Entrevista com Adilson Baptista diretor de marketing do Vitória

por Maurício Naiberg(retirado do site Bahia Notícias)
Bahia Notícias: Quando você assumiu o marketing do clube, qual a situação que encontrou, já que não havia tanto investimento da diretoria neste setor?
Adílson Baptista: Na realidade, podemos dividir em duas etapas. A primeira quando cheguei e André Curvello estava aqui. André deu uma cara nova ao marketing e começamos a trabalhar para arrumar a casa e isso, junto com André, conseguimos montar o mínimo de equipe que temos hoje. Aí começamos a trabalhar a parte de comunicação, que era mais precária quando chegamos. Esse era um desejo tanto de Carlos Falcão, quanto de André. O objetivo era melhorar a comunicação com o torcedor. Então, tiramos o site do ar, que não era bom, colocamos as redes sociais, que nunca tinham existido. Voltamos com o site novo, melhoramos o programa Sou Mais Vitória na TV, depois engatamos o jornal, e agora a revista. Acho que agora chegamos em um ponto legal de interatividade e informação com o torcedor. E depois só fizemos melhorar. Fizemos a loja, o memorial, o novo placar e assim por diante. Começamos a fazer mais coisas. Eu dividiria nessas duas etapas: a arrumação que fizemos com André e depois a continuidade de trabalho e aí sim, deslanchando com a campanha Meu Sangue é Rubro-Negro e tudo que inauguramos esse ano.
BN: Hoje, como está o departamento de marketing do Vitória?
AB: Acho que estamos com um estrutura boa. Podemos melhorar? Podemos. Mas a diretoria tem a visão que quanto mais crescermos, mais estrutura teremos. Vamos começar a crescer, melhorar a parte de sócios, que é o nosso maior desejo, e quanto mais isso for crescendo, mais estrutura teremos.
BN: Alguns clubes trabalham com empresas de publicidade e o Vitória tem a estrutura interna. Qual a diferença? 
AB: Podemos trabalhar com as duas coisas. Ter as pessoas que controlam o marketing e as informações que chegam ao clube é importante. Você ter lá fora empresas que captam patrocínios, novos investimentos e ideias, é interessante. Temos alguns parceiros que fazem isso. A Megasports é uma delas, que fez uma parceria no placar eletrônico. A própria Guri. Temos também uma parceira de internet. Temos empresas que trabalham fora. Mas o controle de tudo isso fica aqui com a gente. Essa é a melhor forma de trabalhar. É bom ter um parceiro ideal para cada coisa. Nunca vamos encontrar um parceiro que saiba fazer tudo. Não sou um cara de internet, de redes sociais. Tenho uma empresa, parceira nossa, que nos ajuda. Não tenho tempo de sair correndo atrás de tudo, mas sempre conversamos com parceiros que fazem isso.
BN: Você aceitou o desafio em um momento complicado do clube, já que o rubro-negro está na segunda divisão. Quais as dificuldades por não disputar a elite do futebol brasileiro?
AB: Existe mesmo. É bem complicado. Cheguei aqui e nós perdemos o Campeonato Baiano para o Bahia de Feira. Até tentamos algumas ações no ano passado, mas não tivemos sucesso no acesso. Neste ano perdemos o Campeonato Baiano, mas a estrutura está bem melhor. Acho que o time estava andando bem, a torcida gostava de todo o planejamento que a diretoria tinha montado. Isso foi muito melhor para gente. Estar na Série B complica a parte de patrocínios. Estando na Série A você tem um acesso nacional maior e hoje, todos que investem em futebol são marcas nacionais. Eles querem ver o time que veste suas marcas jogando contra outros grandes clubes. Isso complica um pouco. O cara pensa: “Não é o jogo que passa na Globo. Quando passa é no sábado e local”. Acho que se conseguimos realizar tudo isso que realizamos na Série B, vejo grandes perspectivas com o Vitória na Série A.
BN: Captar patrocínios para um clube do Nordeste é complicado mesmo? Já sente na pele isso?
AB: Não por ser um clube nordestino, mas por estar na região Nordeste. As pessoas enxergam que o Vitória é um grande clube, com uma grande torcida. Lógico que os investimentos no Nordeste nunca serão iguais aos investimentos que são feitos no eixo Sul-Sudeste. Mesmo uma empresa como a TIM, por exemplo, ou Ambev, que são nossos patrocinadores, que são empresas nacionais, você vê que a diferença de investimentos deles entre clubes do Sul-Sudeste e Nordeste é grande. Não por ser Vitória, e sim por estar em uma região que seu potencial de venda não é tão grande quanto o Sul-Sudeste. Isso faz sentindo.
BN: Vivendo um ótimo momento na temporada, essa é a hora de resgatar o sentimento do torcedor do Vitória em relação ao clube, já que a torcida ficou ferida com esses dois últimos anos na segunda divisão?
AB: Isso já está sendo feito. Você vê que a autoestima da torcida melhorou muito. Estamos trabalhando bastante que essa ligação da torcida com o clube melhore. Essa campanha do sangue foi um canal interessante disso. A torcida ficou feliz em ver o seu clube fazendo uma campanha que foi de âmbito nacional e internacional, com participação dele. Isso faz uma ligação maior entre clube e torcida. Tudo isso melhora, porque não tem empecilho. Todo mundo está pensando em coisas boas. A torcida vem para o estádio, o time na primeira posição, e agora são só coisas boas. O que precisamos fazer é fomentar isso com campanhas, promoções, mexendo com o torcedor o tempo inteiro. Agora, principalmente, fazer com que esse torcedor que está feliz, se transforme em um sócio. Nosso objetivo é fazer com que o clube cresça tendo uma parte de sócios forte, como é o Internacional, o Grêmio e outros clubes no país. Esse é o nosso momento de chamar a torcida para se aproximar ainda mais do clube.
Bahia Notícias: E a campanha da doação de sangue? Imaginou que seria tanto sucesso?
Adílson Baptista: Imaginei. Quando vi a proposta em janeiro sabia que teria uma repercussão nacional. Isso eu tinha certeza, mas a repercussão internacional, realmente, foi uma surpresa. Nunca imaginei que uma BBC, de Londres, iria falar isso em televisão, depois jogar no site, depois uma Agência Reuters mandar essa informação para todo o mundo. Todos noticiaram isso. Realmente isso é uma surpresa grande. Mas a parte nacional, só em o Vitória ter tirado o vermelho da camisa, já seria notícia grande, provando que somos respeitados nacionalmente. Passamos a ser notícia, mesmo em uma Série B, só por ter tirado a cor do uniforme.
Bahia Notícias: Quais os planos hoje para o Sou Mais Vitória, plano de sócio do clube? Alguma novidade está por vir?
Adílson Baptista: Sei que a torcida fica ansiosa com isso, mas temos que planejar muito antes. Colocar coisas novas para todo mundo. Estamos fazendo toda a base para que isso cresça, mas para isso preciso de sistema, estrutura, e algumas coisas para quando eu lançar uma coisa nova, e ter o respaldo da torcida, tenho que conseguir atender todo mundo. Uma das coisas que estamos fazendo são as promoções visando o sócio, como aconteceu com a camisa da campanha Meu Sangue é Rubro-Negro, que só os sócios compraram na primeira semana. Sempre será assim. Vamos sempre priorizar os sócios. Sempre que tiver algo, que não possa atender toda a torcida, vamos priorizar os sócios. Isso estamos fazendo ponto a ponto. Acredito que ainda esse ano vamos colocar algumas novidades no Sou Mais Vitória. Vamos apresentar esse ano ainda um pacote novo para o Sou Mais Vitória. Não sei dizer a data, porque temos parceiros que estão chegando e algumas coisas que vamos montar.
Bahia Notícias: Muitos torcedores reclamam dos serviços do Habib´s, por exemplo, e sentem saudades dos churrasquinhos e das baianas. Como está esse problema? Já foi resolvido? Estão satisfeitos?
Adílson Baptista: Veja bem. É um patrocinador nosso, que vai ficar ainda por um bom tempo com a gente, pois o contrato deles é grande. Temos trabalhado junto com eles. Pedimos que mudassem um pouco o cardápio e eles já estão trabalhando. Tivemos uma reunião com eles na última semana para falar sobre isso. Eles sabem que a torcida tem uma bronca disso. Eles estão afim de trabalhar. É melhorar o cardápio, trazer coisas novas.
Bahia Notícias: E a Penalty? Todos os problemas foram sanados com ela?
Adílson Baptista: Eu diria que muita coisa foi sanada, mas temos que melhorar ainda mais. A Penalty nos ajudou muito na campanha Meu Sangue é Rubro-Negro, aliás, a ideia veio de lá, eles investiram na campanha, e trabalhamos em conjunto nisso. Eles colocaram uma agência de propaganda à nossa disposição para que isso funcionasse da melhor forma. Ainda temos algumas coisas e estamos com eles para aprovar o enxoval 2013. Eles querem acelerar ao máximo para que 2013 sejam sanados todos os problemas. Já apontamos algumas falhas, principalmente na área comercial. O pessoal reclamou que nas lojas faltavam produtos. Eles estão correndo para que ano que não não haja esse problema.
Bahia Notícias: Sei que você tem muitos projetos, mas, em breve, o que a torcida terá de novidades em relação ao marketing?
Adílson Baptista: A maior novidade que estamos trabalhando agora é o Sou Mais Vitória. Queremos apresentar ao torcedor um plano de sócio que o torcedor queira ser sócio sempre. Esse é o novo desejo e maior projeto que estamos montando. Esse projeto ficou pendente no ano passado. Esse ano ainda vamos colocar no ar. A terceira camisa é uma coisa que fazemos todo ano. Vamos lançar agora em setembro e tem a loja do Vitória dentro da Loja Centauro.
Bahia Notícias: Muitos clubes brasileiros usam da imagem de alguns jogadores mais famosos para captar recursos. Vocês já pensaram nisso? Trazer um medalhão para vestir a camisa rubro-negra.
Adílson Baptista: Conversamos um pouco. Ter um ídolo forte dentro do clube e tem algum tempo que não temos isso. Conversando hoje com a diretoria de futebol, o que mais ouço é que o importante é subir e, quem sabe, ser campeão. Se o objetivo for alcançado, vamos trabalhar com coisas novas. Acho muito legal esse estilo de você ter um jogador com uma imagem forte. Mas isso tem que ser bem pensando. A área de futebol tem que pensar muito. Tem que saber se o jogador está bem e como a Europa está em uma crise, acho que isso pode acontecer. Para nós, do marketing seria muito bom.

11 comentários em “Entrevista com Adilson Baptista diretor de marketing do Vitória

  1. Muito bom o trabalho realizado pelo departamento do Marketing em 2012.

    Mocota espera que esse nível seja uma constante para os próximos anos.

    Parabéns a Adilson Batista. Rubro-Negro sério, competente e receptivo.

    Serás o Campeão.

    Avante Leão!!!

    Curtir

  2. Mais um gol de vacilo, logo após fazer, isso não pode ser uma constante… Mas acho que, apesar da chateação, só começa a “preocupar” (pelo título, evidente) não vencendo o BOA terça-feira, é jogo pra ganhar e voltar à constante de vitórias, que essa sim é boa!

    P.S.: Valmerson, te mandei um e-mail, tem uns dias já, mas como não respondeu, não sei se viu…

    SRN

    Curtir

  3. Gostaria de saber se é verdade ki a ADIDAS vai patrocinar o LEÃO em 2013!
    pq ouvir dizer ki a adidas patrocinaria se o LEÃO estiver na Série A em 2013

    Curtir

  4. Como não o vi o pré jogo vou postar aqui mesmo.
    Virou graça, toda hora que o time faz o gol dorme e toma outro em menos de 10 minutos.
    Esse era o jogo pra se distanciar ainda mais.
    Mas 1 ponto é sempre bem vindo.

    Rumo ao Título!

    Curtir

  5. Boa Adilson, Parabéns aos colaboradores que lhe ajudam a tocar a marketing do Leão, pela boa imagem do Leão que vcs. estão levando para todo o Brasil e fora dele, melhorou muito a imagem do Vitória, a campanha ” o meu sangue é rubro negro”, sei que é o inicio de um trabalho bem estruturado. Agora, se vcs. quizerem
    uma opinião para a 3ªCamisa, frente e costa Vermelha, e as mangas pretas e as golas brancas. Ah! sugiro também venderem camisas com as mangas cumpridas, e com os diversos numeros nas costas, e não só o 10. Vamos variar.

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s