[ AMÉRICA-RN 0X0 VITÓRIA] Leão nao sai do zero, mas esta classificado para enfrentar o Ceará


AMÉRICA-RN X VITÓRIA

Sem grandes aspirações no jogo por já estar com a classificação garantida, eis que Ney Franco resolveu testar alguns jogadores e um novo esquema tático, com isso faltou entrosamento e por isso o Leão não venceu e garantiu a primeira colocação, o time enfrentará o Ceará nas quartas de finais sendo o primeiro jogo em Pituaçu e o segundo em Fortaleza.

O time não apresentou um bom futebol, mas o conjunto até que foi bem, destaque individual para Mauri, o jogador segurou como volante e como meia sofreu uma bela penalidade desperdiçada por Dinei, no mais o jogo foi bem tranquilo sem grandes chances para ambas as equipes.

MARCA IMPORTANTE, LMP AGORA É 1000

POST

O blog chegou a sua milésima postagem e não escondo a satisfação dessa bela marca, agradeço mais uma vez a vocês leitores e colaboradores desse blog, grato pela paciência de vocês com os meus textos e explanações, você merecem um prêmio por tal feito.

FICHA TÉCNICA

AMÉRICA-RN 0X 0 VITÓRIA
Copa do Nordeste  – 6ª rodada
Local: Arena das Dunas, em Natal (RN)
Horário: 21h15
Data: 05/02/2014
Árbitro: Renan Roberto de Souza (PB)
Auxiliares: Kilden Tadeu Morais (PB) e Anderson Silveira Ribeiro
Cartões amarelo: Márcio Passos (América-RN); Neto Coruja e Wilson (Vitória).
América-RN: Andrey; Raí, Edson Rocha, Cleber, Adalberto, Walber; Fabinho, Márcio Passos, Rubinho, Adriano Pardal e Isac.  Técnico:  Leandro Sena.
Vitória: Wilson (Gustavo); Nino Paraíba, Rodrigo Defendi, Jonathan Ferrari , Luiz Gustavo e Mansur; José Wellison, Mauri (Adaílton) e Leílson (Neto Coruja); Marquinhos e Dinei.  Técnico: Ney Franco.

Wilson: Muito seguro com saídas arrojadas 7.5

Nino: Voltou bem, fazendo sombra a Ayrton e acertando os seus lançamentos, ótima peça de reposição 7.0

Defendi: No sistema com 3 homens conseguiu sair bem, mas ainda não passa confiança 6.5

Ferrari: Quebra tudo hehehhe, não tem lero lero com ele, ou a bola ou o cara, mas ainda esta sem ritmo 7.0

Luiz Gustavo: Bem com zagueiro, cresceu como volante, é um ótimo coringa do time 7.5

Mansur: Um bom primeiro tempo, bela bola na trave e no segundo tempo sumiu 6.0

Welisson: Segurou a onda como primeiro homem, conhece o jogo, mas não apoiou muito hoje por causa do esquema 6.5

Mauri: Como volante estava muito distante, como foi para meia ele criou boas oportunidades e sofreu uma penalidade 8.0

Leílson: Mais uma contusão e nada de sequência, o moleque esta zicado. 3.0

Marquinhos: Não apareceu em campo, foi mal demais na partida 4.0

Dinei: O que é isso Telmario? Penalidade perdida e nada daquele faro de gol de 2013, precisa melhorar 3.0

Gustavo: Entrou e fez belas defesas, muito seguro, fez sua parte para garantir o resultado 7.0

Neto Coruja: Entrou e organizou o meio, depois disso acabaram os sustos. 8.0

Adailton: Muita correria e pouca mente, 5.0

Ney Franco: Para mim errou ao entrar com 3 zagueiros e errou quando ao invés de colocar Arthur Maia já que o time estava sem criação, colocou Adailton, mas como a questão era testar os jogadores, esta valendo. 6.0

[América-RN X Vitória] Jogo vale liderança do grupo!


AMÉRICA-RN X VITÓRIA

Mesmo com time misto, o Vitória pretende vencer o América que foi seu único algoz nessa primeira fase e de forma humilhante no Barradão e com isso além da vingança alcançar a liderança do grupo já que os times já estão classificados antecipadamente para segunda fase.

Ney Franco juntamente com a comissão decidiu poupar alguns atletas para estreia do campeonato baiano no domingo que ainda não tem adversário conhecido, com isso os atletas da base ganham nova oportunidade, e os recém contratados Luiz Gustavo e Ferrari também.

Caso vença o Vitória será líder e deve enfrentar CRB ou Potiguar, qualquer outro resultado deveremos enfrentar o Ceará.

Ao contrario dos outros jogos fora de Salvador, o Leão não terá que se preocupar com a qualidade do gramado, a Arena das dunas tem um belo tapete e ótimas instalações para que o rubro negro desempenho um bom futebol e consiga o objetivo de vencer n Nordestão Lampions League

[VITÓRIA 5X1 SERGIPE] Leão goleia em Pituaçu em noite de Juan!


VITÓRIA 5X1 SERGIPE

Pressionado por um bom resultado o Vitória entrou hoje a noite no reencontro com o negopolitano de PiTUIaçu com a obrigação de vencer e não decepcionou, uma goleada acachapante e a marca de melhor ataque da competição na conta.

A verdade é que o Vitória ainda não demonstra o mesmo futebol do empolgante segundo semestre de 2013, porém a goleada em cima do Sergipe foi importante para as pretensões de classificação para segunda fase e briga pelo primeiro lugar do grupo, também foi possível visualizar que o time já conta com um melhor preparo físico para o restante do nordestão.

O jogo começou bem movimentado com o rubro negro pressionando no ataque e o time sergipano chegando com perigo nos contra-ataques. O Leão chegava mas não conseguia concluir com perigo, sobretudo com o atacante Marquinhos, aos 24 minutos Willie foi derrubado na área e Juan cobrou a penalidade com categoria e fez Vitória 1×0 Sergipe.

A expectativa é de que o Vitória deslanchasse a partir do gol, mas o que aconteceu foi o empate Sergipano, após contra-ataque rápido a bola chegou a João Paulo que deixou tudo igual. No restante do primeiro tempo  o Vitória tentou porém sem sucesso.

No intervalo Ney Franco retirou Lucas Zen e promoveu o jovem da base Mauri e o rubro negro mudou a tônica do jogo. O time vinha criando, pressionando e desperdiçando as oportunidades até que aos 14 Alan Pinheiro ficou com a sobra e marcou o gol de desempate, a partir de então o que se viu foi uma briga de ataque contra defesa.

Aos 23 Ayrton cobrou falta com perfeição e marcou o 3º do Vitória, aos 30 Juan ampliou após penalidade sofrida por Ayrton e o lateral esquerdo estava com tudo aos 34 Willie foi novamente derrubado e pela 3ª vez Juan deslocou o goleiro na penalidade e selou o placar em 5×1.

FICHA TÉCNICA

VITÓRIA 5 X 1SERGIPE
Copa do Nordeste  – 4ª rodada
Local: Pituaçu, em Salvador
Horário: 19h
Data: 29/01/2014
Árbitro: Francisco Casrlos do Nascimento (AL)
Auxiliares: Rondinelle dos Santos (AL) e Thalis Augusto (AL)
Gols: Juan, Alan Pinheiro e Ayrton (Vitória); João Paulo (Sergipe)
Cartões amarelos: Lucas Zen (Vitória); Bruno Gáucho (Sergipe)
Vitória: Wilson; Ayrton, Dão , Matheus Salustiano e Juan; Lucas Zen (Mauri), Cáceres e Escudero; Marquinhos, Willie e Alan Pinheiro.Técnico – Ney Franco.

Sergipe:  Pablo; Magno, Fernando Belém, Cláudio Baiano e Edinho; Rafael, Léo, Léozinho e Clóves; Bruno Gaúcho (Naôh) e João Paulo.Técnico: Vinícius Saldanha.

WILSON: Para mim sem culpa no gol, no inicio do segundo tempo deu um susto na torcida, mas fez boas defesas e foi importante para o triunfo. 7.0
AYRTON: GOLAÇO, batida de quem sabe, para quem já teve Bebeto, Petkovic e Ramon o lateral não passou vergonha. 8.0
DÃO: Esse ainda não disse para que veio, que bola nas costas, tem que ir para o banco urgente. 4.0
SALUSTIANO: Muita segurança, tem que jogar por dois na defesa, o garoto ainda tem a ousadia de chegar bem no ataque. 7.0
JUAN: Três cobranças com muita segurança, novo artilheiro da Lampions League tem razão de afirmar que é lateral. 9.0
LUCAS ZEN: Vai para um mosteiro meu filho, muito ZEN mesmo, não dá. 4.0
CÁCERES: Cada lançamento de deixar boquiaberto, daqueles de pagar o ingresso, ainda tem que marcar forte no meio, é um cara importante no esquema. 7.5
ESCUDERO: Coringa do time, as vezes joga mais para o time e aparece pouco pra torcida, isso aconteceu hoje, é o esqueleto do sistema de Ney, mas as vezes sacrificado no seu talento ofensivo. 6.5
MARQUINHOS: Muito individualista, perdeu a bola do gol do Sergipe, no segundo tempo cresceu em campo e foi importante no triunfo. 6.0
WILLIE: Engraçado que ele sofreu duas penalidades e mesmo assim não fez uma grande exibição, o garoto tem talento e pode render mais. 6.0
ALAN PINHEIRO: No primeiro tempo não rendeu, depois fez seu gol e ajudou a equipe no triunfo. 6.5
MAURI: O time cresceu com sua entrada no meio, sabe sair jogando com qualidade e marca forte, uma nova joia da base. 8.5
WILLIAN HENRIQUE: Entrou no melhor momento da equipe e foi importante, ainda precisa ser o coringa do ano passado. 6.0
NINO: Voltou ao time depois de um longo período e conseguiu fazer boas jogadas, sobretudo a da penalidade do quarto gol. 7.0
NEY FRANCO: Montou bem a equipe embora eu já não iniciasse com Zen e Dão, mas ele acertou nas mudanças e o time goleou, tem a visão correta do jogo. 8.0

[CONFIANÇA 1X3 VITÓRIA] Os meninos da base resolvem


CONFIANÇA X VITÓRIA

Havia um grande temor da minha parte com relação ao jogo de hoje, não que eu duvide da qualidade da nossa base, mas pela pressão que estava em cima dos garotos, sobretudo em Arthur Maia e Willie o primeiro por tudo que fez na base e se aguarda no  profissional e o segundo pela fama de indisciplinado.

 

Graças a Deus os garotos entraram muito bem, demonstraram talento e parece não terem sentido a pressão e justificaram a confiança de Ney Franco que apostou corretamente e conseguiu o primeiro triunfo da temporada.

 

Wilson: Muito seguro, pega muito bem, não dava no lance do gol. 7.0

G. Soares: Improvisado ele não comprometeu, fez uma partida dentro da média. 6.0

Vinicius: Uma boa partida, vem aí mais uma boa safra de zagueiros. 6.5

Matheus: Jogou como profissional e participou do lance em que teve o gol creditado a sua pessoa. 7.5

José Welisson: Sempre que acompanhei ele na base gostei, golaço, ganhou moral. 7.5

Mauri: Corre o campo todo, tem uma disposição incrível e chega com orça no ataque, é um grande formiguinha Z. 8.0

Arthur Maia: Bela partida, participativo, chamando a responsabilidade, foi bola na trave, foi cabeçada para milagre do goleiro, deixou Willie duas vezes na cara e cobrou o escanteio do segundo gol, jogou muito. 8.0

Euller: Jogou com sabedoria e qualidade, mostrou mais uma vez o talento que possui, faltou seu gol. 8.5

Willie: Um golaço, mas poderia ter saído como artilheiro perdeu duas belas oportunidades, o bom é que não se esconde do jogo, vai pra cima, demonstra confiança em seu potencial. 7.5

Alan Pinheiro: Voluntarioso, deu o passe para o primeiro gol, é um cara participativo, mas ainda falta qualidade. 6.5

Leílson, Guilherme, Léo Ceará: Tiveram pouco tempo, mas Leílson ainda quase marca um gol de placa.

Ney Franco: Acreditou no talento da base e mais uma vez surpreendeu a todos positivamente. 10.0

 

FICHA TÉCNICA:

Copa do Nordeste

Confiança-SE1 X3 Vitória

Local: Estádio Fernando França, em Carmopólis (SE)

Data: 22/01/2014

Horário: 21h15

Árbitro: Josevaldo Bisarria de Melo (AL)

Auxiliares:  Wladson Silva de Oliveira (AL) e Raquel Ferreira (AL)

Gols:  Willie (Vitória), Salustiano e José Welison | Henrique (Confiança)
Cartões amarelos:

Confiança-SE:  Jerfesson; Glauber, Henrique, Vinicius (Bira), Altemar; Raulino, Wallace Pernambucano, Geraldo; Leandro Kivel e Philco.. Técnico: Givanildo Sales


Vitória:  Wilson; Gabriel Soares, Matheus Salustiano, Vinicius, Mansur; José Welison, Mauri, Arthur Maia, Euller (Guilherme); Alan Pinheiro (Léo Ceará) e Willie(Leílson). Técnico: Ney Franco

[Confiança-SE X Vitória] A base lançada aos Leões!


CONFIANÇA X VITÓRIA

Após o vexame na estreia da copa do nordeste tomando uma surra de 3×0, o Vitória de Ney Franco irá ao jogo em Sergipe totalmente modificado, onde apenas o goleiro Wilson não atuou pela divisão de base.

O melhor momento para usar a base realmente é nesse principio de ano, mas convenhamos que não o time inteiro e nem após um vexame com o chamado “melhor do elenco”, a tentativa é aproveitar a base, testar a capacidade dos garotos e também preparar os considerados titulares para atuarem no domingo já próximo do ideal físico e tático.

Agradeço a Deus que essa partida seja fora de Salvador, isso mesmo, não quero nem imaginar a pressão que estará sobre os lombos dos atletas, principalmente o questionado Arthur Maia, o jogador talentoso da base ainda não conseguiu a tão esperada sequência, em seu melhor momento no profissional no inicio de 2012 foi sacado para ver o improdutivo Lúcio Flavio e agora ganha a chance de mostrar todo seu talento e com isso acabar com a fama de “eterna promessa” ao qual acho desnecessária e prejudicial.

Confiança: Jeferson, Henrique, Alenilson, Vinicius, Altemar, Raulino, Wallace, Geraldo, Philco, Leandro Kivel e Wallace

Vitória: Wilson; Gabriel Soares, Matheus Salustiano, Vinícius e Mansur; Neto Coruja, Mauri, Felipe e Arthur Maia; Willie e Alan Pinheiro.

Pedro Oldoni de saída

Pedro El´Cone esta indo para o futebol Turco( melhor contratação do ano), é pra Glorificar de pé igreja! E agora não contaremos mais com ele durante a temporada.

SELEÇÃO DE BASE

Dois atletas do Vitória foram convocados pelo treinador da Seleção Brasileira Sub-17, Caio Zanardi,  para um período de treinamentos em Águas de Lindóia, São Paulo.
Os atacantes Yan e Eronildo foram observados pelo treinador da seleção durante a Copa Promissão. Os atletas são os únicos representantes de times nordestinos na lista que contém 27 convocados.
Os jogadores se apresentam no dia 3 de fevereiro e ficam sob o comando do treinador até o dia 14.

[Vitória 0x3 América-RN ] Vexame na despedida do Barradão


;cne3

A expectativa era de que o Vitória vencesse com uma certa tranquilidade e iniciasse a temporada 2014 bem, mas a falta de entrosamento, a falta de algumas peças importantes e a falta de condicionamento físico, revelaram um grande fiasco na despedida do Barradão que agora só será reaberto no segundo semestre.

Com Lucas Zen improvisado na defesa, e sem um volante de contenção, a vulnerabilidade do time ficou ainda mais evidente do que no triunfo acachapante contra a Jacuipense, quando Escudero e Cáceres avançavam para dar suporte ao ataque, não havia ninguém na cobertura e o mecão sobre aproveitar bem.

Wilson: Sem culpa nos gols 5.0

Ayrton: Não acertou nada, muito abaixo do esperado: 4.0

Dão: Ainda é muito cedo para tecer comentário, ficou na fogueira sem um companheiro do setor e sem combate dos volantes. 5.0

Lucas Zen: Improvisado, ele ficou no fogo cruzado, quero observar seu futebol em sua posição de origem. 4.0

Tarracha: Foi mal, não repetiu as ultimas partidas dele no Leão. 4.0

Cáceres: Levou um baile no primeiro gol, não pode, ficou devendo 5.0

Escudero: Sacrificado, não se pode desperdiçar tanto talento. 4.0

Juan: Bem marcado não conseguiu render, ele anda reclamando da posição, é melhor jogar onde gosta. 4.0

Marquinhos: Acompanhou o restante do time, muito mal  errou muito. 4.0

Willian Henrique: Jogador pra 25 do segundo, expulsão boba e agora vai comer banco pra Willie. Sub-zero

Pedro El Cone: Fraco, eu sou melhor que ele, eu faço gol, eu pesado ainda me movimento. Zero

Ney Franco: Errou na escalação, deveria ter promovido Neto Coruja para não dar tantos espaços e precisa resolver o impasse com Juan sobre a meiuca. 3.0

FICHA TÉCNICA:

Copa do Nordeste

Vitória 0X 3 América-RN

Local: Barradão, em Salvador (BA)

Data: 19/01/2014

Árbitro: Wladyerisson Silva Oliveira (CE)

Auxiliares: Marcos da Silva Brigido (CE) e Renan Aguiar (CE)

Gols: Rafinha e Alfredo (duas vezes)

Cartão vermelho: William Henrique (Vitória)

Cartões amarelo: William Henrique e Escudero (Vitória) | Jean Cléber e Fabinho (América-RN)


Vitória: Wilson, Ayrton, Lucas Zen, Dão e Tarracha (Euller); Cáceres, Escudero (Willie), Juan, William Henrique, Marquinhos e Pedro Oldoni (Alan Pinheiro). Técnico: Ney Franco.

 

América-RN: Andrey; Edson Rocha, Cleber e Adalberto; Fabinho, Márcio Passos, Dener (Jean Cléber), Rafinha e Raí; Max (Alfredo) e Adriano Pardal. Técnico: Leandro Sena.

[Vitória x América-RN] Leão estreia na Copa do Nordeste e mira o hexa


VITÓRIA X AMÉRICA-RN

Com a base do time que encantou o Brasil pelo futebol ofensivo e envolvente que ter minou o brasileiro na quinta colocação, o Vitória vai em busca do hexa campeonato largando contra o também campeão da competição, América de Natal.

O time de Ney Franco vem forte e no jogo treino goleou o até então líder do campeonato baiano, Jacuipense por 5×0. A expectativa é de um bom publico no Barradão apesar do horário de 19:00 horas que é incomum para o domingo. E por falar na nossa casa, esse será o jogo de despedida do estádio que entrará em reforma para alcançar o padrão FIFA de centro de treinamento de seleção para copa do mundo, o rubro negro deve mandar seus jogos no Pituaçu por todo o primeiro semestre.

Ney ainda tem duvida no time titular,Tarracha, Willie e Alan Pinheiro brigam com Mansur, Willian Henrique e Pedro Oldoni .

nordestão

Estatísticas dos Jogos Entre Vitória e América – RN

Vitória e América-RN se enfrentaram 11 vezes pela Copa do Nordeste. Foram  oito triunfos do Vitória, dois triunfos do América-RN e um empate. Nos jogos disputados no Barradão, o Rubro Negro leva vantagem, pois venceu seis jogos e ocorreram três empates, em nove jogos realizados (sendo seis jogos pela Copa do Nordeste, dois jogos pelo Brasileirão e um jogo pela Série B). Lembrando que nos últimos dois confrontos no Barradão, o Vitória não venceu o América – RN (foram dois empates)

Na estatística geral, foram 21 jogos entre Vitória e América-RN e a vantagem é do Rubro Negro, o Vitória venceu 12 jogos, o América-RN venceu três e houve seis empates, com 43 gols feitos pelo Vitória e 23 feitos pelo América-RN, os dois times já se enfrentaram pelas seguintes competições: Brasileirão (seis jogos), Série B (dois jogos), Copa do Nordeste (11 jogos) e Torneios (dois jogos). Vale lembrar que o Rubro Negro não perde para o América-RN há quase 14 anos (ou nove jogos).

NORDESTE

 JOGOS ENTRE VITÓRIA E AMÉRICA-RN

Nº 01: América – RN 1 x 1 Vitória (24/10/1973, Castelo Branco)

Competição: 1ª Fase do Brasileiro de 73

Gols: João Daniel (Ame) e André Catimba (Vit)

Público: 7.394

          Vitória:  Agnaldo, França, Valter, Dutra e Jorge Valença; Mário Sérgio,

Davi e Deco; André Catimba, Didi (Luciano) e Osni

Técnico: Carlos Castilho

Nº 02: América – RN 0 x 1 Vitória (02/12/1973, Castelo Branco)

Competição: 1ª Fase do Brasileiro de 73

Gol: André Catimba

Público: 9.207

          Vitória:  Agnaldo, Roberto, Valter, Dutra e França; Mário Sérgio,

Davi, Fernando (Gibira) e Deco; André Catimba e Osni (Titi)

          Técnico: Carlos Castilho

Nº 03: Vitória 1 x 1 América – RN (06/04/1974, Fonte Nova)

Competição: 1ª Fase do Brasileiro de 74

 Gols: André Catimba (Vit) e Garcia (Ame)

 Público: 9.645

         Vitória: Joel Mendes, Roberto, Valter, Dutra e França; Mário Sérgio,

Luciano (Roberto Menezes) e Didi (Natal); André Catimba, Davi e Osni.

Técnico: Carlos Castilho

Nº 04: América – RN 1 x 0 Vitória (14/11/1976, Castelo Branco)

Competição: Torneio José Américo de Almeida Filho

Gol: Santa Cruz

Público: 7.796

          Vitória: Williams, Jurandir, Joãozinho, Valter e Teixeira; Paulo Roberto,

          Léo Oliveira e Silvinho; Zé Júlio, Geraldão e Fischer (Ferreti).

         Técnico: Denílson

Nº 05: América – RN 0 x 3 Vitória (18/12/1976, Castelo Branco)

Competição: FINAL do Torneio José Américo de Almeida Filho

Gols: Zé Júlio (2) e Geraldão

Público: 6.860

          Vitória: Williams, Jurandir, Joãozinho, Valter e Teixeira; Paulo Roberto,

          Léo Oliveira e Valdo; Zé Júlio, Geraldão (Joel Leão), Ferreti (Leninho).

Técnico: Denílson

         OBS; Vitória: Campeão do Torneio José Américo de Almeida Filho.

Nº 06: Vitória 8 x 1 América – RN (23/03/1980, Fonte Nova)

Competição: 1ª Fase do Brasileiro de 80

Gols: Sena (3), Válder (2), Pita, Sivaldo e Tatá (Vit); Tarso (Ame)

 Público: 11.111

         Vitória: Gelson, Válder, Zé Preta, Otávio Souto, Xaxá e Luciano;

Sena e Pita (Zé Júlio); Tatá, Zé Mário (Dendê) e Sivaldo

Técnico: Orlando Peçanha

Nº 07: Vitória 1 x 1 América – RN (01/10/1997, Barradão)

Competição: 1ª Fase do Brasileiro de 97

Gols: Kléber

 Público: 9.886

         Vitória: Zé Carlos, Russo, Flávio Tanajura (Emerson), Marcone e Rubem;

Preto Casagrande (Kléber), Bebeto Campos, Luiz Gustavo (Gil Baiano) e Uéslei;

Saulo e Túlio Maravilha

Técnico: Evaristo de Macedo

Nº 08: Vitória 2 x 1 América – RN (20/05/1998, Barradão)

Competição: 1º jogo da FINAL da Copa do Nordeste de 1998

Gols: Evando e Flávio Tanajura (Vit); Leonardo (Ame)

 Público: 3.631

         Vitória: Sérgio, Paulo Cezar (Donizete Amorim),Flávio Tanajura, Fábio

Bilica; (Alex Mineiro) e Esquerdinha; Preto Casagrande, Donizete Oliveira

e Kléber (Elvis); Alex Mineiro (Renato Nascimento) Evando e Petkovic

Técnico: Hélio dos Anjos

Nº 09: América – RN 3 x 1 Vitória (04/06/1998, Machadão)

Competição: 2º jogo da FINAL da Copa do Nordeste de 1998

Gols: Biro-Biro, Paulinho Kobayashi e Carioca (Ame). Flávio Tanajura (Vit).

Público: N.D.

          Vitória: Sérgio, Paulo César (Donizete Amorim), Flávio Tanajura, Fábio Bilica

         e Esquerdinha; Donizete Oliveira, Preto Casagrande, Fernando (Evando) e

         Kléber (Alex Mineiro); Agnaldo e Petkovic.

         Técnico: Hélio dos Anjos

         OBS; América-RN: Campeão da Copa do Nordeste de 1998.

Nº 10: Vitória 3 x 0 América – RN (16/09/1998, Barradão)

Competição: 1ª Fase do Brasileiro de 98

Gols: Agnaldo, Petkovic e Esquerdinha

Público: 5.609

         Vitória: Sérgio, Paulo César, Flávio Tanajura, Elóy e Esquerdinha;

         Matuzalém, Donizete Amorim (Alex Mineiro), Donizete Oliveira e

         Petkovic (Moisés); Agnaldo (Hernandez) e Elivelton.

         Técnico: Geninho

Nº 11: Vitória 3 x 1 América – RN (13/02/2000, Barradão)

Competição: Quartas de Final da Copa do Nordeste de 2000

Gols: Manoel, Edmilson e Fernando (Vit); Ciro (Amé).

Público: 2.089

         Vitória: Fábio Costa, Moura (Wilson), Flávio Tanajura, Moisés e

         Paulo Rodrigues; Tácio, Fernandinho, Leandrinho e Allan Delon;

         Edmílson (Cláudio) e Manoel

Técnico: Marco Aurélio

Nº 12: América – RN 1 x 0 Vitória (16/02/2000, Machadão).

Competição: Quartas de Final da Copa do Nordeste de 2000

Gol: Paloma

Público: 6.959

          Vitória: Fábio Costa; Flávio Tanajura, Moisés e Eloy (Pedro Paulo);

         Moura, Tácio, Fernando, Fernandinho e Leandrinho; Edmílson

         (Marcelo Paulista) e Manoel (Alecsandro).

        Técnico: Marco Aurélio.

Nº 13: América – RN 1 x 3 Vitória (07/02/2001, Machadão)

Competição: 1ª Fase da Copa do Nordeste de 2001

Gols: Zé Ivaldo (Ame), Alan Delon (2) e Vítor (Vit).

Público: 2.114

          Vitória: Jean; Moisés, Rodney e Marcone; Marcel (Moura), Tácio,

         Xavier, Dudu (Artur) e Leandrinho; Allan Delon e Flávio (Vítor).

         Técnico: Mário Sérgio.

Nº 14: Vitória 3 x 2 América – RN (02/02/2002, Barradão)

Competição: 1ª Fase da Copa do Nordeste de 2002

Gols: André, Robson Luis e Fernando (Vit);

Rui Barbosa e Val Araguaia (Ame)

Público: 4.287

         Vitória: Jean, Maurício, Índio, Marcos e Paulo Rodrigues; Xavier, Fernando;

          Leandrinho e Samir (Sand); André (Robson Luís) e Aristizábal (Dejair).

Técnico: Arturzinho

Nº 15: América – RN 0 x 1 Vitória (28/02/2003, Machadão)

Competição: Semifinal da Copa do Nordeste de 2003

Gol: Alecsandro

Público: 3.458

          Vitória: Paulo Musse, Moura, Aderaldo (Samir), Marcelo Heleno e Almir;

          Xavier, Dudu (Leandro Domingues), Vander (Nadson) e Allan Delon;

          Alecsandro e Zé Roberto

         Técnico: Joel Santana

Nº 16: Vitória 3 x 2 América – RN (07/03/2003, Barradão)

Competição: Semifinal da Copa do Nordeste de 2003

          Gols: Dionísio e Nadson (2) (Vit); Elissandro (2) (Ame)

Público: 1.115

         Vitória: Juninho, Marcel (Alessandro Azevedo), Adaílton, Anselmo e

         Dudu Paraíba; Arivélton, Dionísio, Leandro Domingues (Kléber) e Samir;

         Nádson e Jeferson (Vítor)

Técnico: Joel Santana

Nº 17: Vitória 2 x 1 América – RN (10/07/2010, Barradão)

Competição: 1ª Fase da Copa do Nordeste de 2010

          Gols: Renato Ribeiro e Wallace (Vit); Dick (Ame)

Público: 2.246

         Vitória: Viáfara, Rafael Cruz, Wallace, Anderson Martins e Egidio;

         Vanderson, Ricardo Conceição, Bida (Renato Ribeiro) e Ramon

         Menezes (Schwenck); Elkeson (Soares) e Júnior.

         Técnico: Ricardo Silva.

Nº 18: Vitória 2 x 2 América – RN (05/06/2012, Barradão)

Competição: 1º Turno da Série B de 2012

Gols: Dinei e Neto Baiano (Vit); Pingo e Cleber (Ame).

Público: 7.949

         Vitória: Douglas, Gabriel Paulista (Léo), Victor Ramos, Rodrigo e Mansur;

         Michel, Rodrigo Mancha, Eduardo Ramos (Dinei) e Tartá;

         Marquinhos e Neto Baiano

        Técnico: Paulo César Carpegiani.

Nº 19: América – RN 2 x 2 Vitória (01/09/2012, Nazarenão, em Goianinha/RN)

Competição: 2º Turno da Série B de 2012

Gols: Lúcio Curió e Cleber (Amé); Victor Ramos e Willie (Vit)

Público: 1.702

         Vitória: Deola, Léo (Tartá), Victor Ramos, Gabriel Paulista e Gilson;

         Uelliton (Rodrigo), Michel, Pedro Ken e Willie (Fernando Bob); Élton

         e William.

        Técnico: Paulo César Carpegiani.

Nº 20: América – RN 1 x 2 Vitória (20/01/2012, Nazarenão, em Goianinha/RN)

Competição: 1ª Fase da Copa do Nordeste de 2013

Gols: Fabinho (Amé); Marquinhos e Marcelo Nicácio (Vit).

Público: 2.118

         Vitória: Deola; Léo (Dimas), Gabriel Paulista, David Braz e Fabrício

        (Renié); Rodrigo Mancha, Michel, Mineiro e Arthur Maia

        (Lúcio Maranhão); Marquinhos e Marcelo Nicácio.

        Técnico: Caio Júnior.

Nº 21: Vitória 1 x 1 América – RN (06/02/2013, Barradão)

Competição: 1ª Fase da Copa do Nordeste de 2013

Gols: Marcelo Nicácio (Vit); Pingo e Cleber (Ame).

Público: 3.304

         Vitória: Douglas; Marcos, Gabriel Paulista, David Braz e Mansur;

         Luís Alberto, Fernando Bob (Gabriel Soares), Mineiro (Vander) e

         Marquinhos (Dinei); Alan Pinheiro e Marcelo Nicácio

         Técnico: Caio Junior.

RESUMO ESTATISTICO

 

 

Maior Goleada do Vitória: Vitória 8 x 1 América-RN,  pela 1ª fase do Brasileirão de 1980, na Fonte Nova.

Maior Goleada do América-RN: Não Houve

Maiores Goleadores dos Confrontos: André Catimba e Sena (Vit) com 03 gols, cada

Maior Público: 11.111 pagantes, no jogo Vitória 8 x 1 América-RN , pela 1ª fase do Brasileirão de 1980, na Fonte Nova.

Menor Público: 1.115 pagantes, no jogo Vitória 3 x 2 América-RN , pelas semifinais da Copa do Nordeste de 2003, no Barradão.

 

 

Média de Público dos Confrontos: 5.550 pagantes por jogo

Jogador doVitória, que  disputou mais partidas contra o América-RN: Flávio Tanajura, com  06 jogos

Técnico do Vitória, que disputou mais partidas contra o América-RN: Carlos Castilho (Década de 70), com 03 jogos.

Partida com Maior Número de Gols: 09 Gols, no jogo: Vitória 8 x 1 América-RN , pela 1ª fase do Brasileirão de 1980, na Fonte Nova.

Placar mais Repetido: 1 a 0 e 1 a 1, ocorreram em quatro jogos, cada

Média de gols por jogo: 3,1 gols por partida (66 gols em 21 jogos)

Maior seqüência invicta do Vitória sobre o América-RN: 09 jogos, desde o dia 07/02/2001 (seis triunfos e três empates)

 

 

Maior seqüência invicta do América-RN sobre o Vitória: 02 jogos, de: 06/04/1974 a 14/11/1976 (um triunfo e um empate)

Curiosidades de Vitória x América-RN:

– A maior goleada da história do Vitória em Brasileirões foi numa partida contra o América-RN, pelo campeonato Brasileiro de 1980, o Vitória goleou pelo incrível placar de 8 a 1, com três gols do atacante  Sena. O jogo foi na Fonte Nova e sabem quem era um dos zagueiros do América-RN naquele jogo? Joel Santana, ele mesmo, o home da prancheta, como zagueiro não impediu que os atacantes do Rubro Negro fizessem a festa na defesa do América.

– Vitória e América-RN já se enfrentaram em duas decisões: A primeira foi pelo Torneio José Américo de Almeida Filho de 1976, esse torneio reunia as 11 principais equipes do Nordeste e mais o Volta Redonda do Rio de Janeiro, o Rubro Negro tinha perdido o jogo da 1ª fase para o América, mas na Final o Vitória se vingou e enfiou 3 a 0, tornando-se campeão do Torneio (alguns pesquisadores, jornalistas e torcedores consideram esse Torneio de 76 como campeonato do Nordeste,eu particularmente não considero, pois tinha um time do Rio de Janeiro na disputa, além de que, oficialmente o Torneio não foi considerado como Campeonato do Nordeste). A 2ª decisão ocorreu 22 anos depois, em 1998, agora sim pela Copa do Nordeste o América se tornou campeão ao vencer o jogo de volta da final, lá em Natal, por 3 a 1. Embora o Rubro Negro tenha vencido o 1º jogo por 2 a 1no Barradão, o América deu o troco lá em Natal aplicando 3 a 1, conquistando o título pelo saldo de gols. Muitos afirmam que aquele título foi uma vingança do técnico Arturzinho do América-RN que no ano anterior tinha sido relegado pelo Vitória, mesmo de tornando campeão.

– A média de gols dos confrontos entre Vitória e América-RN é altíssima, são 3,1 gols por partida (66 gols em 21 jogos), tivemos no mínimo três gols em 13 desses 21 jogos, ou seja: em 62% dos jogos o público presenciou no mínimo três gols em cada partida.

– Um jogo sensacional, ocorreu entre Vitória e América-RN pelas semifinais (jogo de volta) da Copa do Nordeste de 2003, no Barradão (uma sexta á noite). O Vitória abriu o placar aos 11 minutos do 1º tempo com Dionísio. O América empatou aos 13 do segundo tempo com Elissandro, vinte minutos depois o time de Natal virou o jogo em 2 a 1, mais uma vez com Elisandro, o Vitória só foi empatar e aliviar a sua torcida, aos

37 minutos com Nádson que dominou as bola de costa e meteu uma bicicleta, fazendo um dos gols mais bonitos da história do Barradão. Já nos descontos, aos 48 minutos do 2º tempo, Nádson aproveitou um lançamento em profundidade e sozinho na área deu o “drible da vaca” no goleiro e completou para o fundo do gol, deixando a torcida eufórica, comemorando a ida do time para a grande final do Nordestão daquele ano.

Por

Professor Marcelo Monteiro

marcelo monteiro

PS: Toda a parte de estatísticas envolvendo Vitória X América-RN foi feita pelo professor  Marcelo Monteiro o novo reforço do blog Leão Minha Paixão!

Começa a Lampions League (Copa do Nordeste)!


copa

A Copa do Nordeste começa hoje e trás com ela uma grande expectativa  de crescimento do futebol da região, com premiação de R$ 3 milhões para o campeão e vaga na sul-americana, a competição é impulsionada por muita rivalidade e grandes clássicos.

O Vitória é o maior vencedor da competição, penta campeão, o rubro negro irá em busca do hexa, para isso duelará com o rival Bahia e com o Sport times da primeira divisão o posto de principal equipe do nordeste, Santa Cruz, Náutico e Ceará também desejam a taça, já os outros 10 clubes sem como zebras, mas não podemos esquecer que em 2013 deu Campinense como Campeão.

A competição será transmitida pelo Esporte Interativo e terá cobertura online.

JOGOS DA 1ª RODADA

NORDESTE

TABELA DE CLASSIFICAÇÃO

cpn2014

VITÓRIA 5X0 JACUIPENSE: Leão goleia no jogo treino com presença da torcida


VITÓRIA 5X0 JACUIPENSE

Com cerca de 1,5 mil torcedores presentes ao Barradão na tarde desta quarta-feira, o Vitória realizou um jogo-treino contra o Jacuipense, líder do Campeonato Baiano, como parte da preparação para o primeiro jogo da temporada, domingo, dia 19, contra o América de Natal, às 18h30 (horário em Salvador) pela primeira rodada da Copa do Nordeste.

 

A torcida cantou, vibrou com os cinco gols e na entrada do time chamou um por um os nomes dos jogadores, que retribuíram com aplausos.

 

O bom desempenho dos jogadores no jogo-treino desta quarta-feira, contra o Jacuipense,  deixou ainda mais animado o técnico Ney Franco para a estreia do Vitória na Copa do Nordeste.

 

Ney escalou inicialmente a base do time que pretende utilizar contra o América. O volante Lucas Zen atuou improvisado na zaga ao lado do também estreante Dão e a dupla deu conta do recado.

 

Juan voltou a treinar como meia e novamente agradou. No comando do ataque, Pedro Oldoni e não o garoto Alan Pinheiro foi o titular.

 

Nos primeiros 45 minutos, o time formou com: Wilson; Ayrton, Dão, Lucas Zen e Mansur; Cáceres, Escudero e Juan; Marquinhos, Pedro Oldoni e William Henrique.

 

Esta etapa terminou com o triunfo rubro-negro por 2 x 0, gols de Juan e Pedro Oldoni.

 

Mudanças

No segundo tempo, jogou o time B e mais três gols foram assinalados por Matheus Salustiano, Willie e Alan Pinheiro. No total, Vitória 5 x 0 Jacuipense.

 

O time no segundo tempo formou com: Gustavo; Gabriel Soares, Matheus Salustiano (Josué), Vinícius (Matheus Prank) e Danilo Tarracha; Neto Coruja, Mauri (Léo Ceará), Felipe e Arthur Maia (Euller); Willie e Alan Pinheiro.

 

Separados

O zagueiro argentino Jonathan Ferrari participou juntamente com Dinei, Nino e Adailton de um trabalho comandado pelo professor Júlio César Sacramento.

 

Jonathan Ferrari terá que viajar a Buenos Aires para renovar seu passaporte e no retorno assinar contrato até o final do ano.

 

Marcelo

Recuperando-se de uma contusão no adutor – o exame de imagem deu negativo – o volante Marcelo continua fazendo exercícios para reforçar a musculatura e está fora de ação para a estreia na Copa do Nordeste.

 

Descanso

Os jogadores terão a manhã desta quinta-feira para descansar e à tarde voltam aos treinamentos para a partida de domingo no Barradão.

 

ESPORTE INTERATIVO NORDESTE (ASSISTA AO PROGRAMA DE ESTRÉIA)


Programa Esportivo que promete dar cobertura total ao futebol do Nordeste com transmissão de jogos, entrevistas, bastidores e muito mais.

Confesso que tenho uma grande expectativa com a Copa do Nordeste e agora com o EI Nordeste, acredito no sucesso destes projetos e que será ótimo para os times da região.

Assista abaixo ao primeiro episódio do canal oficial do futebol nordestino.