O que estão fazendo com o meu Vitória?

A década de 90 é um espelho para o Esporte Clube Vitória, e já não é preciso ficar relembrando o crescimento ocorrido durante este período, mas o que me assusta é que os nossos dirigentes esqueceram tudo que o Leão da Barra viveu, e passou a viver o reflexo do rival de Itinga.

Se a política de pés no chão permanecer, não só perderemos a hegemonia do norte-nordeste, como seremos ameaçados no território baiano e teremos grandes chances de retornar ao ostracismo das décadas anteriores a 90. O Bahia deveria ser o exemplo de gestão pífia que não deve ser seguido, porém muitas vezes parece ser o molde utilizado pela diretoria rubro negra, desprezar o que fez o Vitória passar a ser um clube reconhecido, é no mínimo estranho.

Não temos mais melhorias no complexo esportivo e vemos o Bahia, ABC e Ceára, com projetos fantásticos, o nosso marketing é inexistente e novamente ABC, Ceára e o modesto Bahia de Feira estão nos engolindo no setor, e no tocante as modernas Arenas esportivas, seremos um dos únicos clubes de expressão do país a não possuir uma, Sport, Bahia, Fortaleza, Botafogo, Santos e todos os outros anunciaram o que farão a partir de 2014 com seus estádios, mais até agora não vemos nada com relação ao Vitória, que ganhou notoriedade justamente quando investiu na criação do estádio Manoel Barradas- Barradão.

O trato de jogadores oriundos da base, ou que ganharam expressão aqui na Toca do Leão, com relação ao Esporte Clube Vitória, é algo vergonhoso, assistir a: Lee, Kleiton Domingues, Ramirez, Neto, Uelliton, Bida, Elkeson, Wallace, Anderson Martins, Neto Baiano, Junior e outros ainda da base, afirmando a todo instante que desejam sair, que não querem ter os seus contratos renovados e outros adjetivos mais, me deixa muito triste, penso no que esta se tornando o Vitória, que sempre foi tido como uma das maiores vitrines do futebol brasileiro, mas que hoje não consegue nem atrair a atenção daqueles que são sua cria.

Sem uma diretoria visionaria, investidora, um marketing atuante e que se aproxime da torcida, não iremos a lugar algum e em um período não muito distante poderemos estar atrás de Sport, Ceára, Bahia, Náutico, e ABC.

Um exemplo forte do que estou relatando, é a forma como o clube esta encarando a serie b deste ano, a mira deveria ser Corinthians, Vasco e Coritiba, mas a diretoria pensa pequeno e acredita que subir no sufoco em 4º já é suficiente, a mais fraca segundona dos últimos anos deveria ter o Esporte Clube Vitória( O barão da B) como o clube a ser temido, o time a entrar em campo com o triunfo garantido e não de igual com os outros concorrentes, quero deixar claro que não estou falando da falta de humildade, e sim de um planejamento com investimentos que deixassem o ainda melhor do norte-nordeste, num patamar acima dos adversários.

Enquanto isso aguardo por tempos melhores, clamo por profissionalismo, e sonho com um Vitória mais democrático e com a torcida próxima da diretoria, como deveria ser em qualquer clube grande.

SRN

17 comentários em “O que estão fazendo com o meu Vitória?

  1. O princípio para o crescimento do Vitória é uma campanha de marketing agressiva, para associar e vender produtos, não só aqui em Salvador, mas no interior também. Foi assim que o Corinthians se reergueu, que pague a imprensa sem vergonha, mas que pague pra fazer uma propaganda que traga a trocida pra junto do clube.

    Procurar uma empresa internacional no ramo da construção civil, para fazer uma arena multi-uso, com museu, lojas do clube, setor de entretenimento quase um shopping center, até pra shows. Mas paree que o Vitória já tá acertado em jogar na Fonte Nova.
    Deveria fazer caravanas mesmo pagas pra a torcida ir acompanhar o time no interiror, ou em outras cidades, isso é venda de marca do time. Na final da Copa do Brasil o Brasil todo ficou de boca aberta com a invasão da torcida do Vitória na Vila Belmiro, e o pessoal de lá falaou que nunca viram uma torcida adversária fazer a festa que fizemos, tanto em número de torcedores como em vibração.

    Queremos muito mais é seriedade dessa diretoria, agora sobre asfaltar o estacionamento esqueçam, é caro, e o Vitória parece que vai jogar na nova Fonte Nova.

    Curtir

  2. A política de pés no chão é uma ideologia de AP Valmerson, não sabemos se o clube está ainda neste mar de dívidas. Estou meio por fora mas ouvi na rádio itapoan que a dívida com os argentinos do Eccxel group já está quitada.
    Então dinheiro o clube tem, para alguma coisa. A série b está chegando e o grupo está carente de algumas posições, Lopes já falou que para ele Nanía é segundo atacante e não meia. Tem bons
    jogadores no mercado que o Vitória pode pelo menos sondar para ver se concretiza algo no futuro. Tem por exemplo o Junior Xuxa que arregaçou o jahia, ele foi considerado um dos melhores da série b, e tem também o Leandro Domingues que tem identificação com o clube e parece que vai voltar ao Brasil por causa do terremoto no Japão. Seria uma boa também buscar zagueiros para fazer sombra a Alison e Fortunato, pois não confio nessa zaga. Além de um dois centroavantes matadores. Se não tem no Brasil, busca essa zorra no inferno que for, eu garanto que tem muitos caras bons em países como: Uruguai, Colômbia, Equador ou até Venezuela ou Bolívia. É só procurar que acha.
    Sem mais… É melhor esperar para ver o que dá. SRN

    Curtir

    • Junior, apesar de ter pago a dívida do exccel, outras dívidas só fazem aumentar, e esta citada por você já tinhaa sido negociado os parcelamentos na gestão passada. Dinheiro se tem, mas não se quer investir, apenas isso.

      Curtir

  3. Eu encaro assim…
    O objetivo de Paulo Carneiro era um só: Dar estrutura ao clube em vários setores, como a divisão de base, campos de treinamento e Barradão, sem se importar com gastar muito e fazer dívidas.
    Agora acho que o objetivo de Alexi Portela, é pagar as dívidas deixadas pelas gestões anteriores para que o próximo presidente encontre um clube estruturado e com dinheiro nos cofres sem dever a ninguém.
    Por isso eu acho (espero estar enganado) que não devemos esperar nenhum projeto revolucionário da diretoria, referente ao estádio, a política de pés no chão está aí. Até porque tem muita gente que se apega a ferro e concreto, e diria que não iria querer o Barradas no chão para construir uma outra arena por causa de misticismos e blá, blá, blá… Já eu não penso assim, o Barradão sempre será a casa do torcedor do Vitória mas já está na hora de um projeto de estádio moderno, estamos ficando para trás, se liguem no projeto do Sport, e vejam do que estou falando.
    Abre o olho diretoria, abre o olho AP.
    Parabéns pelo post Valmerson! SRN

    Curtir

    • Junior, só uma coisa para retificar, o política de pés no chão não passa de uma grande mentira, já que as dívidas do clube só fazem aumentar a cada ano.

      Obrigado e SRN

      Curtir

  4. quem disse que vitoria e o barao da serie b?k engemonia do norte nordeste e o sport campeao da cp brasil 2008?e o pasmem PAYSANDU meteu a zorra no cruzeiro e abocanhou a cp dos campeoes torneio tao facil de ganhar e nuncativemos o prazer de comemorar e passar na cara dos itingenses.a torcida do vitoria e a mais apaixonada do brasil pq nunca ganhamos titulos de expressao e somos uma das maiores torcidas do brasil e é isso e somente isso que engrandesce no time.desculp por descordar mas gosto de comentar com a razao

    Curtir

    • Sou Mais Vitória, quem definiu o Vitória como Barão da b foi a imprensa através de pesquisas que apontaram o perfil economico de cada clube, o Leão se destacou como de maior potencial e o que teria a maior receita de 2011 com cotas e patrocinios, sem contar no programa de sócio torcedor, outro fator é que não são considerados apenas títulos isolados como você citou o Sport e o Paysandu, mas a média de classificação ao longo dos anos.

      Se você leu o texto e ler outros do blog, verá que eu sempre busco comentar com a razão. Emauqanto ao fato de discordar fique a vontade, aqui é um espaço democratico.

      SRN

      Curtir

  5. Concordo com o que você disse, nosso clube carece de investimento em setores que formam o alicerce de uma equipe. Uma arena multi-uso seria ideal, que ao mesmo tempo que oferece mais conforto e comodidade as torcedores, cria uma maneira de de obter mais receitas através de suas lojas e opções diversas. Apesar de alguns erros cometidos por PC, ainda acho que ele foi um grande visionário e poderia dar muito ainda pelo nosso Leão.

    Obs.: Se não me falhe a memória, PC foi um dos primeiros, aqui no Brasil, a propor esse modelo de arena e foi há muitos anos.

    Curtir

    • Samarone, é verdade o que faolou, mas acho que o tempo de PC já passou, precisamos de renovação, apesar de ser um admirador do trabalho dele no Vitória na década de 90.

      Curtir

      • Rejuvenecer, mudar, atualizar, essas deveriam ser as palavras chaves. Qualquer coisa que venha do passado, que nao seja aprendizado, eh retrocesso.
        Um abraco

        Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s