É hora de Reformatar na Toca do leão

O gringo voltou! Se está frase fosse pronunciada a 10 anos atrás com certeza o aeroporto estaria lotado de rubro negros, e haveria carreata com o ídolo Petkovic pelas ruas de Salvador até o Barradão, mas será que poderemos celebrar a volta de Pet e que ele pode ser o camisa 10 do departamento de futebol que precisamos no Vitória?

Antes de responder está pergunta, quero salientar que o clube anuncia Petkovic para a gerência de futebol com 5 meses de atraso, aqui mesmo, publiquei 3 textos em janeiro falando da nova formatação com a recém empossada diretoria, e uma das falas mas enfáticas foi que Jorginho Sampaio era um retrocesso e que o clube errava ao revive-lo na toca.

No dia 11 de janeiro publiquei um texto aqui, sobre parte do projeto de Sinval Vieira a frente do futebol e o LMP opinou dizendo que o Vitória precisava de um homem forte para gestão do setor mais importante do clube e que este não deveria ser Sinval, lembramos até que durante as eleições esse mesmo Dejam Petkovic estava na lista de nomes da chapa vencedora para o cargo e o nome de Newton Drummond (Chumbinho) de outra chapa era na minha opinião o nome forte a ser contratado mas isso não ocorreu.

Pois bem, cerca de 5 meses atrasados, e com a célebre frase de Sinval vindo a tona: Quando a danada da bola não entra é preciso mudar” eis que Pet chega para reformatar o futebol do Vitória.

Sempre fui a favor de Sinval no futebol, escrevi isso em meus textos, mas quem os leu, viu que eu defendia que o clube precisava de um homem forte no setor é que SV deveria ser o “cara da base”, facilitar o processo de transição e também mostrar a identidade do clube, a história para o gerente. Ser o elo de uma gestão moderna, profissional com o que há de importante no passado do clube, mostrar que além de contratar bons nomes, a “fábrica de talentos” precisa continuar a todo vapor e precisa ter um perfeito encaixe nas engrenagens que movimenta o clube rumo ao sucesso.

Dejan Petkovic

Pet já desempenha a função de gerente desde 2013 mas na divisão de base do Atlético Paranaense, onde também acumulava a função de treinador da equipe sub-23, agora vdm  resposta a pergunta supra citada, o furacão em minha opinião possui o modelo de gestão a ser copiado e a experiência do gringo no clube pode agregar muito, desde que a sua figura não seja decorativa e que a diretoria do Vitória esteja mesmo iniciando um reprojeto e busque a profissionalização dos setores do clube.

O Atlético PR está na mesma cota de TV de Vitória,Bahia, Sport e também em valores dá Caixa mas consegue montagem de elencos mais promissores e não é atoa que está na libertadores, espero que Petkovic possa trazer mais desta mentalidade para toca do leão.

 

Anúncios

2 comentários em “É hora de Reformatar na Toca do leão

  1. No Atlético existe uma PALAVRA Importante em Administração chamada
    ORGANIZAÇÃO/PLANEJAMENTO/
    COMPETÊNCIA/PROFISSIONALISMO
    É BEM DIFERENTE DESSA DIRETORIA AMADORA.
    COMTRATOU POR CONTRATAR SEM CRITÉRIO.UM MONTE DE EX..
    ENGANADO OS TORCEDORES.

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s