[O OLHAR DA FELINA] O jornal é de ontem, mas a notícia continua sendo de hoje…

Na penúltima edição do jornal Rugido do Leão, distribuído nos jogos do Vitória em casa, a matéria de capa era uma entrevista, com perguntas enviadas por torcedores, cujo “alvo” foi nosso (do Vitória) presidente, Aléxi Portela Jr. Eu não sei de quem é a idealização desse jornal, nem o seu nível de isenção, ou ligação com a diretoria. Enfim, a ideia de ver o presidente responder algumas das nossas inquietações é interessante, e ele, muito solícito, aceitou ser inquirido em pleno aniversário. Tudo muito bom, as perguntas foram bem selecionadas, mas quer saber? Para mim, não disse muita coisa! Ou melhor, muita coisa além do que já sabíamos, além do discurso batido…

Vejo como uma tentativa de mostrar proximidade com o torcedor, transparência, acessibilidade, e até de angariar a simpatia do torcedor pela figura, já tão desgastada, do presidente. É louvável, o caminho é esse, mas se é pra fazer vamos fazer de verdade, com franqueza, com profundidade!

Para começar, que tal admitir os fracassos?

Admitir as falhas não invalida o que foi feito de bom, que deve ser enaltecido sim. Ajuda a fazer um diagnóstico de onde se errou, desse modo as chances de repeti-las são menores. É ótimo que a situação financeira do clube venha sendo equilibrada, que a estrutura tenha sido melhorada, que os profissionais sejam valorizados e tratados com dignidade. Afinal, sabemos que não é só pensando dentro das quatro linhas que podemos construir algo sólido. Pagar os atletas em dia, além de ser uma obrigação, é positivo para a imagem do Vitória, para que atletas, e outros profissionais, queiram trabalhar aqui, falem bem do clube.

O que não é positivo é que profissionais saiam daqui reclamando não terem condições e autonomia para fazerem seu trabalho, pois a modernidade ainda não chegou à gestão do clube no que diz respeito à consciência que cada um tem do seu papel, e, principalmente, de não extrapolar essa função. Às vezes autoridade se faz necessário, mas isso vai de encontro à política que ainda divide espaço com o futebol dentro dos clubes de futebol. Que se acabe com a política, e a politicagem, então! Talvez seja utopia, mas não seria se todos entendessem que estão dentro do clube por um único motivo, que é o bem do Vitória, e não para alimentarem seus egos.

Voltando ao que interessa, para o torcedor é insucesso sim o time ser rebaixado em casa precisando de uma vitória simples (última chance após uma campanha muito ruim, composta de vários jogos e não só esse). É insucesso perder o título baiano, o penta inédito, dentro de casa, de virada, para um time que, com todo respeito, nada tinha demais para nos ameaçar. É insucesso ver o time deixar escapar as chances de subir para o seu lugar devido, a série A, de forma vergonhosa e inexplicável. É insucesso não conseguirmos manter um profissional por algum tempo no departamento de futebol. Muitos podem perguntar “o time precisava ganhar o jogo e não ganhou, a culpa é do presidente?!”. Bem, a análise é mais profunda do que isso, mas não gosto de ficar falando em culpa, sim em responsabilidade; só acho que assumir os fracassos mostra um presidente mais humano, mais torcedor, menos alheio, mais consciente das fraquezas e dos caminhos a seguir.

Creio que a parte mais importante, o motivo de estar repercutindo esse assunto, na qual se esperava um maior esclarecimento, foi aquela em que foi perguntado sobre o futuro do Vitória pós-inauguração da Nova Fonte. Tá, eu sei que ele já cansou de dizer que o Vitória vai continuar mandando seus jogos no Barradão, que este se transformará numa arena, que serão construídos novos campos, que serão feitas obras de melhoria para acesso ao estádio, que isso já foi acordado com os governos… Verdade ou não, o problema é justamente esse, o tempo está passando, e talvez as oportunidades também, ele já cansou de dizer, nós já cansamos de ouvir, e nenhum passo foi dado!

Lógico que não é tudo que pode ser divulgado, não espero isso, mas o torcedor merece saber o porquê dessa lentidão, se pode realmente acreditar nessas melhorias que são prometidas há tempos, ser consultado sobre o que acha melhor, porém conhecendo as verdadeiras alternativas e não acreditando num futuro que não existirá…

Eu sou fã do Manoel Barradas, é minha casa, minha história enquanto torcedora, eu adoro ter um estádio pra chamar de meu! Essa reestruturação é tudo que queremos, se isso tudo saísse do discurso, e do papel, teria enorme prazer em continuar lá, sem qualquer tipo de recalque. Não falo só por minha vontade e paixão, mas por tudo, em todos os aspectos (financeiro, no que diz respeito à tradição, história, identidade), que representa para o Vitória ter um estádio particular. Mas eu também não gosto de ficar para trás, eu não gosto de ser enganada, eu não gosto de falsas promessas, eu não gosto obras que levam décadas para acontecer, eu não gosto de inércia…

Obrigada por nos responder, presidente, mas o tempo não pára (com acento mesmo, by Cazuza), e eu continuo querendo saber!

 

 

Anúncios

38 comentários em “[O OLHAR DA FELINA] O jornal é de ontem, mas a notícia continua sendo de hoje…

  1. Emprestar, vender, ceder, doar, alugar ou qualquer outra coisa que diminua o orgulho de gritarmos que o Barradão é nosso é uma dor. Porém não jogar na Arena é se esquivar dos holofotes que o novo estádio irá trazer. Jogar na Fonte Nova é mandatório. Eu também não gosto da Inércia.

    Curtir

  2. Estarei na boa terra Agosto 7> Agosto 27.
    Planejei as datas aonde eu podesse ir ao Parque Socio Ambiental Manoel Barradas (by Franciel) 2 por jogos. Eh claro que a “chefa” pensa que foi por acaso.
    Entao, gostaria de conhecer o pessoal que frequenta esta casa, assim como o pessoal da Casa Rubro Negra do Fabio.
    Mande as cordenadas aonde vcs ficam durante os jogos.
    O Franciel eu ja sei aonde encontrar.
    Um abraco

    Curtir

    • Bassu, a proposta de tomar UMA gelada ainda está de pé?

      Mocota a partir de julho estará com grande frequência em SSA e gostaria de fazer o convite para você e família conhecer Paulo Afonso pessoalmente.

      Mocota no Barradão cola com as IMBATÍVEIS para motivar o LEÃO!!!

      Rumo a liderança.

      Avante Leão!!!

      Curtir

      • Valmerson, o que eu disse pra Bassu, vale pra vc tb!
        Quero lhe conhecer pessoalmente e penso que no encontro do pessoal, será uma boa oportunidade! Eu e Jéssica já confirmamos presença.
        Conto com sua participação, parceiro!
        VV!

        Curtir

      • Agora sim, eu já ia chorar hauhauhauhau, Beleza, vou fazer um grande esforço para comparecer, vai depender apenas da minha escala de serviço!
        Um abraço!

        Curtir

    • Bassu, vai rolar um encontro do pessoal da CRN, por esses dias aí. Provavelmente no jogo America MG x ECV. Estamos discutindo detalhes no Cantinho da Liberdade (fórum) da CRN. Será uma boa oportunidade para eu, Jéssica, Fábio, Abb, Dogão e todos que quiserem se conhecer pessoalmente.
      Vai ser legal se vc for.
      VV!

      Curtir

      • Diego, quero saber se também posso participar deste encontro o Fábio já conheço ou conheci já que ele esta zangado comigo e até mim excluiu do face, mas tudo bem independente queria conhecer os demais membros da casa e do LMP, por favor deixa vai juro que mim comporto, rsrsrs.

        Curtir

    • Entao gente, eu irei ao Barradas nos dois jogos seguidos em casa.
      Mas estarei na terra do dia 7 ao dia 27 de Agosto.
      Sera um prazer conhecer todos voces.
      Fabio, valeu a camisa.
      Mocota, nao bebo mas tomarei a gelada contigo (nao repare se meu copo demorar de esvaziar).
      Diego, the vejo la.
      Valmerson, nao tem desculpa…a lua de mel pode dar uma descansada.
      Um abraco

      Curtir

      • Hhuahuahuhaa e olha que eu ia viajar de lua de mel em Agosto, mas minhas férias foram mudadas para Setembro, a questão é trabalho mesmo, mas acredito que dará para agente se vê!

        Curtir

  3. Acabei de ler os comentários e vou lhe dizer uma coisa:
    – Oxente, Jéssica?! hehehe!
    Pra mim será sempre uma honra ser o primeiro a comentar os seus textos, e minha nova condição de celebridade da constelação Global (uhahahhaua) não mudará isso!
    Friso que foi por acaso, os dois FIRST (consecutivos, hehe) que dei nos seus textos. Se possível fosse, gostaria que essa coincidência ocorresse sempre.
    Dessa vez não deu…
    Bjo!
    PS fazendo um mea culpa, qdo li a frase num comentário, no seu texto passado : “O BICHO VAI PEGAR”, interpretei como uma espécie de ameaça a vc, mas, relendo, vi que não foi bem isso.
    VV!

    Curtir

  4. Jéssica, otimamente ótimo! rsrs!
    Foi legal ver Alexi dando a cara pra bater mas ele se mostrou bom de esquiva, hehe!
    Faltou contundência nas respostas…
    Agora, o mais importante em qualquer gestão, é fazer o Vitória grande nas quatro linhas. Muito bom organizar o Clube e coisa e tal mas subir esse ano é necessário.
    Vumbora Vitória!

    Curtir

  5. Pois é Jéssica, meus parabens por este brilhante texto. De fato ALEXI precisa rever esta posição. Vai ou não vai ter as melhorias no Barradão? E acho que o Vitóriaq não pode deixar o baea com dois estadios modernos a disposição e a gente ficar no barradão defasado e longe de tudo. Meu voto é, caso nao venda o Barradão, que o Vitoria use em forma de rodizio os jogos noturnos para usar o Pituaçu ou a Nova Fonte, pois o estadio também eh nosso, tem dinheiro público na jogada e é muito mais confortavel pro torcedor ir para um jogo noturno em local de melhor infra-estrutura, segurança e transporte publico e tanto pituaçu como a nova fonte botam o barradao no bolso neste aspecto.

    Curtir

    • Valeu, Fábio!
      Eu não quero ver a venda do Barradão como uma alternativa (tenho que confessar que me dói sim), mas principalmente não quero que o Vitória se desfaça do que é seu pra ficar a mercê de estádios públicos e compartilhados… De qualquer modo, essa idéia de utlizar os outros estádios (públicos, o jaea não tem nada) mantendo também o Barradão, nessas situações que você citou, é interessante do ponto de vista logístico, mas do ponto de vista financeiro não sei se seria viável, dadas as despesas.
      Agora, independente de qualquer coisa, decisões tem que ser tomadas, e, sobretudo, ações tem que ser realizadas, ontem!!

      SRN

      Curtir

  6. Estimada Jessica, mais uma vez parabéns pela iniciativa e determinação,

    Mocota acredita que Alexi está estruturando o Vitória para grandes conquistas.

    Mocota deseja que TODOS presidentes que venham administrar o clube, no futuro, tenham essas duas características da gestão Alexi Portela:

    – Habilidade em administração financeira;

    – Não se envolver em política .

    A imagem de Alexi é desgastada pelos ataque constantes da oposição e ele não respondia a altura. Para o bem-estar do Vitória as coisas estão mudando.

    Alexi não é o grande culpado pelos fracassos citados. Mocota acredita que muitos conselheiros e muitos torcedores prejudicaram muito mais o clube quando perseguiram Ricardo Silva, Neto Baiano, Elkeson, Wallace, Anderson Martins, Bida, Neto Coruja, Neto Berola, Ueliton, Viáfara…

    Mocota sente muito orgulho do Barradão. Mas defende, sem medo de ser feliz, que a construção de uma arena Rubro-Negra multi-uso, na Paralela, trará muito mais verbas e visibilidade internacional para o clube.

    Mocota torce para que todos os blogueiros Rubro-Negros sigam o seu exemplo, Jessica, e batam nessa mesma tecla quanto ao estadio, até que uma discussão mais ampla seja colocada em pratica envolvendo a direção, o conselho, MSMV, blogueiros, chefes de torcida, muitos torcedores e Mocota (é claro!).

    RUMO A LIDERANÇA!!!

    Avante Leão!!!

    Curtir

    • Mocota, pelamor, acho que falta humildade a você também… Para admitir as fraquezas da figura que você adotou e quer criar uma imagem a seu gosto, ele não pode ter acertado sempre, a Cezar o que é de Cezar serve para os dois lados…
      A imagem dele é desgastada pela postura muitas vezes medíocre. Eu não conheço conselheiro nenhum, não sei o que eles dizem, não sou maria-vai-com-as-outras, portanto tiro minhas conclusões sozinha. E procuro, justamente por ter a consciência de que eu não sei de muitas coisas que acontecem, e por ser uma característica minha, não ser radical nem intolerante nas minhas posições, e não ser agressiva, acho que não preciso disso para criticar. Porém não posso blindar o presidente, enquanto é ele que responde pelo que acontece no clube. É a vida, é dura mesmo…

      SRN

      SRN

      Curtir

      • Isso mesmo, Alexi como presidente cometeu os seus erros, não só o conselho do clube, aliás o conselho muitas vezes é fantoche dentro do clube!

        Curtir

  7. É isso aí, Jessiquinha, transparência é o que mais queremos desta diretoria. Cadê a via expressa de acesso ao Barradão? João Durval já teria feito a emenda para incluir no orçamento tal obra há dois anos. Cadê o ginásio de esportes e os novos campos de treinamento para a base? Cadê a publicação dos balanços patrimoniais do Esporte Clube Vitória e do Vitória S/A? Transparência, Aléxi Portela, respeito, Aléxi, é o que queremos.

    Sobre publicações do Vitória, adorei a revista e estou esperando o segundo número. Excelente a publicação e isso tem que ser elogiado.

    Curtir

      • kkkkk Esse Geraldo… Diego agora é global, não vai ficar disputando “first” no meu texto, e Mocota “tá de mal”.

        Deixe de preguiça, rapaz, vá ler o texto, não tá tão ruim assim! rsrs

        SRN

        Curtir

      • Oxe, oxe, oxe…

        Por que Mocota ficaria “de mal”, estimada irmã Jessica?

        Mocota só achou injustiça, ser perseguido desde 2010 pelo ” o homem que copiava” e ninguém nunca ter falado nada.

        E mais uma vez, quando Mocota resolveu contra atacar, foi tido como o “errado” da história.

        Tenha certeza que o respeito e a admiração que Mocota nutre por você continuam os mesmos.

        Aposte sem medo de ser feliz que se a intenção dele foi criar um conflito entre Mocota e você, o objetivo não foi alcançado.

        —————————

        Irmão Gera, por favor, não entenda esta mensagem como uma grosseria.

        Mas os objetivos de Mocota são três:

        1º) Abafar o som das cornetas;

        2º) Fazer com que a maior parte da torcida tenha mais prazer em incentivar que vaiar os atletas produtivos do Leão;

        Tendo esses 02 objetivos bem encaminhados, Mocota, ainda este mês, já começou a realizar algumas ações para alcançar o 3º objetivo:

        – Atrair novas receitas para o clube.

        Para você ter uma ideia da importância de ser o “FIRST” nos blogs Rubro-Negro para Mocota, é que numa escala de 1 a 1000, ser o “First” está na posição 999 e na milésima colocação encontra-se o objetivo:

        – Tirar as sardinhas do Z4 para o bem da visibilidade do futebol baiano… (rs!)

        ————————————————–

        “As árvores mais apedrejadas são as que dão melhores frutos”.

        ———————————————————–

        RUMO A LIDERANÇA!!!

        Avante Leão!!!

        Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s