor Público pagante: 377 pagantes no jogo Serrano 1 x 0 Vitória, último confronto entre ambos, pelo Baianão de 2012

Média de Público: 7.702 pagantes por jogo

Partida com Maior Número de Gols:  6 Gols, nos jogos:  Vitória 4 x 2 Serrano, pelo Campeonato Baiano de 1982 e  Vitória 5 x 1 Serrano, pelo campeonato Baiano de 85

Maior seqüência invicta do Vitória sobre o Serrano: 10 jogos, desde 11/07/1989 (sete triunfos e três empa

Maior seqüência invicta do Serrano sobre o Vitória: 4 jogos, de 24/06/1984 a 21/08/1985 (dois triunfos e dois empates)

Curiosidades de Vitória x Serrano:

 – Até em dia de São João, Vitória e Serrano já se confrontaram, foi no dia 24 de junho de 1984, os dois times se enfrentaram pelo 1º turno do campeonato Baiano e o time de Conquista venceu por 1 a 0. Imagine o frio que estava fazendo naquele dia em Conquista.

– O Serrano foi o 1º adversário do Vitória no Barradão (em campeonato oficial). O jogo foi em 1991 e o Rubro Negro venceu por 4 a 0. Esse também foi o 1º jogo no Barradão pelo campeonato Baiano.

-Um das partidas mais emocionantes na história dos confrontos entre os dois times, foi realizada em 1983, pelas quartas de finais do 2º turno do campeonato Baiano daquele ano, na partida de ida , ocorreu um empate na Fonte Nova por 0 a 0, na partida de volta outro empate de 0 a 0, as duas equipes então, foram para a prorrogação de 30 minutos, e no tempo extra o atacante Diva do Serrano acabou marcando o gol da classificando do time Conquistense para as semifinais do turno (onde ele acabou não conseguindo passar pela Catuense).

– Serrano e Vitória levaram 18 anos sem se enfrentarem, o jejum durou de abril de 1993 até março de 2011

– O Serrano sempre foi um adversário difícil para o Vitória em campeonatos Baianos jogando em Conquista. O Rubro Negro não tem vantagem sobre o Serrano lá em Vitória da Conquista, no estádio Lomanto Junior o Serrano venceu mais da metade dos 18 jogos realizados e o Vitória só venceu cinco

Por: Professor Marcelo Monteiro

Leão terá novo Fornecedor de Material Esportivo


pumaO Esporte Clube Vitória informa que decidiu hoje, de forma consensual, a rescisão administrativa do seu contrato de fornecimento de material esportivo com a Cambuci S/A, detentora da marca Penalty.
Segundo o acordo, a parceria permanecerá até o dia 10 de maio de 2014.
“A Penalty foi uma ótima parceira nesses anos e cumpriu tudo que foi contratualmente estabelecido com o Vitória”, afirmou o Presidente Carlos Falcão.
Puma é o nome forte para assumir o clube e lançar as camisas no 13 de Maio no aniversário de 115 anos do clube, a diretoria ainda não confirmou.

[Vitória x Confiança] Leão quer vencer e antecipar a classificação


VITÓRIA X CONFIANÇA

O Leão volta a campo no Pituaçu buscando a classificação para segunda fase do nordestão e enfrenta novamente o Confiança, clube que venceu por 2×0 lá em Sergipe com os meninos da base, mas desta vez o time de Ney Franco vai praticamente com força máxima, a única ausência é de Marquinhos que foi vetado pelo Departamento Médico, porém o time conta com o retorno de Telmário, sim ele mesmo, o homem do gol 1000.

 

Ney Franco começa a ter condições de montar um time tão competitivo com o do brasileiro, as chegadas dos zagueiros a recuperação de Dinei e a boa notícia do retorno aos treinos de André Lima, somado com o bom desempenho dos garotos da base, deixam o treinador e o torcedor animado e por isso esperamos ver um rubro negro ainda mais forte no jogo de logo mais.

 

Ney ainda tem algumas duvidas na montagem do time a principal é se ele vai num esquema com três atacantes com Willie, Alan Pinheiro e Dinei ou se tira Pinheiro para entrada de um meia que pode ser Arthur Maia, Euller ou Mauri

 

 

FICHA TÉCNICA

VITÓRIA X CONFIANÇA-SE

Copa do Nordeste  – 5ª rodada

Local: Pituaçu, em Salvador

Horário: 16h

Data: 01/02/2014

Árbitro: Gleydson Ferreira Leite (PE)

Auxiliares: Ricardo Bezerra Chianca (PE) e Elan Vieira de Souza (PE)

 

Confiança-SE: Beto; Valdo, Bira, Vinicius, Wallace; Pedrinho, Josivan, Raulino, Everton; Kível e Bibi. Técnico – Givanildo Sales.
Vitória:  Wilson; Ayrton, Dão (Rodrigo Defendi), Matheus Salustiano e Juan; José Wellison (Mauri), Cáceres e Escudero; Willie, Alan Pinheiro e Dinei. Técnico – Ney Franco

 

PS: Galera estou com pouco tempo para produzir textos mais elaborados esses dias, muito trabalho já com os preparativos para o Carnaval e Copa do Mundo, como os mais antigos do blog sabem, sou guarda municipal e essa  tem sido uma época de intenso treinamento e especialização, estou produzindo um texto sobre a possibilidade da Arena Barradão com a TWA e muito mais. Abraços e SRN

[Vitória x América-RN] Leão estreia na Copa do Nordeste e mira o hexa


VITÓRIA X AMÉRICA-RN

Com a base do time que encantou o Brasil pelo futebol ofensivo e envolvente que ter minou o brasileiro na quinta colocação, o Vitória vai em busca do hexa campeonato largando contra o também campeão da competição, América de Natal.

O time de Ney Franco vem forte e no jogo treino goleou o até então líder do campeonato baiano, Jacuipense por 5×0. A expectativa é de um bom publico no Barradão apesar do horário de 19:00 horas que é incomum para o domingo. E por falar na nossa casa, esse será o jogo de despedida do estádio que entrará em reforma para alcançar o padrão FIFA de centro de treinamento de seleção para copa do mundo, o rubro negro deve mandar seus jogos no Pituaçu por todo o primeiro semestre.

Ney ainda tem duvida no time titular,Tarracha, Willie e Alan Pinheiro brigam com Mansur, Willian Henrique e Pedro Oldoni .

nordestão

Estatísticas dos Jogos Entre Vitória e América – RN

Vitória e América-RN se enfrentaram 11 vezes pela Copa do Nordeste. Foram  oito triunfos do Vitória, dois triunfos do América-RN e um empate. Nos jogos disputados no Barradão, o Rubro Negro leva vantagem, pois venceu seis jogos e ocorreram três empates, em nove jogos realizados (sendo seis jogos pela Copa do Nordeste, dois jogos pelo Brasileirão e um jogo pela Série B). Lembrando que nos últimos dois confrontos no Barradão, o Vitória não venceu o América – RN (foram dois empates)

Na estatística geral, foram 21 jogos entre Vitória e América-RN e a vantagem é do Rubro Negro, o Vitória venceu 12 jogos, o América-RN venceu três e houve seis empates, com 43 gols feitos pelo Vitória e 23 feitos pelo América-RN, os dois times já se enfrentaram pelas seguintes competições: Brasileirão (seis jogos), Série B (dois jogos), Copa do Nordeste (11 jogos) e Torneios (dois jogos). Vale lembrar que o Rubro Negro não perde para o América-RN há quase 14 anos (ou nove jogos).

NORDESTE

 JOGOS ENTRE VITÓRIA E AMÉRICA-RN

Nº 01: América – RN 1 x 1 Vitória (24/10/1973, Castelo Branco)

Competição: 1ª Fase do Brasileiro de 73

Gols: João Daniel (Ame) e André Catimba (Vit)

Público: 7.394

          Vitória:  Agnaldo, França, Valter, Dutra e Jorge Valença; Mário Sérgio,

Davi e Deco; André Catimba, Didi (Luciano) e Osni

Técnico: Carlos Castilho

Nº 02: América – RN 0 x 1 Vitória (02/12/1973, Castelo Branco)

Competição: 1ª Fase do Brasileiro de 73

Gol: André Catimba

Público: 9.207

          Vitória:  Agnaldo, Roberto, Valter, Dutra e França; Mário Sérgio,

Davi, Fernando (Gibira) e Deco; André Catimba e Osni (Titi)

          Técnico: Carlos Castilho

Nº 03: Vitória 1 x 1 América – RN (06/04/1974, Fonte Nova)

Competição: 1ª Fase do Brasileiro de 74

 Gols: André Catimba (Vit) e Garcia (Ame)

 Público: 9.645

         Vitória: Joel Mendes, Roberto, Valter, Dutra e França; Mário Sérgio,

Luciano (Roberto Menezes) e Didi (Natal); André Catimba, Davi e Osni.

Técnico: Carlos Castilho

Nº 04: América – RN 1 x 0 Vitória (14/11/1976, Castelo Branco)

Competição: Torneio José Américo de Almeida Filho

Gol: Santa Cruz

Público: 7.796

          Vitória: Williams, Jurandir, Joãozinho, Valter e Teixeira; Paulo Roberto,

          Léo Oliveira e Silvinho; Zé Júlio, Geraldão e Fischer (Ferreti).

         Técnico: Denílson

Nº 05: América – RN 0 x 3 Vitória (18/12/1976, Castelo Branco)

Competição: FINAL do Torneio José Américo de Almeida Filho

Gols: Zé Júlio (2) e Geraldão

Público: 6.860

          Vitória: Williams, Jurandir, Joãozinho, Valter e Teixeira; Paulo Roberto,

          Léo Oliveira e Valdo; Zé Júlio, Geraldão (Joel Leão), Ferreti (Leninho).

Técnico: Denílson

         OBS; Vitória: Campeão do Torneio José Américo de Almeida Filho.

Nº 06: Vitória 8 x 1 América – RN (23/03/1980, Fonte Nova)

Competição: 1ª Fase do Brasileiro de 80

Gols: Sena (3), Válder (2), Pita, Sivaldo e Tatá (Vit); Tarso (Ame)

 Público: 11.111

         Vitória: Gelson, Válder, Zé Preta, Otávio Souto, Xaxá e Luciano;

Sena e Pita (Zé Júlio); Tatá, Zé Mário (Dendê) e Sivaldo

Técnico: Orlando Peçanha

Nº 07: Vitória 1 x 1 América – RN (01/10/1997, Barradão)

Competição: 1ª Fase do Brasileiro de 97

Gols: Kléber

 Público: 9.886

         Vitória: Zé Carlos, Russo, Flávio Tanajura (Emerson), Marcone e Rubem;

Preto Casagrande (Kléber), Bebeto Campos, Luiz Gustavo (Gil Baiano) e Uéslei;

Saulo e Túlio Maravilha

Técnico: Evaristo de Macedo

Nº 08: Vitória 2 x 1 América – RN (20/05/1998, Barradão)

Competição: 1º jogo da FINAL da Copa do Nordeste de 1998

Gols: Evando e Flávio Tanajura (Vit); Leonardo (Ame)

 Público: 3.631

         Vitória: Sérgio, Paulo Cezar (Donizete Amorim),Flávio Tanajura, Fábio

Bilica; (Alex Mineiro) e Esquerdinha; Preto Casagrande, Donizete Oliveira

e Kléber (Elvis); Alex Mineiro (Renato Nascimento) Evando e Petkovic

Técnico: Hélio dos Anjos

Nº 09: América – RN 3 x 1 Vitória (04/06/1998, Machadão)

Competição: 2º jogo da FINAL da Copa do Nordeste de 1998

Gols: Biro-Biro, Paulinho Kobayashi e Carioca (Ame). Flávio Tanajura (Vit).

Público: N.D.

          Vitória: Sérgio, Paulo César (Donizete Amorim), Flávio Tanajura, Fábio Bilica

         e Esquerdinha; Donizete Oliveira, Preto Casagrande, Fernando (Evando) e

         Kléber (Alex Mineiro); Agnaldo e Petkovic.

         Técnico: Hélio dos Anjos

         OBS; América-RN: Campeão da Copa do Nordeste de 1998.

Nº 10: Vitória 3 x 0 América – RN (16/09/1998, Barradão)

Competição: 1ª Fase do Brasileiro de 98

Gols: Agnaldo, Petkovic e Esquerdinha

Público: 5.609

         Vitória: Sérgio, Paulo César, Flávio Tanajura, Elóy e Esquerdinha;

         Matuzalém, Donizete Amorim (Alex Mineiro), Donizete Oliveira e

         Petkovic (Moisés); Agnaldo (Hernandez) e Elivelton.

         Técnico: Geninho

Nº 11: Vitória 3 x 1 América – RN (13/02/2000, Barradão)

Competição: Quartas de Final da Copa do Nordeste de 2000

Gols: Manoel, Edmilson e Fernando (Vit); Ciro (Amé).

Público: 2.089

         Vitória: Fábio Costa, Moura (Wilson), Flávio Tanajura, Moisés e

         Paulo Rodrigues; Tácio, Fernandinho, Leandrinho e Allan Delon;

         Edmílson (Cláudio) e Manoel

Técnico: Marco Aurélio

Nº 12: América – RN 1 x 0 Vitória (16/02/2000, Machadão).

Competição: Quartas de Final da Copa do Nordeste de 2000

Gol: Paloma

Público: 6.959

          Vitória: Fábio Costa; Flávio Tanajura, Moisés e Eloy (Pedro Paulo);

         Moura, Tácio, Fernando, Fernandinho e Leandrinho; Edmílson

         (Marcelo Paulista) e Manoel (Alecsandro).

        Técnico: Marco Aurélio.

Nº 13: América – RN 1 x 3 Vitória (07/02/2001, Machadão)

Competição: 1ª Fase da Copa do Nordeste de 2001

Gols: Zé Ivaldo (Ame), Alan Delon (2) e Vítor (Vit).

Público: 2.114

          Vitória: Jean; Moisés, Rodney e Marcone; Marcel (Moura), Tácio,

         Xavier, Dudu (Artur) e Leandrinho; Allan Delon e Flávio (Vítor).

         Técnico: Mário Sérgio.

Nº 14: Vitória 3 x 2 América – RN (02/02/2002, Barradão)

Competição: 1ª Fase da Copa do Nordeste de 2002

Gols: André, Robson Luis e Fernando (Vit);

Rui Barbosa e Val Araguaia (Ame)

Público: 4.287

         Vitória: Jean, Maurício, Índio, Marcos e Paulo Rodrigues; Xavier, Fernando;

          Leandrinho e Samir (Sand); André (Robson Luís) e Aristizábal (Dejair).

Técnico: Arturzinho

Nº 15: América – RN 0 x 1 Vitória (28/02/2003, Machadão)

Competição: Semifinal da Copa do Nordeste de 2003

Gol: Alecsandro

Público: 3.458

          Vitória: Paulo Musse, Moura, Aderaldo (Samir), Marcelo Heleno e Almir;

          Xavier, Dudu (Leandro Domingues), Vander (Nadson) e Allan Delon;

          Alecsandro e Zé Roberto

         Técnico: Joel Santana

Nº 16: Vitória 3 x 2 América – RN (07/03/2003, Barradão)

Competição: Semifinal da Copa do Nordeste de 2003

          Gols: Dionísio e Nadson (2) (Vit); Elissandro (2) (Ame)

Público: 1.115

         Vitória: Juninho, Marcel (Alessandro Azevedo), Adaílton, Anselmo e

         Dudu Paraíba; Arivélton, Dionísio, Leandro Domingues (Kléber) e Samir;

         Nádson e Jeferson (Vítor)

Técnico: Joel Santana

Nº 17: Vitória 2 x 1 América – RN (10/07/2010, Barradão)

Competição: 1ª Fase da Copa do Nordeste de 2010

          Gols: Renato Ribeiro e Wallace (Vit); Dick (Ame)

Público: 2.246

         Vitória: Viáfara, Rafael Cruz, Wallace, Anderson Martins e Egidio;

         Vanderson, Ricardo Conceição, Bida (Renato Ribeiro) e Ramon

         Menezes (Schwenck); Elkeson (Soares) e Júnior.

         Técnico: Ricardo Silva.

Nº 18: Vitória 2 x 2 América – RN (05/06/2012, Barradão)

Competição: 1º Turno da Série B de 2012

Gols: Dinei e Neto Baiano (Vit); Pingo e Cleber (Ame).

Público: 7.949

         Vitória: Douglas, Gabriel Paulista (Léo), Victor Ramos, Rodrigo e Mansur;

         Michel, Rodrigo Mancha, Eduardo Ramos (Dinei) e Tartá;

         Marquinhos e Neto Baiano

        Técnico: Paulo César Carpegiani.

Nº 19: América – RN 2 x 2 Vitória (01/09/2012, Nazarenão, em Goianinha/RN)

Competição: 2º Turno da Série B de 2012

Gols: Lúcio Curió e Cleber (Amé); Victor Ramos e Willie (Vit)

Público: 1.702

         Vitória: Deola, Léo (Tartá), Victor Ramos, Gabriel Paulista e Gilson;

         Uelliton (Rodrigo), Michel, Pedro Ken e Willie (Fernando Bob); Élton

         e William.

        Técnico: Paulo César Carpegiani.

Nº 20: América – RN 1 x 2 Vitória (20/01/2012, Nazarenão, em Goianinha/RN)

Competição: 1ª Fase da Copa do Nordeste de 2013

Gols: Fabinho (Amé); Marquinhos e Marcelo Nicácio (Vit).

Público: 2.118

         Vitória: Deola; Léo (Dimas), Gabriel Paulista, David Braz e Fabrício

        (Renié); Rodrigo Mancha, Michel, Mineiro e Arthur Maia

        (Lúcio Maranhão); Marquinhos e Marcelo Nicácio.

        Técnico: Caio Júnior.

Nº 21: Vitória 1 x 1 América – RN (06/02/2013, Barradão)

Competição: 1ª Fase da Copa do Nordeste de 2013

Gols: Marcelo Nicácio (Vit); Pingo e Cleber (Ame).

Público: 3.304

         Vitória: Douglas; Marcos, Gabriel Paulista, David Braz e Mansur;

         Luís Alberto, Fernando Bob (Gabriel Soares), Mineiro (Vander) e

         Marquinhos (Dinei); Alan Pinheiro e Marcelo Nicácio

         Técnico: Caio Junior.

RESUMO ESTATISTICO

 

 

Maior Goleada do Vitória: Vitória 8 x 1 América-RN,  pela 1ª fase do Brasileirão de 1980, na Fonte Nova.

Maior Goleada do América-RN: Não Houve

Maiores Goleadores dos Confrontos: André Catimba e Sena (Vit) com 03 gols, cada

Maior Público: 11.111 pagantes, no jogo Vitória 8 x 1 América-RN , pela 1ª fase do Brasileirão de 1980, na Fonte Nova.

Menor Público: 1.115 pagantes, no jogo Vitória 3 x 2 América-RN , pelas semifinais da Copa do Nordeste de 2003, no Barradão.

 

 

Média de Público dos Confrontos: 5.550 pagantes por jogo

Jogador doVitória, que  disputou mais partidas contra o América-RN: Flávio Tanajura, com  06 jogos

Técnico do Vitória, que disputou mais partidas contra o América-RN: Carlos Castilho (Década de 70), com 03 jogos.

Partida com Maior Número de Gols: 09 Gols, no jogo: Vitória 8 x 1 América-RN , pela 1ª fase do Brasileirão de 1980, na Fonte Nova.

Placar mais Repetido: 1 a 0 e 1 a 1, ocorreram em quatro jogos, cada

Média de gols por jogo: 3,1 gols por partida (66 gols em 21 jogos)

Maior seqüência invicta do Vitória sobre o América-RN: 09 jogos, desde o dia 07/02/2001 (seis triunfos e três empates)

 

 

Maior seqüência invicta do América-RN sobre o Vitória: 02 jogos, de: 06/04/1974 a 14/11/1976 (um triunfo e um empate)

Curiosidades de Vitória x América-RN:

– A maior goleada da história do Vitória em Brasileirões foi numa partida contra o América-RN, pelo campeonato Brasileiro de 1980, o Vitória goleou pelo incrível placar de 8 a 1, com três gols do atacante  Sena. O jogo foi na Fonte Nova e sabem quem era um dos zagueiros do América-RN naquele jogo? Joel Santana, ele mesmo, o home da prancheta, como zagueiro não impediu que os atacantes do Rubro Negro fizessem a festa na defesa do América.

– Vitória e América-RN já se enfrentaram em duas decisões: A primeira foi pelo Torneio José Américo de Almeida Filho de 1976, esse torneio reunia as 11 principais equipes do Nordeste e mais o Volta Redonda do Rio de Janeiro, o Rubro Negro tinha perdido o jogo da 1ª fase para o América, mas na Final o Vitória se vingou e enfiou 3 a 0, tornando-se campeão do Torneio (alguns pesquisadores, jornalistas e torcedores consideram esse Torneio de 76 como campeonato do Nordeste,eu particularmente não considero, pois tinha um time do Rio de Janeiro na disputa, além de que, oficialmente o Torneio não foi considerado como Campeonato do Nordeste). A 2ª decisão ocorreu 22 anos depois, em 1998, agora sim pela Copa do Nordeste o América se tornou campeão ao vencer o jogo de volta da final, lá em Natal, por 3 a 1. Embora o Rubro Negro tenha vencido o 1º jogo por 2 a 1no Barradão, o América deu o troco lá em Natal aplicando 3 a 1, conquistando o título pelo saldo de gols. Muitos afirmam que aquele título foi uma vingança do técnico Arturzinho do América-RN que no ano anterior tinha sido relegado pelo Vitória, mesmo de tornando campeão.

– A média de gols dos confrontos entre Vitória e América-RN é altíssima, são 3,1 gols por partida (66 gols em 21 jogos), tivemos no mínimo três gols em 13 desses 21 jogos, ou seja: em 62% dos jogos o público presenciou no mínimo três gols em cada partida.

– Um jogo sensacional, ocorreu entre Vitória e América-RN pelas semifinais (jogo de volta) da Copa do Nordeste de 2003, no Barradão (uma sexta á noite). O Vitória abriu o placar aos 11 minutos do 1º tempo com Dionísio. O América empatou aos 13 do segundo tempo com Elissandro, vinte minutos depois o time de Natal virou o jogo em 2 a 1, mais uma vez com Elisandro, o Vitória só foi empatar e aliviar a sua torcida, aos

37 minutos com Nádson que dominou as bola de costa e meteu uma bicicleta, fazendo um dos gols mais bonitos da história do Barradão. Já nos descontos, aos 48 minutos do 2º tempo, Nádson aproveitou um lançamento em profundidade e sozinho na área deu o “drible da vaca” no goleiro e completou para o fundo do gol, deixando a torcida eufórica, comemorando a ida do time para a grande final do Nordestão daquele ano.

Por

Professor Marcelo Monteiro

marcelo monteiro

PS: Toda a parte de estatísticas envolvendo Vitória X América-RN foi feita pelo professor  Marcelo Monteiro o novo reforço do blog Leão Minha Paixão!

Começa a Lampions League (Copa do Nordeste)!


copa

A Copa do Nordeste começa hoje e trás com ela uma grande expectativa  de crescimento do futebol da região, com premiação de R$ 3 milhões para o campeão e vaga na sul-americana, a competição é impulsionada por muita rivalidade e grandes clássicos.

O Vitória é o maior vencedor da competição, penta campeão, o rubro negro irá em busca do hexa, para isso duelará com o rival Bahia e com o Sport times da primeira divisão o posto de principal equipe do nordeste, Santa Cruz, Náutico e Ceará também desejam a taça, já os outros 10 clubes sem como zebras, mas não podemos esquecer que em 2013 deu Campinense como Campeão.

A competição será transmitida pelo Esporte Interativo e terá cobertura online.

JOGOS DA 1ª RODADA

NORDESTE

TABELA DE CLASSIFICAÇÃO

cpn2014